Nome da Atividade
PEDAGOGIAS DA MÚSICA POPULAR
CÓDIGO
05001285
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
03
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
03
CRÉDITOS
3

Ementa

Leitura, discussão, produção e apreciação de textos, obras e produções em diversos formatos com vistas à compreensão do campo da Música Popular em suas epistemologias e implicações pedagógicas em práticas de educação musical.

Objectives

Objetivo Geral:

-

Conteúdo Programático

1. Oralidade, Epistemologias e Etnopedagogias Musicais
1.1 Oralidade e Escrita em Música
1.2 Aprendizagem em Música Popular
1.3 Aspectos Transculturais e Transversais das práticas musicais
contemporâneas

2. Música Popular, Educação Popular, Pedagogias Críticas e Decoloniais
2.1 Paulo Freire, sistematização, saberes populares e educação musical
2.2 Música como saber coletivo e prática social emancipadora

3. Práticas Educativas, de investigação e criação musical
3.1 Educação Musical em Projetos Sociais e ONGs
3.2 Processos criativos em Música Popular nos contextos educativos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARAÚJO, Samuel. Descolonização e discurso: notas acerca do poder, do tempo e da noção de música. Revista Brasileira de Música 20:7-15, 1992.
  • BRANDÃO, Carlos Rodrigues. O que é educação popular. Brasiliense, 2017.
  • GADOTTI, Moacir (org.). Paulo Freire: uma biobibliografia. São Paulo, Cortez Editora, 1996.
  • GREEN, Lucy. How popular musicians learn: A way ahead for music education. Ashgate Publishing, Ltd., 2002.
  • KLEBER, Magali Oliveira. A prática de educação musical em ONGs: dois estudos de caso no contexto urbano brasileiro. Curitiba, Appris Editora, 2012.

Bibliografia Complementar:

  • HOLLIDAY, Oscar Jara. Para sistematizar experiências. João Pessoa: Editora Universitária/UFPB (1996).
  • ONG, Walter J. Oralidade e cultura escrita: a tecnologização da palavra. Campinas. Papirus, 1998.
  • PRASS, Luciana. Saberes musicais em uma bateria de escola de samba: uma etnografia entre os" Bambas da Orgia". Porto Alegre. Editora da UFRGS, 2004.
  • MAIA, Leandro. Dona Conceição dos Mil Sambas. Porto Alegre, Poligraph, 2019.
  • Velloso, Rafael Henrique Soares. Cadernos do Choro de Pelotas [recurso eletrônico] / Rafael Henrique Soares Velloso. Pelotas: Editora da UFPEL, 2017.

Page generated on 2024-05-25 20:15:19 (query took 0.058626s)