Nome da Disciplina
SOCIOLOGIA V
CÓDIGO
06560030
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: A formação do pensamento social brasileiro: Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda, Caio Prado Júnior; Os clássicos da sociologia brasileira: Florestan Fernandes,
Fernando Henrique Cardoso, Octávio Ianni, José de Souza Martins; a sociologia brasileira contemporânea: desafios e diversificação

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Fazer uma reflexão sobre a formação , o desenvolvimento e a diversidade da sociologia brasileira em suas interrelações com a sociedade brasileira.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s):
Analisar a formação do pensamento social brasileiro nas obras de seus principais representantes
Analisar as contribuições dos clássicos da sociologia brasileira, suas perspectivas epistemológicas e diálogos teóricos.
Analisar os desafios e a diversificação teórica e temática da sociologia brasileira contemporânea

Conteúdo Programático

Programa:
1. A formação do pensamento social brasileiro:
a) Gilberto Freyre,
b) Sérgio Buarque de Holanda,
c) Caio Prado Júnior
2. Os clássicos da sociologia brasileira:
a) Florestan Fernandes,
b) Fernando Henrique Cardoso,
c) Octávio Ianni,
d) José de Souza Martins
e) Jessé de Souza
3. A sociologia brasileira contemporânea: desafios e diversificação

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Bibliografia básica: CARDOSO, F. H. e FALETO, E. Dependência e Desenvolvimento na América Latina. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2004. FERNANDES, Florestan. Mudanças Sociais no Brasil. São Paulo: Difel, 1979. FERNANDES, Florestan. Sociedade de classes e subdesenvolvimento. Rio de Janeiro: Zahar, 1981 FREYRE, Gilberto. Casa Grande e Senzala. Rio de Janeiro: Livros do Brasil, 1992. HOLANDA, Sergio Buarque. Raízes do Brasil. Rio de Janeiro: Companhia das Letras, 1997. MARTINS, José de Souza. A sociabilidade do homem simples. São Paulo: Hucitec, 2001.

Bibliografia Complementar:

  • Bibliografia complementar: BASTOS, Elide Rugai et al. Conversas com sociólogos brasileiros. Sçao Paulo, Editora 34, 2006 IANNI, Octavio. O pensamento social no Brasil. São Paulo: EDUSC, 2004 LIEDKE FILHO, Enno Dagoberto. Sociologia Brasileira: tendências institucionais e epistemológicas-teóricas contemporâneas IN: Sociologias, n09, Porto Alegre, Jan/June, 2003. PRADO JUNIOR, Caio. A revolução brasileira. São Paulo: Brasiliense, 2000. SALLUM Jr, Brasílio. O Futuro das Ciências Sociais. In: Sociologia, Problemas e Práticas, n.48, São Paulo, 2005

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
SOCIOLOGIA V Ciências Sociais (Bacharelado - Noturno)
SOCIOLOGIA V Ciências Sociais (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 22/11/2019 18:45:29 (consulta levou 0.154517s)