Nome da Atividade
Tópicos de ética contemporânea I
CÓDIGO
0730148
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA EAD
0
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
0
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
0
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Uma genealogia das artes de viver, a partir de Nietzsche e Foucault. A coragem da verdade dos cínicos. A ascese cristã na Idade Média (do séc. XII em diante): o caso singular da Irmandade dos Espíritos Livres. A vida de artista no séc. XIX: Baudelaire e Manet. O afastamento de todas as morais pelo espírito livre de Nietzsche. Relações entre cinismo e espírito livre. A liberdade de espírito como condição para a estetização da existência.

Objetivos

Objetivo Geral:

Uma genealogia das artes de viver, a partir de Nietzsche e Foucault. A coragem da verdade dos cínicos. A ascese cristã na Idade Média (do séc. XII em diante): o caso singular da Irmandade dos Espíritos Livres. A vida de artista no séc. XIX: Baudelaire e Manet. O afastamento de todas as morais pelo espírito livre de Nietzsche. Relações entre cinismo e espírito livre. A liberdade de espírito como condição para a estetização da existência.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ARALDI, C. L. Niilismo, criação, aniquilamento. Nietzsche e a filosofia dos extremos. São Paulo/Ijuí, Discurso Editorial/Editoria UNIJUÍ, 2004. CAMPIONI, G. Nietzsche e o espírito latino. São Paulo: Ed. Loyola, 2016. COHN, Norman. The Pursuit of the Millennium. Revolutionary Millenarians and Mystical Anarchists of the Middle Ages. Oxford: Oxford University Press, 2015. COHN, Norman. Nas senda do milênio. Milenaristas revolucionários e anarquistas místicos da Idade Média. Lisboa: Ed. Presença, 1981. D’IORIO, Paolo. Le voyage de Nietzsche à Sorrente. Paris: CNRS Éd., 2012. DELEUZE, Gilles. Nietzsche et la philosophie. Presses Universitaires de France (PUF), 2003. FOUCAULT, M. A coragem da verdade. Curso no Collège de France (1983-1984). São Paulo: Martins Fontes, 2014. FOUCAULT, Michel. A hermenêutica do sujeito. Curso no Collège de France (1981-1982). 3. ed. São Paulo: WMF Martins Fontes, 2010. FOUCAULT, M. Microfísica do Poder. Rio de Janeiro: Graal, 1992. FOUCAULT, M. Ditos e escritos IV. Estratégia, Poder – Saber. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2003. FOUCAULT, M. Ditos e escritos V. Ética, sexualidade, política. 3 ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2012. FOUCAULT, M. O governo de si e dos outros. Curso no Collège de France (1982-3). São Paulo: Martins Fontes, 2010. FOUCAULT, M. História da Sexualidade. 2. O uso dos prazeres. 7. ed. Rio de Janeiro: Graal, 1994. FOUCAULT, M. História da Sexualidade 3. O cuidado de si. Rio de Janeiro: Graal, 2005. FOUCAULT, M. Histoire de la sexualité IV. Les aveux de la chair. Paris: Gallimard, 2018. GIACÓIA Jr., Oswaldo. Labirintos da alma. Nietzsche e a auto-supressão da moral. Campinas: Editora da UNICAMP, 1997. GRAY, J. Missa Negra. Religião apocalíptica e o fim das utopias. Rio de Janeiro: Record, 2008. JANAWAY, Ch. Beyond Selflessness: Reading Nietzsche’s Genealogy. New York, Oxford University Press, 2007. MARTON, S (ed. Reponsável). Dicionário Nietzsche. Col. Sendas & Veredas. São Paulo: Edições Loyola, 2016.

Página gerada em 02/07/2022 08:41:06 (consulta levou 0.174570s)