Nome da Atividade
SOCIOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO
CÓDIGO
06560086
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Ementa: Análise da profissão de sociólogo enquanto campo científico e campo profissional

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais): Introduzir o aluno no universo da profissão do sociólogo.

Objetivo(s) específico(s): Discutir a profissão do sociólogo. Analisar as
diferentes esferas do agir do sociólogo. Examinar quais as relações da profissão com
instituições e atores e sociais e políticos. Contextualizar a profissão do sociólogo no
Brasil.

 

Objetivos Específicos:

Objetivo(s) específico(s): Discutir a profissão do sociólogo. Analisar as diferentes esferas do agir do sociólogo. Examinar quais as relações da profissão com instituições e atores e sociais e políticos. Contextualizar a profissão do sociólogo no Brasil.

Conteúdo Programático

Programa:
1. A sociologia como compreensão do indivíduo no contexto social e histórico. 2. A imaginação sociológica.
3. Imagens sociais da sociologia e a sociologia como profissão.
4. A questão da legitimidade da sociologia como ciência.
5. A sociologia no mundo contemporâneo.
6. O objeto sociológico e os problemas sociais.
7. A sociologia inserida na pluralidade dos campos sociais.
8. Sociologia, poder e dominação.
9. A proposta da sociologia pública: o debate da intervenção sociológica.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BERGER, Peter. Perspectivas sociológicas. Capítulo 1. A sociologia como passatempo individual. Petrópolis: Vozes, 1976. pp. 9-34. BOURDIEU, Pierre. Questões de Sociologia. Capítulo: Uma ciência que perturba. pp. 16-29. Rio de Janeiro: Marco Zero, 1983. FERNANDES, Florestán. A condição do sociólogo. São Paulo: Hucitec, 1978 CHAMPAGNE, Patrick, LENOIR, Remi et al. Iniciação à prática sociológica. Petrópolis: Vozes, 1998. MILLS, Wrigth A imaginação sociológica. Cap. 1. A promesa. pp. 9-32. Rio de Janeiro: Zahar, 1982.

Bibliografia Complementar:

  • BARREIRA et al (Org.s). Sociologia e conhecimento: além das fronteira. Porto Alegre: Tomo Editorial, 2006. BAUMAN, Zingmunt. Para que serve a sociologia? Rio de Janeiro: Zahar, 2015. BOURDIEU, Pierre. Escritos em educação. Capítulo 11. Medalha de ouro da CNRS, 1993. Petrópolis: Vozes, 1976. pp. 239-247. BRAGA, Ruy; BURAWOY, Michael. Por uma sociologia pública. São Paulo: Alameda, 2009. DUBET, François. ¿Para que sirve realmente un sociólogo? Buenos Aires: Siglo XXI, 2012.
  • FERNANDES, Florestán. A sociologia no Brasil: contribuição para o estudo de sua formação e desenvolvimento. Petrópolis: Vozes, 1977. GIDDENS, Anthony. Em defesa da sociologia: ensaios, interpretaçõs e tréplicas. Cap. 1. Em defesa da sociologia. pp. 11-20. São Paulo: Ed. da UNESP, 2001. GOLDMAN, Lucien. Ciências humanas e filosofia. Rio de Janeiro/São Paulo: Editora Bertrand Russel S.A, 1993. LAHIRE, Bernard. ¿Para qué sirve la sociología?. Buenos Aires: Siglo XXI Editores Argentina., 2006. PORTO, Maria Stela Grossi; Dwyer, Tom Patrick. Sociologia e realidade: pesquisa social no século XXI. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2006. SANTANA, Marco Aurélio; BRAGA, Ruy (Orgs.). Sociologia Pública - Cadernos CRH. Volume 22. No. 56. 2009. TOURAINE, Alain. A intervenção sociológica. Novos Estudos Cebrap, v.1 n. 3, 1982, pp. 36-45.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
SOCIOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO Ciências Sociais (Bacharelado - Noturno)
SOCIOLOGIA: CIÊNCIA E PROFISSÃO Ciências Sociais (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 06/07/2022 18:40:31 (consulta levou 0.117090s)