Nome da Atividade
FISIOLOGIA ANIMAL COMPARADA II
CÓDIGO
0020061
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Em continuidade a disciplina de Fisiologia Animal Comparada I, esta cadeira tem como objetivo geral estudar os princípios básicos dos sistemas fisiológicos de manutenção da vida desenvolvidos ao longo do processo de adaptação animal, frente aos desafios impostos pelas condições ambientais. Seu conteúdo abordará os fundamentos do sistema de regulação neuroendócrina, digestão e absorção de nutrientes, controle do metabolismo, processos reprodutivos, controle da termorregulação e da pigmentação (camuflagem e mimetismo) animal, sob uma visão comparativa entre os grandes taxa animais, tendo-se a fisiologia humana como referência durante os estudos.

Objectives

Objetivo Geral:

A disciplina tem como objetivo estudar os princípios básicos dos sistemas fisiológicos que levaram ao sucesso evolutivo dos diferentes grupos animais, bem como comparar esses princípios com aqueles que regem a fisiologia humana e que determinam a nossa saúde e qualidade de vida. Ao mesmo tempo, ao apresentar a diversidade de mecanismos de ajuste fisiológico desenvolvidos pelos diferentes grupos animais, despertar o interesse científico de alunos que possam vir a direcionar suas linhas de pesquisa para a área da fisiologia, ou então oferecer base de conhecimentos para aqueles que pretendem trabalhar com manejo e produção animal.

Conteúdo Programático

Sistema Endócrino em vertebrados
Sistema Endócrino em invertebrados
Fisiologia do Sistema Cardiovascular
Fisiologia da Excreção e Osmorregulação
Fisiologia do Sistema Digestório
Termorregulação
Estruturas, Controle e Mecanismos de Pigmentação

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Alves, M. de M. 2008. Fisiologia. Guanabara Koogan, 3ª ed., 1252p.
  • Bentley, P. J., 1998. Comparative Vertebrate Endocrinology. Cambridge University Press, 3rd ed., 526p.
  • Cunninghan, J.G., Klein, B.G. 2008. Tratado de Fisiologia Veterinária. Elsevier, 4ª ed., 720p.
  • Fox, S. I. 2007. Fisiologia Humana. Manole, 7ª. ed., 744p.
  • Guyton, A.C., Hall, J.E. 2006. Tratado de Fisiologia Médica. Guanabara Koogan, 11ª. ed., 1264p.
  • Koeppen, B.M., Stanton, B.A. 2009. Berne & Levy: Fisiologia. Elsevier, 6ª. ed., 864p.
  • Moyes, C.D., Schulte, P.M. 2010. Princípios de Fisiologia Animal. Artmed, 2ª ed., 792p.
  • Schmidt-Nielsen, K. 1996. Fisiologia Animal: Adapatação e Meio Ambiente. Santos, 5ª ed., 600p.
  • Tortora, G.J., Derrickson, B. 2010. Princípios de Anatomia e Fisiologia. Guanabara Koogan, 12ª. ed., 1256p.
  • Warren, B., Randall, D., French, K. 2000. Fisiologia Animal (Eckert): Mecanismos e Adaptações. Guanabara Koogan, 4ª ed., 729p.

Page generated on 2024-04-22 15:16:41 (query took 0.059371s)