Nome da Disciplina
TRABALHO, SOCIEDADE E DESIGUALDADES
CÓDIGO
0560083
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: Análise da formação e transformação do mercado de trabalho no Brasil, identificando sua conexão com a produção das desigualdades sociais e com a transformação da questão social. Análise do papel do Estado e das políticas públicas de trabalho e emprego na integração da classe trabalhadora e no enfrentamento da questão social. Análise das experiências e trajetórias de trabalhadoras e trabalhadores no mercado de trabalho e suas construções identitárias.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais):
- Analisar a formação e a transformação do mercado de trabalho no Brasil, sua conexão com a produção das desigualdades sociais e com a transformação da questão social.
- Analisar o papel do Estado e das políticas públicas de trabalho e emprego na integração da classe trabalhadora e no enfrentamento da questão social.
- Analisar as experiências e trajetórias de trabalhadoras e trabalhadores no mercado de trabalho e suas construções identitárias.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s):
- Analisar os conceitos de trabalho e mercado de trabalho, identificando sua centralidade na configuração das formas de identidade, integração e conflito nas modernas sociedades capitalistas.
- Analisar as transformações do trabalho nas sociedades modernas, a estruturação da condição salarial, identificando sua conexão com a produção das desigualdades e com a emergência da questão social.
- Analisar a noção de crise do trabalho nas sociedades contemporâneas, sua relação com os processos de reestruturação capitalista e com a emergência de uma nova questão social.
- Analisar a formação e a transformação do mercado de trabalho no Brasil, os processos de informalização, precarização e flexibilização do trabalho e a produção das desigualdades sociais.
- Identificar e analisar as políticas públicas de trabalho e emprego no Brasil, identificando seu papel no enfrentamento da questão social.
- Analisar as experiências e trajetórias de trabalhadores no mercado de trabalho brasileiro contemporâneo, identificando suas formas de construção identitária.
- Identificar e utilizar as principais fontes de dados estatísticos sobre mercado de trabalho no Brasil.
- Analisar as transformações do trabalho e do mercado de trabalho na região sul do Estado do Rio Grande do Sul, em conexão com os objetivos e atividades propostos pelo Observatório Social do Trabalho, projeto de pesquisa, ensino e extensão do IFISP/UFPel.

Conteúdo Programático

Programa:
I – A construção do objeto de investigação:
1. Trabalho, mercado de trabalho e desigualdades na investigação sociológica.
2. Transformações do trabalho e a questão social.
3. Experiências, trajetórias e construção da identidade social no trabalho.
II – As transformações do trabalho, a reestruturação capitalista e a crise nas sociedades contemporâneas:
4. Transformações do paradigma produtivo, acumulação flexível e empresas em rede.
5. Transformações da condição salarial e nova questão social.
6. Transformações do trabalho e crise das identidades sociais e profissionais.
III – As transformações do mercado de trabalho, as desigualdades e a questão social no Brasil:
7. Formação do mercado de trabalho e informalidade.
8. Condição salarial, desigualdades e questão social.
9. Estado, instituições e políticas públicas de emprego.
10. Experiências, trajetórias e identidades no mercado de trabalho.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

Página gerada em 22/01/2020 15:44:01 (consulta levou 0.225286s)