Nome da Atividade
PÓS-MOD, PÓS-ESTRUT, PÓS-MARX, PÓS-FUND: UM DEB. TEÓRICO EUROPEU
CÓDIGO
06730046
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Esta disciplina busca enfocar os principais as noções de pós-moderno, pós- marxismo, e pósfundacionalismo, através da problematização se uma série de conceitos tais como: precariedade do social, contingência, crise da verdade, diferenciação e fragmentação social, indeterminação e complexidade social, etc., conceitos, estes, extremamente contemporâneo no cenário intelectual europeu e que tem tido reflexos nas Ciências Sociais Brasileiras.

Objetivos

Objetivo Geral:

Aprofundar a discussão sobre as noções de pós-moderno, pós- marxismo, e pós- fundacionalismo.

Conteúdo Programático

Surgimento do debate pós-moderno.
A crise dos referentes de verdade, determinação, linearidade. Problematização das noções de precariedade e contingência do social.
A crise de diversificação dos elementos culturais e a sua implicação no estabelecimento de determinantes sociais.
Aspectos da desconstrução filosófica e social.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BAUMAN, Zygmunt. O mal-estar da pós-modernidade. Rio de Janeiro Zahar 1999
  • ANDERSON, Perry. As origens da pós-modernidade. Rio de Janeiro Zahar 1999.
  • SANTOS, Boaventura de Sousa. Um discurso sobre as ciências. 5. ed. São Paulo: Cortez, 2008. 92 p.

Bibliografia Complementar:

  • HARVEY, David. Condição pós-moderna. São Paulo, Loyola, 1992.
  • SANTOS, Boaventura de Souza. Da Sociologia da Ciência à Política Científica. In: Revista Crítica de Ciências Sociais, 1, Junho 1978: 11-56 http://www.ces.uc.pt/publicacoes/rccs/001/BSousa_Santos_pp11-56.pdf
  • GIDDENS, Anthony. As consequências da modernidade. São Paulo: Ed. UNESP, 1991.

Página gerada em 16/07/2024 09:43:55 (consulta levou 0.109868s)