Nome do Projeto
Efeito dos métodos de castração em bovinos machos sobre o bem-estar animal, desempenho produtivo e qualidade de carcaça: revisão sistemática com meta-análise.
Ênfase
PESQUISA
Data inicial - Data final
16/05/2017 - 31/10/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Agrárias - Zootecnia
Resumo
O Brasil está entre os maiores produtores e exportadores de carne bovina do mundo e tem como predominância o método de criação extensiva, porém nesse tipo de sistema encontram-se dificuldades de manejo, como trabalhar com grupo de animais de diferentes categorias ou sexo. Por isso, uma das vantagens da castração e/ou esterilização dos animais, e que muitas vezes torna-se como fator decisivo, é à facilidade de manejo, pois os torna mais dóceis, possibilita a formação de lotes mistos e elimina distúrbios da conduta sexual, porém, esta técnica afeta consideravelmente o bem-estar animal. Apesar das distintas alternativas de esterilização já descritas, ainda não há sustentação cientifica de qual método é mais eficiente e menos estressante aos animais. Por isto, torna-se necessário refinar os resultados existentes através de uma revisão sistemática com meta-análise.

Objetivo Geral

O presente estudo tem como principal objetivo comparar os diferentes métodos de castração mostrando seus benefícios e malefícios, além de avaliar o grau de desconforto provocado pelos diferentes métodos em bovinos machos.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
JULIANA SALIES SOUZA316/05/201731/10/2017
PAULA MOREIRA DA SILVA316/05/201731/10/2017
RÔMULO TAVARES COSTA316/05/201731/10/2017

Página gerada em 08/08/2022 23:16:57 (consulta levou 0.046150s)