Nome da Atividade
UNIDADE SAÚDE BUCAL COLETIVA I
CÓDIGO
03500001
Carga Horária
45 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina introduz o conceito de saúde coletiva e discute o processo saúdedoença,
relacionando-o aos conceitos de educação, prevenção e promoção de
saúde, além de apresentar os indicadores de saúde e os índices empregados em
Saúde Bucal Coletiva. Durante as aulas práticas, os estudantes serão preparados
para aplicar os métodos epidemiológicos em saúde e bioestatística na apresentação
e interpretação dos dados relacionados à saúde coletiva, além de planejarem
atividades de promoção, prevenção e educação em saúde a serem executadas em
atividades práticas das disciplinas de Saúde Bucal Coletiva II e III, nos semestres
seguintes.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivos Gerais: Preparar o acadêmico para conhecer os principais determinantes do processo
saúde-doença e as principais formas de intervenção nesse processo. Preparar o
acadêmico para coletar, apresentar e interpretar informações relativas ao processo
saúde-doença.
Objetivos Específicos:
Introduzir o acadêmico na Saúde Bucal Coletiva;
Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os conceitos do processo
saúde-doença;
Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os determinantes sociais do
processo de saúde-doença;
Propiciar ao acadêmico o conhecimento dos indicadores de saúde e os
índices mais utilizados em saúde bucal coletiva;
Formar profissionais com capacidade para desenvolver ações voltadas à
prevenção, educação e promoção de saúde;
Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os pressupostos básicos da
epidemiologia;
Possibilitar o conhecimento básico dos tipos de estudos epidemiológicos e
sua aplicação em odontologia;
Possibilitar conhecimento básico de bioestatística e sua aplicação em saúde
bucal coletiva.

 

Objetivos Específicos:

 Introduzir o acadêmico na Saúde Bucal Coletiva;
 Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os conceitos do processo
saúde-doença;
 Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os determinantes sociais do
processo de saúde-doença;
 Propiciar ao acadêmico o conhecimento dos indicadores de saúde e os
índices mais utilizados em saúde bucal coletiva;
 Formar profissionais com capacidade para desenvolver ações voltadas à
prevenção, educação e promoção de saúde;
 Propiciar ao acadêmico o conhecimento sobre os pressupostos básicos da
epidemiologia;
 Possibilitar o conhecimento básico dos tipos de estudos epidemiológicos e
sua aplicação em odontologia;
 Possibilitar conhecimento básico de bioestatística e sua aplicação em saúde
bucal coletiva.

Conteúdo Programático

INTRODUÇÃO À SAÚDE BUCAL COLETIVA
Conceito de Saúde Bucal Coletiva;
Percepção dos acadêmicos sobre as atividades desenvolvidas em Saúde Coletiva;
Relação da Saúde Coletiva com a Odontologia;
Perspectiva de atuação do cirurgião-dentista na Saúde Bucal Coletiva.

SAÚDE E DOENÇA
Conceito do processo saúde-doença;
Aplicação do conhecimento na saúde coletiva;
Determinantes do processo saúde-doença.

PREVENÇÃO E PROMOÇÃO DE SAÚDE
Conceito de prevenção, preventivismo e diferença de promoção de saúde;
Principais métodos de prevenção em saúde bucal coletiva;
Tratamento restaurador atraumático (TRA), diamino fluoreto de prata e secantes ocusais;
Princípios de promoção de saúde;
Abordagens para a promoção de saúde bucal.

NÍVEIS DE PREVENÇAO, NÍVEIS DE APLICAÇÃO E ESTRATÉGIAS DE PREVENÇÃO
Níveis de prevenção;
Níveis de aplicação;
Principais níveis de prevenção/aplicação em saúde pública;
Estratégias de prevenção na abordagem de promoção de saúde.

EDUCAÇÃO EM SAÚDE
Conceito de educação em saúde;
Relação do conceito de educação em saúde com a prática vivenciada na saúdecoletiva;
Dinâmicas de grupo para o desenvolvimento da educação em saúde.

INDICADORES DE SAÚDE
Diferença entre indicadores e índices;
Formas de construção, principais tipos de indicadores de saúde e sua utilidade;
Processos de transição demográfica e transição epidemiológica;
Pacto de Indicadores da Atenção Básica e os indicadores de Saúde Bucal nele incluídos.

ÍNDICES EM SAÚDE BUCAL COLETIVA
Aspectos relativos à padronização de códigos e critérios (OMS);
Códigos e critérios para cárie dentária, doença periodontal, uso e necessidade de prótese e fluorose dentária;
Índices utilizados para má oclusão;
Apresentação dos índices e sua interpretação.

EPIDEMIOLOGIA
Introdução à epidemiologia: aspectos históricos;
Usos da epidemiologia;
Relação entre clínica e epidemiologia;
Ramos da epidemiologia: descritiva e analítica;
Medidas de freqüência dos agravos em saúde;
Classificação dos estudos epidemiológicos: observacionais e de intervenção;
Tipos de estudo: transversal, coorte, caso-controle, ecológico e ensaio comunitário.

BIOESTATÍSTICA
Introdução à bioestatística;
Tipos de dados: primários e secundários;
Tipos de variáveis: qualitativas (nominal e ordinal) e quantitativas (discreta e contínua)
Distribuição de frequências (absoluta, relativa e cumulativa);
Apresentação tabular de dados;
Apresentação gráfica de dados
Medidas de tendência central: média aritmética, moda e mediana
Medidas de dispersão: amplitude, desvio, variância e desvio padrão amostral

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ANTUNES, J.L.F.; PERES, M.A. Epidemiologia da Saúde Bucal. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2006 ou 2013 1 recurso online (Fundamentos de odontologia). ISBN 978-85-412-0300-5. PEREIRA M.G.P. Epidemiologia: teoria e prática. 11.reimp. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2007.
  • PINTO, V. G. Saúde bucal coletiva. 6. ed. São Paulo: Santos, 2013 ou 2019 1 recurso online ISBN 9788527734974

Bibliografia Complementar:

  • ALMEIDA FILHO, N. Epidemiologia & saúde fundamentos, métodos e aplicações. Rio de Janeiro Guanabara Koogan 2011 1 recurso online ISBN 978-85-277-2119-6.
  • BERQUÓ, E.S.; SOUZA, J.M.P.; GOTLIEB, S.L.D. Bioestatística. São Paulo: Editora Paulista Universitária, 1981.
  • CAMPOS, G.W.S.; BONFIM, J.R.A. (Org.). Tratado de saúde coletiva. 2. ed. São Paulo: HUCITEC: 2014. 2015
  • CZERESNIA, D.; FREITAS, C.M. Promoção da saúde. Promoção da saúde: conceitos, reflexões, tendências. Rio de Janeiro: editora Foicruz, 2009.
  • FORATTINI, O.P. Epidemiologia geral. 2 ed. São Paulo: Artes Médicas; 1996. Capítulo 5 – Descrição. P. 83-100.
  • NARVAI, P.C.Odontologia e Saúde Bucal Coletiva. 2ed. São Paulo: Santos, 2002.
  • MOYSÉS, S.T.; WATT, R. Promoção de Saúde Bucal: definições. In: BUISCHI,Y.P. Promocão de saude bucal na clinica odontologica. São Paulo: Artes Médicas, 2000.
  • ROSNER, B. Fundamentos de bioestatística. São Paulo Cengage Learning 2018 1 recurso online ISBN 9788522126668.
  • PEREIRA, A.C. Odontologia em Saúde Bucal Coletiva: planejando ações e promovendo a saúde 1a ed. Porto Alegre: Artmed; 2003.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T51 2020 / 1 50 40 Odontologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
OTAVIO PEREIRA D AVILA
Professor responsável pela turma

MARIANA GONZALEZ CADEMARTORI
Professor Regente

ALEXANDRE EMIDIO RIBEIRO SILVA
Professor Regente

EDUARDO DICKIE DE CASTILHOS
Professor Regente

MARIA BEATRIZ JUNQUEIRA DE CAMARGO
Professor Regente

T71 2020 / 1 50 0 Odontologia (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUA16:00 - 16:50

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
UNIDADE SAÚDE BUCAL COLETIVA I Odontologia (Bacharelado)

Página gerada em 24/11/2020 04:18:17 (consulta levou 0.445546s)