Nome da Atividade
ESTÉTICA
CÓDIGO
0120150
Carga Horária
34 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Relações históricas e conceituais entre estética, arquitetura, teoria da arquitetura, urbanismo e paisagismo. A história da estética e a qualidade de concepção arquitetural, urbanística e paisagística. Estética e prática da arquitetura; a crítica estética da arquitetura. História da estética e história da arquitetura, urbanismo e paisagismo. Categorias de análise e crítica arquitetônica. Abordagens e métodos da estética, história da arte, teorias da arte e teorias da arquitetura.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conteúdo Programático

Unidade 1 — A dimensão estética nas modificações estilísticas da arquitetura, urbanismo e paisagismo. Principais conceitos de estética.
Unidade 2 — Os métodos mais empregados na história das artes, sua discussão e confronto com a estética; a estética e a arquitetura: Antiguidade, Idade Média, Renascimento, Barroco, Neoclassicismo, do século XIX à contemporaneidade. Ênfase na Escola Nacional de Belas Artes Francesa e nas vanguardas dos países de fala alemã e nos conceitos e definições da arte moderna e contemporânea.
Unidade 3 — Abordagens da arquitetura, urbanismo e paisagismo (formalista, iconográfica, valorativa, historicista, linguística, sociológica, dialética e hermenêutica).
Unidade 4 — Crítica, poética e retórica e a produção arquitetônica, urbanística e paisagística (unidade teórica prática de análises de projeto/obras).

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ECO, Umberto. A definição de arte. Lisboa, Martins Fontes; 1986.
  • GOMBRICH, E. H. A história da arte. Rio de Janeiro, Guanabara Koogan; 1993.
  • ——————. Arte e ilusão. São Paulo, W M F Martins Fontes; 2007.
  • MASIERO, Roberto. Estética de la arquitectura. Madrid, Machado Libros; 2003.
  • PANOFSKY, Erwin. Significado nas artes visuais. São Paulo, Perspectiva, 1979.
  • PAREYSON, Luigi. Os problemas da estética. São Paulo, Martins Fontes; 2001.
  • PIGNATARI, Decio. Informação. Linguagem. Comunicação. São Paulo, Perspectiva; 1968.
  • VITRUVIUS POLLIO. Tratado de arquitetura. São Paulo, Martins; 2007.
  • WÖLFFLIN, Heinrich. Conceitos fundamentais da história da arte. São Paulo, Martins Fontes, 2000.

Bibliografia Complementar:

  • Architectural theory: from the renaissance to the present. Köln, Taschen; 2003.
  • BENEVOLO, Leonardo. A arquitetura do novo milênio. São Paulo, Estação Liberdade; 2007.
  • GADAMER, Hans-Georg. A atualidade do belo. Rio de Janeiro, Tempo Brasileiro; 1985.
  • HADJNICOLAOU, Nicos. La producción artística frente a sus significados. México, siglo XXI, 1981.
  • FERNIE, Eric. Art History and its Methods. New York, Phaidon, 1995.
  • NESBITT, Kate (ed.). Theorizing a New Agenda for Architecture: an Anthology for Architectural Theory 1965-1995. New York, Princeton Architectural Press; 1996.
  • RIEGL, Aloïs. El culto moderno a los monumentos. Madrid, Machado Libros; 2008.
  • STRATHERN, Paul. Kant (1724-1804) em 90 minutos. Rio de Janeiro, Jorge Zahar Editor; 1997.

Página gerada em 13/04/2021 02:27:56 (consulta levou 0.829424s)