Nome da Atividade
AVALIAÇÃO DE IMPACTOS AMBIENTAIS
CÓDIGO
0198088
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4

Ementa

Histórico. Legislação relativa à avaliação de impactos ambientais. Série ISO 14000. Estudo de Impacto Ambiental (EIA) e Relatório de Impacto Ambiental (RIMA). Conceituação de impactos. Tipos de impactos. Classificação dos impactos. Intensidade e magnitude dos impactos. Abrangência dos impactos. Metodologias de avaliação de impactos. Impactos ambientais sobre o solo e a água. Mitigação de impactos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Possibilitar que, ao final da disciplina, o aluno tenha desenvolvido as habilidades necessárias para que, no exercício da profissão, possa atuar, de forma efetiva, nos processos que envolvem a avaliação de impactos ambientais, especialmente no que se refere ao manejo e conservação do solo e da água.

Conteúdo Programático

1. Introdução
1.1. Histórico
1.2. Legislação relativa à avaliação de impactos ambientais
1.3. Série ISO 14000
2. Avaliação de impactos ambientais
2.1. Conceituação de impactos
2.2. Tipos de impactos
2.3. Classificação dos impactos
2.4. Intensidade e magnitude dos impactos
2.5. Abrangência dos impactos
3. Instrumentos legais
3.1. Estudo de Impacto Ambiental (EIA)
3.2. Relatório de Impacto Ambiental (RIMA)
3.3. Relatório Ambiental Preliminar (RAP)
3.4. Fundamentos
3.5. Conteúdos
4. Métodos de avaliação de impactos
4.1. Apresentação dos métodos
4.2. Critérios de seleção
5. Mitigação de impactos
5.1. Medidas mitigadoras
5.2. Medidas compensatórias
6. Impactos ambientais sobre o solo e a água.
6.1. Estudos de caso: impactos ambientais sobre a água
6.2. Estudos de caso: impactos ambientais sobre o solo
7. Trabalho de aplicação

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BARBOSA, R. P. Avaliação de risco e impacto ambiental. São Paulo: Erica, 2014. recurso online ISBN 9788536521510.
  • SÁNCHEZ, L. E. Avaliação de impacto ambiental: conceitos e métodos. 2.ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2013. 583 p.
  • STEIN, R. T.; LEÃO, M. F.; MACHADO, V. S.; SCHERER, K.; SIQUEIRA, T. M.; FINKLER, R. Avaliação de impactos ambientais. Porto Alegre: SER – SAGAH, 2018. recurso online ISBN 9788595023451.

Bibliografia Complementar:

  • FRANCESCONI, W.; SRINIVASAN, R.; PEREZ MINANA, E.; WILLCOCK, S. P.; QUINTERO, M. Using the Soil and Water Assessment Tool (SWAT) to model ecosystem services; a systematic review. Journal of Hydrology,v. 535, p.625-636. 2016.
  • GOUVEA, Y. M. G. et al. Avaliação de impacto ambiental. São Paulo: Secretaria do Meio Ambiente, 1998. 85 p. (Documentos ambientais).
  • GRIFFITH, M. B.; DANIEL, F. B.; MORRISON, M. A.; TROYER, M. E.; LAZORCHAK, J. M.; SCHUBAUER-BERIGAN, J. P. Linking excess nutrients, light, and fine bedded sediments to impacts on faunal assemblages in headwater agricultural streams. Journal of the American Water Resources Association. v. 45, n. 6, p. 1475-1492, 2009.
  • RODRIGUES, G. S. Avaliação de impactos ambientais em projetos de pesquisa e desenvolvimento tecnológico agropecuário: fundamentos, princípios e introdução a metodologia. Jaguariuna: EMBRAPA-CNPMA, 1998. 66 p. (Embrapa - CNPMA. Documentos, 14).
  • UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO GRANDE DO SUL. Carvão e meio ambiente. Porto Alegre: UFRGS, 2000. 1006 p.
  • WOZNICKI, S. A.; NEJADHASHEMI, A. P.; ABOUALI, M.; HERMAN, M. R.; ESFAHANIAN, E.; HAMAAMIN, Y. A.; ZHANG, Zhen. Ecohydrological modeling for large-scale environmental impact assessment. The Science of the total environment, v. 543, n. 01, p.274-286. 2016.

Página gerada em 15/07/2024 03:11:52 (consulta levou 0.162960s)