Nome da Disciplina
PERCEPÇÃO VISUAL
CÓDIGO
05000733
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A comunicação não verbal. Características da percepção visual. Percepção da forma e da cor: aspectos físicos, fisiológicos e culturais. Estudos teóricos e práticos das relações formais e cromáticas (nas artes plásticas, gráficas, nos museus) e da estruturação dos espaços bi e tridimensional. Análise crítica e estética dos diversos fenômenos culturais e movimentos artísticos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Geral:
Desenvolver estudos sobre a forma e a cor, enquanto elementos de comunicação visual, com ênfase na percepção e produção de obras bi e tridimensionais e suas relações com o espaço museográfico. Promover a análise crítica e estética (relacionados à percepção da forma da cor) dos diversos fenômenos culturais e movimentos artísticos, e dos espaços bi e tridimensional.

Específicos:
▪ Proporcionar ao aluno a instrumentalização necessária ao desenvolvimento de exercícios teóricos e práticos relacionados à
percepção visual;
▪ Desenvolver a percepção visual, voltada às questões pertinentes à organização do espaço nos museus, através de exercícios práticos de organização formal;
▪ Sensibilizar e instrumentalizar o aluno para o uso dos elementos da linguagem visual e dos materiais na museografia;
▪Desenvolver uma atitude crítica a partir da análise da produção dos alunos;
▪ Proporcionar ao aluno contato com os diversos fenômenos culturais e movimentos artísticos.
. Capacitar o aluno à apreensão das diferentes possibilidades de construção do espaço bidimensional e tridimensional através da relação formal e cromática, por meio da produção plástica e da reflexão fundamentada em textos;
. Capacitar o aluno à apreensão das diferentes possibilidades de construção do espaço tridimensional relacionados aos aspectos
históricos e características dos materiais utilizados;
. Capacitar o aluno a desenvolver atitude de pesquisa na busca de soluções formais a partir dos trabalhos práticos propostos,
demonstrando articulação coerente entre os conteúdos teóricos estudados e a sua aplicação no espaço museográfico;

 

Objetivos Específicos:

Proporcionar ao aluno a instrumentalização necessária ao desenvolvimento de exercícios teóricos e práticos relacionados à percepção visual;
▪ Desenvolver a percepção visual, voltada às questões pertinentes à organização do espaço nos museus, através de exercícios práticos de organização formal;
▪ Sensibilizar e instrumentalizar o aluno para o uso dos elementos da linguagem visual e dos materiais na museografia;
▪Desenvolver uma atitude crítica a partir da análise da produção dos alunos;
▪ Proporcionar ao aluno contato com os diversos fenômenos culturais e movimentos artísticos.
. Capacitar o aluno à apreensão das diferentes possibilidades de construção do espaço bidimensional e tridimensional através da relação formal e cromática, por meio da produção plástica e da reflexão fundamentada em textos;
. Capacitar o aluno à apreensão das diferentes possibilidades de construção do espaço tridimensional relacionados aos aspectos históricos e características dos materiais utilizados;
. Capacitar o aluno a desenvolver atitude de pesquisa na busca de soluções formais a partir dos trabalhos práticos propostos, demonstrando articulação coerente entre os conteúdos teóricos estudados e a sua aplicação no espaço museográfico.

Conteúdo Programático

Unidade I

Percepção visual. Fisiologia e psicologia da visão. As leis da organização da forma: Gestalt. Efeitos ambíguos. Ilusões de ótica. Campo visual. Centro geométrico e perceptivo. As tensões no campo. Ponto. Linha. Forma. Plano. Rede. Modulação. Valor. Escala acromática.

Unidade II

Forma. Figura-fundo. Positivo-negativo. Volume. Profundidade. Proporção. Equilíbrio. Ritmo. Movimento. Análise dos diversos fenômenos culturais e movimentos artísticos.

Unidade III
Cor e percepção cromática. Definição, conceito, aspectos filosóficos e históricos. Classificação das cores: primárias, secundárias e terciárias. Cromatismo e acromatismo. Cor luz / cor pigmento. Contrastes de cor / claro e escuro. Métricas da cor: saturação, matiz e luminosidade. Harmonia das cores. Complementares e analógicas. Contraste simultâneo, misto e sucessivo. Aplicabilidade da cor na museografia,

Unidade IV

Desenho tridimensional. Direções primárias e vistas básicas. Elementos do desenho tridimensional: conceituais, visuais, relacionais e construtivos. Forma e estrutura. Unidades de forma. Repetição e gradação. Modulação, ritmo, proporção e harmonia. Estruturas tridimensionais: conceito, classificação e aspectos históricos. Materiais usados na montagem de estruturas tridimensionais e suas características de resistência.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARNHEIM, Rudolf. Arte e Percepção Visual. São Paulo: Pioneira, 1988. DONDIS, Donis A. Sintaxe da Linguagem Visual. São Paulo: M. Fontes,1991. FARINA, Modesto. Psicodinâmica das cores em publicidade.São Paulo: Edgard Blücher, Ed. da USP,1975. FRACCAROLI, Caetano. A Percepção da Forma e sua Relação com o Fenômeno Artístico (Gestalt). São Paulo: FAU / USP, 1982. GOMES FILHO, João. Gestalt do Objeto: sistema de leitura visual da forma. São Paulo:Escrituras, 2003 HUYGHE, René. Los poderes de la imagen.Trad.de Juan-Eduardo Cirlot. Barcelona: Editorial Labor, AS, 1968. KANDINSKY, Wassily. Ponto e Linha sobre o Plano. São Paulo: M. Fontes, 1997. KLINTOWITZ, Jacob. A cor inexistente e o aprendiz do novo. São Paulo: Editora Odisséia Ltda.1978 LUCIE-SMITH, Edward. ART TODAY: from abstract expressionism to superrealism. Oxford: Phaidon Press Limited, 1977. MUNARI, Bruno. Diseño y Comunicación Visual. Barcelona: Gustavo Gili, 1973. OSTROWER, Fayga. Universos da Arte. Rio de Janeiro: Ed. Campos, 1981.

Bibliografia Complementar:

  • PEDROSA, Israel. O Universo da Cor. Rio de Janeiro: Senac Nacional,2008. PENTEADO NETO, Onofre. Desenho Estrutural. S. Paulo: Perspectiva, 1976. SILVEIRA, Luciana Martha. Introdução à teoria da cor. 1. ed. Curitiba: Ed. UTFPR, 2011. VIEIRA, Margareth. Síntese baseada na obra de: Pedrosa, Israel. Da cor à cor inexistente. Rio de Janeiro: Funarte, 1982. WONG, Wucius. Princípios de forma e desenho. Trad. Alvamar Helena Lamparelli. 2. Ed. São Paulo: Editora WMF Martins Fontes, 2010.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
PERCEPÇÃO VISUAL I Museologia (Bacharelado)

Página gerada em 26/02/2020 00:24:00 (consulta levou 0.145010s)