Nome do Projeto
I Jornada do Núcleo de Estudos e Pesquisas É’LÉÉKO: Enfrentamento à Violência Racial, de Gênero e Sexualidade
Ênfase
Extensão
Data inicial - Data final
17/10/2017 - 18/10/2017
Unidade de Origem
Coordenador Atual
Área CNPq
Ciências Humanas
Eixo Temático (Principal - Afim)
Direitos Humanos e Justiça / Saúde
Linha de Extensão
Temas específicos / Desenvolvimento humano
Resumo
AI Jornada do Núcleo de Estudos e Pesquisas É’LÉÉKO: Enfrentamento à Violência Racial, de Gênero e Sexualidade acontece em um momento de crise política em nosso país, cujas manifestações de ódio contra grupos subalternizados pelo colonialismo e colonialidade tornam pública e evidente a necessidade de problematizarmos as violências raciais, de gênero e sexualidade e criarmos redes de enfrentamento e resistência a essas violências em um Estado de Exceção. A temática do encontro busca discutir a interseccionalidade entre raça, gênero e sexualidade e suas relações com o Estado em um contexto geopolítico de redução da democracia que, por sua vez, repercute em todas as instâncias sociais e intersubjetivas produzindo efeitos sobre os modos de viver e se relacionar no coletivo a partir de uma humanidade de concessão. O evento tem como objetivo produzir discussões e mobilizações sociais e acadêmicas sobre a temática "Participação Social e Enfrentamento às Violências Raciais, de Gênero e Sexualidade" em um contexto geopolítico de Estado de Exceção. Esperamos que essa jornada possa potencializar discussões e mobilizações sociais e acadêmicas na perspectiva de fomentar propostas e ações coletivas de enfrentamento às violências raciais, de gênero e sexualidade em prol de uma sociedade mais justa, equânime e democrática.

Objetivo Geral

Produzir discussões e mobilizações sociais e acadêmicas sobre a temática "Enfrentamento às Violências Raciais, de Gênero e Sexualidade" em um contexto geopolítico de Estado de Exceção.

Justificativa

A I Jornada do Núcleo de Estudos e Pesquisas É’LÉÉKO: Enfrentamento à Violência Racial, de Gênero e Sexualidade acontece em um momento de crise política em nosso país, cujas manifestações de ódio contra grupos subalternizados pelo colonialismo e colonialidade tornam pública e evidente a necessidade de problematizarmos as violências raciais, de gênero e sexualidade e criarmos redes de enfrentamento e resistência a essas violências em um Estado de Exceção.
A temática do encontro busca discutir a interseccionalidade entre raça, gênero e sexualidade e suas relações com o Estado em um contexto geopolítico de redução da democracia que, por sua vez, repercute em todas as instâncias sociais e intersubjetivas produzindo efeitos sobre os modos de viver e se relacionar no coletivo.

Metodologia

Para alcançar seu objetivo o evento será organizado com:
- Mesas Redondas
- Painéis Temáticos
- Apresentação de Trabalhos e Roda de Conversa
- Atividades Culturais

O evento será gratuito, necessitando apenas e inscrição prévia.

Indicadores, Metas e Resultados

Esperamos que essa jornada possa potencializar discussões e mobilizações sociais e acadêmicas na perspectiva de fomentar propostas e ações coletivas de enfrentamento às violências raciais, de gênero e sexualidade em prol de uma sociedade mais justa, equânime e democrática.
A meta é reunir entre 100 e 150 pessoais: estudantes, profissionais de diversas áreas, representantes de movimentos sociais e comunidade em geral.

Equipe do Projeto

NomeCH SemanalData inicialData final
AMANDA MEDEIROS OLIVEIRA
ANDREI BASTOS DE CASTRO
BARBARA MEDINA PERES
CATIANE PINHEIRO MORALES
CATRINE MORTOLA SANTOS
EVELLYN GONÇALVES DA ROSA
JOSIMARA GONÇALVES SCHUSTER
MAIARA SCHEILA FREITAS SANTOS
MARIA LEONOR MESQUITA TARQUES DA SILVA
MARINA TREMPER
MICAEL MACHADO DA SILVA
MIRIAM CRISTIANE ALVES20
MORGANA NUNES
PATRÍCIA MEDRONHA SOARES
PRISCILLA PINHEIRO LAMPAZZI
RENAN GOMES LEMOS
RENICE EISFELD MACHADO
ROSEMAR GOMES LEMOS20
RUI MEDINA DELGADO
SUELEN DE SOUZA AMARAL
SUELEN LEMONS CLASEN
TATIANE BORCHARDT DA COSTA
UELQUER GUEDES DE SOUZA

Página gerada em 30/06/2022 17:03:57 (consulta levou 0.087484s)