Nome da Disciplina
COMPORTAMENTO ELEITORAL
CÓDIGO
06560049
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: Compreender, interpretar e analisar a opção política do eleitor a partir dos condicionantes que influenciam na organização e estruturação desta preferência ou identificação partidária

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Introduzir teorias sobre o comportamento eleitoral.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s): Apresentar as teorias que tratam as escolhas e o comportamento eleitoral. Abordar os determinantes do voto nas diferentes teorias. Compreender casos específicos como o comportamento eleitoral brasileiro.

Conteúdo Programático

Programa:
1. Comportamento eleitoral e a Sociologia
2. Comportamento eleitoral na Teoria Comportamentalista
3. Comportamento eleitoral na Teoria da Escolha Racional
4. Comportamento eleitoral brasileiro

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CASTRO, Mônica Mata Machado de. Determinantes do Comportamento Eleitoral: a centralidade da Sofisticação Política. RJ: Tese de Doutorado, 1994. DOWNS, ANTHONY. Uma teoria econômica da democracia. São Paulo: EDUSP, 1999. FIGUEIREDO, Marcus. A decisão do voto: democracia e racionalidade. São Paulo: Sumaré: ANPOCS, 1991. LEAL, Victor Nunes. Coronelismo, enxada e voto: o município e o regime representativo no Brasil. 2 ed. São Paulo: Alfa-ômega, 1975. PALMEIRA, Moacir; GOLDMAN, Marcio (Orgs.). Antropologia, voto e representação política. Rio de Janeiro, Contra Capa, 1996.

Bibliografia Complementar:

  • ALDÉ, Alessandra. A Construção da Política: democracia, cidadania e meios de comunicação de massa. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2004. ALMEIDA, Jorge. Como Vota o Brasileiro. São Paulo, Xamã Editora, 1998. BAQUERO, Marcelo (Org). A Lógica do Processo Eleitoral em Tempos Modernos: novas perspectivas de análise. Porto Alegre: Ed: Universidade/UFRGS, 1997. BORBA, Julian. Cultura política, ideologia e comportamento eleitoral: alguns apontamentos teóricos sobre o caso brasileiro. Opinião Pública. Campinas, Vol.XI, nº 1, Março, 2005, p. 147-168 BOURDIEU, Pierre. Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997 CARREIRÃO, Yan. A decisão do voto nas eleições presidenciais brasileiras. Rio de Janeiro, 2002. CASTRO, Mônica M. M. Sujeito e estrutura no comportamento eleitoral. Revista Brasileira de Ciências Sociais, nº 20, São Paulo, ANPOCS, 1992. CHAMPAGNE, Patrick. Formar a opinião: um novo jogo político. Petrópolis: Vozes, 1996. FIGUEIREDO, Rubens (org.) Marketing Político e persuasão eleitoral. São Paulo: Fundação Konrad Adenauer, 2000. HOMANS, George C. Behaviorismo e pós-behaviorismo. In: GIDDENS, Anthony; TURNER, Jonathan. Teoria social hoje. São Paulo: Unesp, 1999. LAVAREDA, Antônio. A democracia nas urnas: um processo partidário eleitoral brasileiro. Rio de Janeiro: Rio Fundo, 1991. MOISÉS, José Alvaro. Os brasileiros e a democracia: bases sócio-políticas da legitimidade democrática. São Paulo: Ática, 1995. PRZEWORSKI, Adam. Marxismo e escolha racional. Revista Brasileira de Ciências Sociais, Vol.3, nº 6, ANPOCS SINGER, André. Esquerda e Direita no eleitorado brasileiro. São Paulo, EDUSP, 2000.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
COMPORTAMENTO ELEITORAL Ciências Sociais (Bacharelado - Noturno)
COMPORTAMENTO ELEITORAL Ciências Sociais (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 14/11/2019 19:39:32 (consulta levou 0.149906s)