Nome da Disciplina
UNIDADE DE CIRURGIA BMF I
CÓDIGO
03490001
Carga Horária
135 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
9
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
6
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CRÉDITOS
9
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A formação cirúrgica do acadêmico de Odontologia se dá em três Unidades Cirúrgicas seqüenciais e em ordem crescente de complexidade. Os conteúdos são orientados, preferencialmente, para o ensino da anestesiologia, assepsia e ambiente cirúrgico, princípios fundamentais e técnica(s) cirúrgicas-exodônticas, prevenção e/ou resolução de acidentes e complicações exodônticas, cicatrização de feridas, reparo alveolar e de terapêutica medicamentosa, bem como formação e adestramento de trabalho em nível teórico e prático em ambulatório, compreendendo o exame, o diagnóstico e tratamento cirúrgico-exodôntico de dentes com indicação exodôntica, incluindo o controle da dor trans e pós-operatória, prevenção e tratamento de infecções odontogênicas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Reconhecer as situações de indicação dos procedimentos cirúrgicos;
►Identificar todas situações clínicas e sociais que envolvam o paciente e que tenham implicações com o procedimento cirúrgico;
►Zelar e responsabilizar-se pelo uso adequado e a manutenção do patrimônio da Instituição;
►Executar todos os passos necessários ao procedimento cirúrgico;

Específicos:
Identificar todas as situações clínicas e condicionantes sociais que envolvam o paciente e que
tenham implicações com o procedimento cirúrgico-exodôntico e realizar um atendimento
humanitário e com base nos princípios fundamentais do SUS.
 Formar um profissional capaz de entender que desenvolver os princípios fundamentais
clínico-cirúrgicos, o controle da dor e a prevenção da infecção cruzada são procedimentos
básicos indispensáveis no sucesso do atendimento do odontológico.
 Respeitar o paciente na sua integridade.

 Esclarecer o paciente, com linguagem apropriada, todas as circunstâncias que envolvam o
procedimento proposto.Observar as características próprias de um ambiente cirúrgico
odontológico, buscando evitar comentários, posturas e procedimentos incompatíveis com o
ambiente.
 Executar todos os passos necessários ao procedimento técnico cirúrgico-exodôntico dentro
dos preceitos dos princípios fundamentais de exodontia/cirurgia (necessidade e oportunidade
exodôntica, medidas de assepsia, anti-sepsia e do ambiente ideal para realizar exodontias,
planejamento, cirurgia atraumática e desenvolvimento adequado das fases pré-trans e
pós-operatórias).
 Estabelecer a importância do controle da dor nos procedimentos clínico-cirúrgicos, abordando
a anestesiologia e a terapêutica medicamentosa.
 Identificar, demonstrar e treinar procedimentos abordando as diferenças anatômicas e a
anestesia odontológica.
 Estabelecer a necessidade do procedimento cirúrgico, realizar seu planejamento.
 Estabelecer a possibilidade do procedimento proposto, adequando o procedimento às
necessidades e condições do paciente.
 Reconhecer e organizar o instrumental e o material necessário ao procedimento.
 Executar as medidas de assepsia, anestesia local e exodontia de um ou dois elementos
dentários com ou sem retalho cirúgico, ostectomia e/ou odontosecção, sob supervisão e
acompanhamento de professores.
 Desenvolver e aprimorar a técnica anestésica local e técnicas exodônticas á fórceps, por
elevadores (alavancas) e com retalho cirúrgico e/ou odontosecção.
 Executar os passos da diérese, exérese e da síntese de acordo com a exigência do caso e
de forma atraumática.
 Prevenir, identificar e saber tratar possíveis acidentes e complicações decorrentes do ato
anestésico e /ou exodôntico.
 Entender e saber esclarecer sobre recomendações pós-operatórias e prescrever a
medicação necessária e adequada ao caso.
 Reavaliar o paciente, remover suturas e reintervir se necessário.
 Compatibilizar as prescrições e as recomendações às possibilidades físicas/locais e/ou
sistêmicas ou sócio-econômicas do paciente.
 Zelar e responsabilizar-se pelo uso adequado e a manutenção do patrimônio da Instituição
pública.

 

Objetivos Específicos:


Conteúdo Programático

Unidade I - Apresentação docente e normas da disciplina 01 aula

Unidade II - Anestesiologia 14 aulas
Anatomia loco-regional voltada para anestesiologia local buco maxilo facial (2 aulas)
- Revisão de anatomia de face, inervação e vascularização de interesse à anestesiologia buco
maxilar;
- Revisão de anatomia de face, dentes e músculos faciais e pontos de reparo voltados à
anestesiologia buco maxilar;
Sais anestésicos: 2 aulas
- histórico dos anestésicos locais;
- Farmacocinética e farmacodinâmica dos sais anestésicos;
- Características dos sais anestésicos;
Técnicas anestésicas terminais (1 aula)
- Técnicas anestésicas terminais superficiais;
- Técnicas anestésicas terminais infiltrativas;
Técnicas anestésicas de bloqueio maxilar teóricas (3 aulas)
- Técnica de bloqueio regional do N. Alveolar superior posterior;
- Técnica de bloqueio regional do N. Infra-orbitário; e N. alveolar superior anterior e médio,
- Técnica de bloqueio regional do N. Nasopalatino
- Técnica de bloqueio regional do N. Palatino Maior;
Técnica anestésicas de bloqueio Mandibular (3 aulas)
- Técnicas anestésicas de bloqueio regional dos N. Alveolar inferior, Bucal e lingual;

- Acidentes e complicações anestésicas (3 aulas)
- Acidentes e complicações anestésicas de ordem local;
- Acidentes e complicações anestésicas de ordem geral;
Unidade III - Princípios Fundamentais Exodônticos e Cirúrgicos 01 aula
- Descrição dos princípios da necessidade, da oportunidade, da terapêutica exodôntica, da técnica
cirúrgica atraumática, dos princípios de assepsia, do planejamento pré, trans e pós-operatório
Unidade IV - Assepsia e anti-sepsia em cirurgia 02 aulas
- Métodos de assepsia e manutenção da cadeia asséptica em cirurgia, conceitos e técnicas de
anti-sepsia , desinfecção, esterilização em cirurgia, descrição do ambiente e roupagem cirúrgico
Unidade V - Técnica Cirúrgica exodôntica 11 aulas
- Introdução às Técnicas de Exodontia – tipos de técnicas exodônticas, ergonomia em exodontia,
padrão cirúrgico, fases cirúrgico-exodônticas.
- Instrumental cirúrgico e exodôntico – classificação, descrição, composição, apresentação,
indicação, empunhadura dos instrumentais para exodontia e cirurgia oral.
- Técnica de Extração a Fórceps – conceito, componentes, numeração, indicação clínica e
radiográfica dos forceps e técnica de extração á forceps, casos clínicos de exodontia á fórceps
- Extração a Extratores- classificação e indicações dos de extratores, princípios técnicos para
utilização de extratores em exodontias maxilares e mandibulares, casos clínicos.
- Técnica de Extração a Retalho – Indicação da extração a retalho, tipos de incisões e retalhos e
técnicas para exodontias transalveolares, casos clínicos.
- Técnica de Extração por Odontossecção – Conceito, indicação, instrumentais e técnicas de
extração por odontosecção ,
- Pós-operatório em Exodontia e Cirurgia bucodentoalveolar
- Princípios gerais de sutura - Principais fios de sutura e suas classificações; principais técnicas de
sutura intra-oral.
Unidade VI - Acidentes e Complicações em Exodontia 04 aulas
- Definição, causas dos acidentes e complicações, Acidentes exodônticos – fratura do dente a ser
avulsionado, lesão a outros dentes, fraturas ósseas
- Acidentes exodônticos – hemorragia, lesão de troncos nervosos, lesão de tecidos moles
- Acidentes exodônticos – invasão de estruturas vizinhas, luxação de ATM, aspiração/deglutição de
corpo estranho
- Complicações – Resposta inflamatória primária exacerbada, extravasamento sangüíneo do leito
vascular, enfisema, infecção.
Unidade VII-Feridas Cirúrgicas, classificação, tratamento e reparo do alvéolo 02 aulas
- Feridas cirúrgicas: classificação e tratamento
- Reparo do alvéolo e sua cicatrização

Unidade VIII - Terapêutica medicamentosa em odontologia 12 aulas
Princípios gerais do uso de fármacos em Odontologia:
Princípios gerais de controle de dor, hipertermia e modelação da inflamação em Odontologia;
Principais analgésicos, atipiréticos e modeladores da inflamação utilizados em Odontologia;
Princípios gerais do controle da infecção em Odontologia;
Principais antimicrobianos utilizados em Odontologia;
Situações e fármacos utilizados para o controle da ansiedade em Odontologia;
Situações em que há indicações de uso de anti-histamínicos e principais fármacos;
Situações em que há indicações de uso de anti-eméticos e principais fármacos;
Situações em que há indicações de uso de anti-hemorrágicos e principais fármacos.
Avaliações teóricas 2 aulas
Comentário de prova 2 aulas

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • GREGORI, C. Cirurgia Buco-Dento-Alveolar. 2a. edição. Editora Sarvier, 1996. 272 pg. ELLIS, E. R.; TUCKER, M. R.; HUPP, J. R. Cirurgia Oral e Maxilofacial Contemporânea - 6a Ed. Editora Elsevier / Medicina Nacionais, 2015. MALAMED, S. F. Manual de Anestesia Local, 6a Edição , Editora Elsevier, 2013, 432 pg. MILORO, M. ; LARSEN , P. E. ; WAITE P. D. ; GHALI. Princípios de Cirurgia Bucomaxilofacial de Peterson, 2016. NETTER, F. H. Atlas de Anatomia Humana. 6a Edição. Editora Elsevier, 2015. 640 pg PETERSON, L. J.; ELLIS, E. Cirurgia Oral e Maxilofacial Contemporânea Editora Elsevier , 4a Edição, 2005, 794 pg. WANNAMACHER, L. Farmacologia Clínica Para Dentistas - 3a Ed. Guanabara Koogan, 2012.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M12 2019 / 2 50 36 Odontologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
18:00 - 18:50
ELAINI WOLTER SICKERT ADERNE
Professor responsável pela turma

TAIANE COUTINHO DE OLIVEIRA
Professor Regente

ANTONIO CESAR MANENTTI FOGACA
Professor Regente

MARIO SERGIO MEDEIROS PIRES
Professor Regente

CRISTINA BRAGA XAVIER
Professor Regente

MARCOS ANTONIO TORRIANI
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
UNIDADE DE CIRURGIA BMF I Odontologia (Bacharelado)

Página gerada em 17/10/2019 22:31:45 (consulta levou 0.175623s)