Nome da Disciplina
ZOOLOGIA II
CÓDIGO
0050086
Carga Horária
85 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
5
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
5
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Morfologia e fisiologia funcional, reprodução e filogenia dos Gastrotrichia, Nematoda, Nematomorpha, Priapulida, Loricifera, Kinorhyncha, Gnathostomulida, Micrognathozoa, Syndermata, Onychophora, Tardigrada, Arthropoda, Kamptozoa, Cycliophora, Lophophorata e Echinodermata.

Objetivos

Objetivo Geral:

a) Proporcionar aos estudantes conhecimentos básicos sobre morfologia externa e interna, fisiologia, reprodução, bem como o registro fóssil e a filogenia dos invertebrados;
b) Preparar os alunos para a análise crítica desse conhecimento e instrumentalizá-lo para a atualização continuada no assunto de forma autônoma;
c) Embasar a investigação científica que o aluno venha a ter interesse em realizar.

Conteúdo Programático

A) Conteúdos Teóricos
Ecdysozoa: caracterização do táxon e relevância filogenética;
Cycloneuralia: caracterização do táxon
Gastrotrichia, Nematoda, Nematomorpha, Priapulida, Loricifera, Kinorhyncha: plano corporal, fisiologia, ciclo de vida e filogenia;
Gnathifera: caracterização do táxon
Gnathostomulida, Micrognathozoa, Syndermata: plano corporal, fisiologia, ciclo de vida e filogenia.
Panarthropoda: caracterização do táxon.
Onychophora e Tardigrada: biologia geral e relações filogenéticas.
Arthropoda: exoesqueleto e muda; segmentação e tagmose; fisiologia geral, filogenia;
Chelicerata: organização estrutural, fisiologia funcional, reprodução e filogenia dos Xiphosura, Arachnida e Pcynogonida;
Crustacea: organização estrutural, fisiologia funcional; reprodução e filogenia; características gerais dos Remipedia, Cephalocarida, Anostraca, Phyllopoda; Malacostraca: estrutura, função, reprodução e diversidade; Maxillopoda: caracteriação dos principais táxons; filogenia.
Tracheata: caracterização do táxon.
Myriapoda: organização estrutural, fisiologia funcional e reprodução de Chilopoda, Symphyla, Diplopoda e Pauropoda; filogenia.
Hexapoda: adaptações à vida terrestre, organização estrutural, fisiologia funcional, reprodução, desenvolvimento e diversidade.
KAMPTOZOA E CYCLIOPHORA: BIOLOGIA GERAL
LOPHOPHORATA: ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL, BIOLOGIA E FILOGENIA.
ECHINODERMATA: INTRODUÇÃO AOS DEUTEROSTOMIA; ORGANIZAÇÃO ESTRUTURAL DOS EQUINODERMATA; CARACTERÍSTICAS GERAIS DOS ASTEROIDEA, OPHIUROIDEA, ECHINOIDEA, CRINOIDEA E HOLOTHUROIDEA; FILOGENIA.

B) Conteúdos Práticos
Nematoda, Nematomorpha, Rotifera, Acanthocephala
a) plano corporal de Gastrotricha, Nematoda e Nematomorpha;
b) Coleta e caracterização de nematóides decompositores;
CHELICERATA
a - Organização estrutural de Araneae e reconhecimento das espécies peçonhentas de interesse médico no Brasil;
b - Organização estrutural de Scorpionida e reconhecimento das espécies peçonhentas de interesse médico no Brasil;
c – Observação da morfologia externa de Pseudoscorpionida, Acarina, Opilionida e Uropygi;
CRUSTACEA
a – Reconhecimento da morfologia externa de Decapoda;
b – Coleta e identificação de microcrustáceos;
MYRIAPODA
a – Análise comparativa de Diplopoda e Chilopoda;
INSECTA
a – Caracterização da morfologia externa; dissecção e análise dos principais órgãos de um inseto;
b – Técnicas de confecção de uma coleção entomológica;
ECHINODERMATA
a – Morfologia externa de Asteroidea e Echinoidea;

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AMORIM, D. de S. Elementos Básicos de Sistemática Filogenética. 2ªed. Ribeirão Preto: Holos Editora Ltda, 2002. 156p.
  • BARNES, R.S.K.; CALOW, P. & OLIVE, P.J.W. Os invertebrados - uma nova síntese. São Paulo: Atheneu, 1995. 526p.
  • BRUSCA, R.C. & BRUSCA, G.J. 2007. Invertebrados. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 968p.
  • DAWKINS, R. A escalada do monte improvável. São Paulo: Companhia das Letras, 1998. 372p.
  • DAWKINS, R. O relojoeiro cego: a teoria da evolução contra o desígnio divino. São Paulo: Schwarcz Ltda, 2001. 488p.
  • DAWKINS, R. O rio que saía do eden. São Paulo: Rocco, 1994. 152p.
  • GOLD, S. J. As galinhas e seus dentes e outras reflexões sobre história natural. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. 404p.
  • HICKMAN, Jr.C.P.; ROBERTS, L.S.; LARSON, A. Princípios de Zoologia. 10ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2004. 846p.
  • MARGULIS, L.; SCHWARTZ, K. V. Cinco Reinos, um guia ilustrado dos filos da vida na Terra. 3ª ed. Rio de janeiro: Guanabara-Koogan, 2001. 497p.
  • McALESTER, A. L. História Geológica da Vida. São Paulo: Edgard Blücher Ltda, 1971. 174p.
  • PAPAVERO, N. Fundamentos práticos de taxonomia zoológica. 2.ed. São Paulo: Universidade Estadual Paulista, 1994. 285p.
  • RIBEIRO-COSTA, C.S.; ROCHA, R.M. Invertebrados – manual de aulas práticas. 2º impressão. Ribeirão Preto: holos.
  • RIBEIRO-COSTA, CIBELE S. (Coords). Invertebrados: manual de aulas práticas. Ribeirão Preto: Holos, 2002. 226p.
  • RUPPET, E.E.; FOX, R.S.; BARNES, R.D. Zoologia dos Invertebrados: uma abordagem funcional-evolutiva. 7ªed. São Paulo: Roca, 2005, 1145p.
  • STORER, T. Zoologia geral. 6ªed.São Paulo: Nacional, 2000. 816p.

Página gerada em 19/11/2019 01:01:56 (consulta levou 0.099841s)