Nome da Atividade
POLÍTICA DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL NO BRASIL E LEGISLAÇÕES DE PROTEÇÃO NACIONAL E INTERNACIONAL
CÓDIGO
0120106
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA EAD
0
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Política de preservação cultural no Brasil com ênfase nos órgão nacionais e internacionais, legislações, documentos (cartas patrimoniais), programas e financiamento dos projetos culturais nacionais e internacionais.

Objetivos

Objetivo Geral:

Política de preservação cultural no Brasil com ênfase nos órgão nacionais e internacionais, legislações, documentos (cartas patrimoniais), programas e financiamento dos projetos culturais nacionais e internacionais.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANAIS DO II SEMINÁRIO DE DESENHO URBANO. Brasília, Ed. da UNB. 1986.
  • ARANTES, Antônio augusto. Produzindo o passado: estratégias de construção do patrimônio cultural. São Paulo: Brasiliense, 1984.
  • GUTIERREZ. Ramón. Arquitetura. Latino-Americana: textos para reflexão e polêmica. São Paulo, Livraria Nobel. 1989.
  • CARTAS PATRIMONIAIS. Caderno de Documentos no3. Brasília, IPHAN, 1995.
  • CASTRO, Sonia Rabello. O Estado na Preservação de Bens Culturais. Rio de Janeiro, Renovar, 1991.
  • CASTRIOTA, Leonardo Barci. O Inventário do Patrimônio Urbano e Cultural de Belo Horizonte - uma experiência metodológica. In: V Seminário de história da cidade e do urbanismo, 5, 1998, Campinas. Anais...Campinas: FAU/PUC.
  • CASTRIOTA, Leonardo Barci. Patrimônio Cultural: conceitos, políticas, instrumentos. São Paulo: Annablume; Belo Horizonte: IEDS, 2009.
  • CAVALCANTI, Ma L. Viveiros de; FONSECA, Ma C.Londres. Patrimônio Imaterial no Brasil – legislações e políticas estaduais. Brasília: UNESCO, Educarte, 2008.
  • CHOAY, Françoise. A alegoria do patrimônio. São Paulo: Ed.UNESP, 2001
  • CRETELLA JR., Regime Jurídico do Tombamento in Revista de Direito Administrativo, Fundação Getúlio Vargas, vol.112 abril/junho 1973.
  • FITCH, James M. Preservação do Patrimônio Arquitetônico. São Paulo, FAU/USP, 1981.
  • GONZÁLES-VARAS, Ignacio. Conservación de bienes culturales. Teoría, historia, principios y normas. Manuales Arte Cátedra. 1999. Madrid. Editorial Cátedra, S.A.
  • GRACIA, Construir en lo construído. Lisboa, NEREA, 1991.
  • LA REGINA, Adriano. Preservação e Revitalização do Patrimônio Cultural na Itália. São Paulo, FAU/USP, 1981.
  • KRAWCZYK, Flávio.(org.). Da necessidade do Moderno: o futuro de Porto Alegre do século passado. Porto Alegre: Unidade Editorial. 2002.
  • LEMOS. Carlos. O que é Patrimônio Histórico. São Paulo, Ed. Brasiliense. 1981
  • LEGISLAÇÕES DE PRESERVAÇÃO DO PATRIMÔNIO: FEDERAIS, ESTADUAIS, MUNICIPAIS.
  • MARCHESAN, Ana Maria Moreira . A tutela do patrimônio cultural sob o enfoque do direito ambiental.
  • MEIRA, Ana Lúcia Goelzer. Políticas Públicas e a Participação dos Cidadãos na Preservação do Patrimônio Cultural de Porto Alegre In: KRAWCZYK, Flávio. Da necessidade do Moderno: o futuro de Porto Alegre do Século Passado. Porto Alegre: Unidade Editorial da Secretaria Municipal de Cultura, 2002.
  • MEIRA, Ana Lúcia Goelzer. Patrimônio cultural e globalização. In: POSSAMAI, Zita Rosane; ORTIZ, Vitor. Cidade e Memória na globalização. Porto Alegre: Unidade Editorial da Secretaria Municipal de Cultura, 2002.
  • MEIRA, Ana Lúcia Goelzer. O passado no futuro das cidades: políticas públicas e participação dos cidadãos na preservação do patrimônio cultural de Porto Alegre. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2004.
  • MELLO, Maria Cristina Fernandes de. Restauração ou Restauro? Rio de Janeiro, Anais XI CONABEA.
  • OLMOS, Carlos Chanfón. Fundamentos Teóricos de la Restauración. Universidad Nacional Autónoma de Mexico. Colección Posgrado. 1988.
  • O Registro do Patrimônio Imaterial – Dossiê final das atividades da Comissão e do Grupo de Trabalho Patrimônio Imaterial. Brasília: IPHAN, 2000.
  • PESSOA, Álvaro. Direito do Urbanismo: uma visão de Bens Culturais. Rio de Janeiro, Livros Técnicos e Científicos, Instituto Brasileiro de Administração Municipal, 1981.
  • POSSAMAI, Rita e ORTIZ, Vitor (org) Cidade e Memória na Globalização – Porto Alegre: Unidade Editorial da Secretaria Municipal da Cultura, 2002.
  • Proteção e Revitalização do Patrimônio Cultural no Brasil: uma trajetória. Brasília, Publicação da SPHAN/Pró-Memória no 31, 1980.
  • Registro do Patrimônio Imaterial: Dossiê final das atividades da Comissão e do Grupo de Trabalho Patrimônio Imaterial, IPHAN, Brasília, 2000.
  • Restauração e Revitalização de Núcleos Históricos: Análise face à Experiência Francesa. Seminários 1, Brasília, SPHAN no 30, 1980.
  • Revistas do IPHAN
  • Revistas do Icomos Brasil
  • SANT’ANNA, Marcia. Da cidade-monumento à cidade-documento: a norma de preservação de áreas urbanas no Brasil 1937-1990. Salvador: Oiti Editora, 2014.
  • SOUZA Fo , Carlos Frederico M. de. A proteção Jurídica dos Bens Culturais in Revista da Procuradoria Geral do Estado do Paraná. Vol.III, ano V. Curitiba, 1991.
  • SOUZA Fo , Carlos Frederico M. Bens Culturais e Proteção Jurídica. Porto Alegre, Unidade Editorial, 1997.
  • SILVA, Afonso da. Aspectos jurídicos do Patrimônio Ambiental. São Paulo, USP, 1981.
  • TRATADO DE REHABILITACIÓN. Metodología de la restauración y de la rehabilitación. Departamento de Construcción y Tecnología Arquitectónica – UPM. Tomo 2. Madrid. Editorial Munilla – Leria. 1999.
  • WAISMAN, Marina. El Interior de La Historia. Historiografía Arquitectónica para uso de Latinoamericanos. Editorial Escala. 2ª. Edición. Bogotá. 1993.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
1 2021 / 1 21 13
Arquitetura e Urbanismo (Mestrado acadêmico)
Memória Social e Patrimônio Cultural (Doutorado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
ALINE MONTAGNA DA SILVEIRA
Professor responsável pela turma

Página gerada em 12/06/2021 17:32:51 (consulta levou 0.059430s)