Nome da Disciplina
SANEAMENTO
CÓDIGO
0520020
Carga Horária
51 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Na disciplina de Saneamento são estudadas as formas de obtenção de água de boa qualidade, técnicas de deposição e controle, degradação de resíduos biológicos e recicláveis. Estuda-se também controle e combate a vetores de doenças, bem como a higienização de ambientes através da desinfecção.

Objetivos

Objetivo Geral:

Formar no aluno de veterinária a consciência crítica do processo de produção animal ambientalmente sustentável e socialmente protetor.

 

Objetivos Específicos:

Dar conhecimentos básicos nas formas de manter o ambiente sadio com o emprego de técnicas de obtenção de produtos de boa qualidade (água, carne, leite), bem como tratamento efetivo de resíduos para controle de enfermidades com o emprego de medidas de inserção na produção que evitem a transmissão do ciclo epidemiológico das doenças

Conteúdo Programático

1 SANEAMENTO DO MEIO
1.1 – Água, importância do abastecimento de água. A água na transmissão de doenças.
1.2 – Qualidade da água. Características físicas, químicas e biológicas.
1.3 – Correção e depuração da água. Tratamento da água.
1.4 – Abastecimento de água no meio rural.
1.5 – Bacteriologia da água.
1.6 – Águas residuárias. Características.
1.7 – Biodegradação e deposição de excretas humanas e animais e de águas residuárias no meio rural.
1.8 – Lixo. Composição e Problemática
1.9 – Controle de roedores. Aspectos sanitários e econômicos.
1.10 – Artrópodes de importância em Saúde Pública.
1.11 – Desinfecção e desinfetantes.
2 HIGIENE DOS ALIMENTOS DE ORIGEM ANIMAL
2.1-Classificação dos Alimentos
2.2-Higiene dos Estabelecimentos de gêneros alimentícios de origem animal
2.3- Assepsia e Higiene dos manipuladores de Alimentos.
2.4- Parâmetros Intrínsecos e Extrínsecos relacionados com a microbiologia dos Alimentos.
2.5- Toxinfecções alimentares
2.6-Higiene da carne
2.7- Higiene do leite

PROGRAMA ANALÍTICO
Semana EXERCÍCIO E/OU PRÁTICA horas/aula
1ª Estação de tratamento de água (visitação) 1
2ª Exame bacteriológico da água 1
3ª Princípios Sanitários na escavação de poços rasos (visitação) 1
4ª Desinfecção e Desinfetantes 1
5ª Biodigestores, esterqueiras e lagoas de estabilização de Pelotas 1
6ª Emprego de anticoagulantes nos roedores. 1
7ª Bacteriologia dos manipuladores de alimentos 1
8ª Influência dos conservadores na bacteriologia dos alimentos. 1
9ª Bacteriologia dos embutidos 1
10ª Pesquisa de Staphilococos coagulase positiva 1
11ª Bacteriologia da carne fresca 1

Total 11

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CORTÊS, J.A. Epidemiologia: Conceitos e Princípios Fundamentais. Livraria Varela, São Paulo, 1993. ROUQUARYOL, M.Z. Epidemiologia e Saúde. Rio de janeiro, 1993. PARDI, M.C.; SANTOS, I.D.; SOUZA, E.R.; PARDI, H.S. Ciência, Higiene e Tecnologia da Carne. Editora da UFG., Goiás, 1993.

Bibliografia Complementar:

  • EHKERS, V.M.; STEEL, E.W. Saneamento Urbano y Rural. Interamericana, S.A., México, 5° ed., 1961. MARICONI, F.A.M., FONTES, L.R.., ARAUJOR.L et al. Insetos e Outros Invasores Residenciais., Fundação de Estudos Agrários Luís de Queirós, Piracicaba, 1999. MACEDO, J.A.. B. Águas & Águas, Varela, São Paulo, 2001. MINISTÉRIO DA SAÚDE. Manual de Saneamneto, FUNASA, Brasília, 1999. OLIVEIRA, P.A. V,; MARTINS, R.R; PEDROSO, D. Manual de Manejo e Utilização dos Dejetos de Suínos. Embrapa, Santa Catarina, 1993. PHILIPPI JUNIOR A. Saneamento do Meio., Fundacentro, 1993. SANTOS, M. D. Manual de Construções Rurais, Livraria Itaipu Editora Ltda, Paraná 1982.

Página gerada em 13/11/2019 08:01:11 (consulta levou 0.082790s)