Nome da Atividade
HISTÓRIA DE PELOTAS
CÓDIGO
10770053
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
A DISTÂNCIA
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina estuda a história da cidade de Pelotas desde a sua formação, no século XVIII, até os dias atuais, reunindo aspectos socioeconômicos e político-culturais.

Objectives

Objetivo Geral:

Oferecer aos alunos a oportunidade de conhecer as principais contribuições historiográficas a respeito da história de Pelotas, desde estudos clássicos até as dissertações e teses mais recentes.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANJOS, Marcos Hallal dos. Italianos e Modernização: a cidade de Pelotas no Último Quartel do Século XIX. História em Revista, Pelotas, v.5, 1999. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/HistRev/article/view/12013 LONER, Beatriz Ana; GILL, Lorena Almeida; MAGALHÃES, Mário Osório. Dicionário de História de Pelotas [recurso eletrônico]. 3 ed. Pelotas: Ed. UFPel, 2017. Disponível em: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/3735 VARGAS, Jonas M. “Entre ricos e pobres”. Desigualdade Econômica, Diversidade Ocupacional e estratificação social no Brasil Oitocentista: uma análise da cidade de Pelotas-RS (1850-1890).Tempos Históricos , v. 20 , 1º Semestre de 2016, p. 131-153. Disponível em: file:///C:/Users/User/Downloads/Dialnet-EntreRicosEPobresDesigualdadeEconomicaDiversidadeO-6806627%20(1).pdf

Bibliografia Complementar:

  • VARGAS, Jonas M.. O método prosopográfico e o estudo da elite charqueadora de Pelotas (c. 1850 – c. 1900). In: KLEIN, Ana Inez et al. (Org.). Estudos de História Regional Platina. 1.ed. Porto Alegre: FI, 2018, p. 221-250.Disponível em: http://repositorio.ufpel.edu.br:8080/handle/prefix/8287 SILVEIRA, Aline Montagna da. De fontes à aguadeiros à penas d´água: reflexões sobre o sistema de abastecimento de água e as transformações da arquitetura residencial no final do século XIX em Pelotas. 2009. Tese (Doutorado em Arquitetura e Urbanismo). Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo, São Paulo, FAUUSP, 2009. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/16/16133/tde-26032010-162420/publico/DE_FONTES_E_AGUADEIROS_DIGITAL.pdf OLIVEIRA, Ângela Pereira. A racialização nas entrelinhas da Imprensa Negra: o caso O Exemplo e A Alvorada – 1920-1935. 2017. Dissertação (Mestrado em História). Programa de Pós-Graduação em História, Instituto de Ciências Humanas, Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2017. Disponível em: https://wp.ufpel.edu.br/ppgh/files/2021/04/A-racializacao-nas-entrelinhas-da-imprensa-negra-o-caso-O-Exemplo-e-A-Alvorada-%E2%80%93-1920-1935.pdf LONER, Beatriz Ana. Pelotas se Diverte: Clubes Recreativos e Culturais do Século XIX. História em Revista, Pelotas, v.8, 2002. Disponível em: https://periodicos.ufpel.edu.br/ojs2/index.php/HistRev/article/view/11801/7532 GUTIERREZ, Ester J. B. Negros, charqueadas & olarias - um estudo sobre o espaço pelotense. Disponível em: http://www.dominiopublico.gov.br/pesquisa/DetalheObraForm.do?select_action=&co_obra=19114

Page generated on 2024-05-19 15:24:33 (query took 0.050669s)