Nome da Atividade
INTERPRETAÇÃO TEATRAL II
CÓDIGO
05001022
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Práticas de atuação que desenvolvam formas alternativas ao teatro dramático, em especial as formas épicas de atuação, o teatro de rua e a performance. Estudo das possibilidades práticas de aplicação dessas metodologias de trabalho em sala de aula.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Conhecer, refletir e experienciar linhas diversas de interpretação do teatro contemporâneo;
- Conhecer, refletir e experienciar o “distanciamento brechtiano”, desdobramentos e releituras;
- Compreender, aprofundar e ampliar as possibilidades de interpretação;
- Construção e desenvolvimento de personagem e situação;
- Exercícios de narrativa e criação de cenas;
- Conhecer e refletir os contextos históricos, econômicos, sociais e políticos do período e sua relação com o ambiente, a criação teatral e com a cidadania;
- Flexibilizar a compreensão e a atitude teatral.
- Analisar as possibilidades de aplicação dessas linhas em sala de aula.

Conteúdo Programático

- A relação com o público nos teatros não-dramáticos.
- O ator como narrador e a atuação no teatro épico.
- Práticas performativas e o Teatro de Rua.
- Ator e/ou Performer: a criação em performance.
- Planejamento didático a partir das metodologias estudadas.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • KOUDELA, Ingrid Dormien. Brecht: um jogo de aprendizagem. 2ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2010. 176 p.
  • RICHARDS, Thomas. Trabalhar com Grotowski sobre as ações físicas. São Paulo: Perspectiva, 2014.
  • ROSENFELD, Anatol. O teatro épico. 3ª ed. São Paulo: Perspectiva, 1997.

Bibliografia Complementar:

  • ASLAN, Odette. O ator no século XX. São Paulo: Perspectiva, 1994.
  • BORNHEIM, Gerd A. Brecht: a estética do teatro. Rio de Janeiro: Graal, 1992.
  • COHEN, Renato. Performance como linguagem: criação de um tempo espaço de experimentação. São Paulo: Perspectiva, 2007.
  • GOLDBERG, RoseLee. A arte da performance: do futurismo ao presente. São Paulo: Martins Fontes, 2006.
  • VIRMAUX, Alain. Artaud e o teatro. 2ª ed. São Paulo: Perspectiva, 2009.

Página gerada em 17/08/2022 22:47:24 (consulta levou 0.118635s)