Nome da Atividade
MUSEALIZAÇÃO DA ARQUEOLOGIA E ANTROPOLOGIA
CÓDIGO
10910048
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4

Ementa

Estudo dos processos de curadoria, gestão e políticas de representação de coleções arqueológicas e antropológicas em museus.

Objectives

Objetivo Geral:

Desenvolver processos museográficos e de gestão de acervos arqueológicos e antropológicos.

Conteúdo Programático

1. Conceito de Museus e acervos museograficos
2. Tipologias de Museus
3. Tipologias de acervos arqueológicos e antropológicos
4. Programas de gestão de acervos
5. Museografia
6. Curadoria de coleções
7. Dinâmica dos objetos no museu
8. Estudos de casos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARQUEOLOGIA PÚBLICA, v. 1. Campinas: Unicamp/NEE, 2006.
  • ARQUEOLOGIA PÚBLICA, v. 2. Campinas: Unicamp/NEE, 2007.
  • ARQUEOLOGIA PÚBLICA, v. 3. Campinas: Unicamp/NEE, 2008.
  • FUNARI, Pedro Paulo Arqueologia e patrimônio. Erechim: Habilis, 2007.
  • FUNARI, Pedro Paulo (org.). Cultura material e Arqueologia Histórica. Campinas: Unicamp/ICH, 1998.
  • FUNARI, Pedro Paulo; ORSER JR, Charles; SCHIAVETTO, Solange Nunes de Oliveira (orgs.). Identidades, discurso e poder: estudos da Arqueologia contemporânea. São Paulo: Annablume; Fapesp, 2005.
  • JORGE, Vitor Oliveira. Arqueologia, patrimônio e cultura. Porto: Editora Piaget, 2000.

Bibliografia Complementar:

  • FERREIRA, Lúcio Menezes. Patrimônio, pós-colonialismo e repatriação arqueológica. Ponta de Lança: História, Memória e Cultura, v. 1. São Cristóvão (Sergipe), 2008.
  • FUNARI, Pedro Paulo et al. Arqueologia Pública no Brasil e as novas fronteiras. Praxis Archaeologica, v. 3. 2008 (Edição trilíngue).
  • SIMPSON, Moira G. Making Representations: Museums in the PostColonial Era. London: Routledge. 2001.

Page generated on 2024-05-19 23:00:05 (query took 0.112894s)