Nome da Disciplina
INTRODUÇÃO ÀS CIÊNCIAS FARMACÊUTICAS
CÓDIGO
0160033
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina contempla os conceitos teóricos básicos relacionados ao âmbito da formação generalista, assim como discute sobre o papel do profissional tanto nas ciências farmacêuticas quanto em outras áreas, como educação ambiental, intervenções/estudos da realidade e da transformação social, econômica e política das relações étnicas brasileiras, nos estudos sociais da ciência e temas afins.

Objetivos

Objetivo Geral:

Apresentar e discutir sobre a atuação do farmacêutico nos diferentes âmbitos de atuação profissional a partir de conceitos básicos visando à formação de profissionais com visão crítica, reflexiva e construtiva.

 

Objetivos Específicos:

-Distinguir os termos e conceitos usualmente empregados nas ciências farmacêuticas e identificar a(s) área(s) para exercício da atividade futura.- Compreender os fatores que influenciam desde a pesquisa e desenvolvimento até o uso dos medicamentos. -Estar apto a aplicar estes conhecimentos no seu dia-a-dia.

Conteúdo Programático

- O Curso de Farmácia da UFPel
- As entidades de classe do farmacêutico
- Conceitos gerais em Farmácia
- Âmbitos profissionais do Farmacêutico
- Código de Ética da profissão Farmacêutica

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • LENCINA, C.L; PAVEI, C.; STEFANELLO, F.M.;VASCONCELOS, F.A; FARIAS, F.M. Momento Saúde. Editora UFPel, 2014.
  • PANDIT NK. Introdução às Ciências Farmacêuticas. Editora Artmed. 2008.
  • STORPIRTIS S. Farmácia Clínica e Atenção Farmacêutica. 1 ed. Guanabara Koogan, 2008.

Bibliografia Complementar:

  • BISSON, M.P. Farmácia Clinica e Atenção Farmacêutica. Barueri, SP, Manole. 2 ed.
  • BARROS E., et al. Medicamentos na prática da farmácia clínica. Porto Alegre: Artmed, 2013.
  • CONSELHO FEDERAL DE FARMÁCIA. Resolução nº 417, de 29 de Setembro de 2004. Código de Ética da Profissão Farmacêutica, 2014.
  • Resolução RDC nº 67, de 08 de outubro de 2007. Dispõe sobre Boas Práticas de Manipulação de Preparações Magistrais e Oficinais para Uso Humano em farmácias, 2007.
  • Resolução RDC nº 17, de 16 Abril de 2010. Dispõe sobre BoasPráticas de Fabricação de medicamentos, 2010.

Página gerada em 14/11/2019 17:24:51 (consulta levou 0.078400s)