Nome da Disciplina
UNIDADE CLÍNICA ODONTOLÓGICA II
CÓDIGO
0740035
Carga Horária
204 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
12
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
10
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
12
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Esta unidade de ensino tem como campo de estudo a aplicação clínica dos
atendimentos integrados, visando o restabelecimento e manutenção da saúde bucal
dos indivíduos, executando procedimentos de educação, motivação, periodontia,
dentística e iniciação em endodontia unirradiculares.

Objetivos

Objetivo Geral:

• Facilitar a aprendizagem dos procedimentos técnico-científicos
necessários para restabelecer e manter a saúde do paciente.
• Conhecer as intervenções periodontais mais complexas;
• Iniciar nos procedimentos endodônticos;
• Definir e diferenciar os diferentes tipos de clareamento, as técnicas e
materiais indicados. As complicações após o clareamento, sucessos e
insucessos.
• Permitir ao aluno o desenvolvimento prático dos conhecimentos técnicocientífico
e comportamental, necessários para restabelecer a saúde bucal
do paciente.
• Permitir a formação de um profissional clínico geral, com conhecimento
técnico-científico e habilidade para restabelecer e manter a saúde bucal
do paciente, com forte base filosófica no paradigma de promoção de
saúde.

 

Objetivos Específicos:

• Reconhecer a necessidade de controle dos distúrbios relacionados à
postura do Cirurgião-Dentista durante a realização das atividades clínicas
além da racionalização e produtividade do trabalho;
• Estabelecer uma conduta de observação e seguimento dos
procedimentos de biossegurança no ambiente de trabalho;
• Sistematização racional dos procedimentos desenvolvidos durante a
atividade profissional;
• Estratégias para elevação da eficiência e do rendimento da atividade
profissional e elevação da produtividade com manutenção da qualidade e
humanização;
• Controle dos distúrbios relacionados à Postura do Cirurgião-Dentista
durante a atividade profissional;
• Reconhecer os aspectos de normalidade do periodonto e alterações
iniciais do periodonto de proteção;
• Reconhecer as características clínicas do desenvolvimento da cárie e a
relação com as manifestações dentino-pulpares;
• Adquirir domínio sobre o conhecimento dos fatores envolvidos com o
desenvolvimento e tratamento da cárie dentária;
• Ser capaz de diagnosticar e tratar a periodontite.
• Ser capaz de indicar e realizar restaurações complexas de amalgama
dental.
• Ser capaz de realizar um planejamento de restaurações estéticas.
• Ser capaz de realizar restaurações de classe I, II, III, IV e V.
• Ser capaz de diagnosticar e tratar as urgências e emergências em
endodontia.
• Ser capaz de realizar tratamento endodontico em dentes uni e
birradiculares
• Ser capaz de diagnosticar e tratar as reabsorções dentárias.
• Ser capaz de diagnosticar e tratar endodonticamente dentes com
rizogênese incompleta.
• Conhecer os fatores epidemiológicos e etiológicos dos traumatismos
dentários na dentição adulta.
• Ser capaz de tratar os traumatismos dentários na dentição adulta.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • 1. LOPES, H.; SIQUEIRA JR, J.F. Endodontia: biologia e técnica. 3ª ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010. 951 p. 2. LEONARDO, M.R.; LEAL, J.M. Endodontia. Tratamento de Canais Radiculares. 3ª ed., São Paulo, Ed. Panamericana, 2005. 3. WALTON, R. Princípios e Práticas em Endodontia. 2ª ed., São Paulo, Ed. Santos, 1997. 4. LINDHE, J.; LANG, N.P. Tratado de periodontia clinica e implantologia oral. 5. ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2010. 1304 p. 5. NEWMAN, M.G. et al. CARRANZA Periodontia Clínica. 11. ed. Rio de Janeiro: Elsevier, 2011. 6. BUSATO, A.L.S. et al. Dentística. Restaurações em dentes anteriores. São Paulo: Artes Médica, 1997. 7. BUSATO, A.L.S. et al. Dentística. Restaurações em dentes posteriores. São Paulo: Artes Médica, 1996.
  • 8. BARATIERI, L. N. et al. Odontologia restauradora: Fundamentos e Possibilidades. Editora Santos. 2002. 9. SOUSA E. L. R.; TORINO G. G.; MARTINS G. B. Antibióticos em Endodontia: Por que, como e quando usá-los. Ed. Santos –GEN. São Paulo. 2014. 10. HARGREAVES M. K.; COHEN S. Caminhos da Polpa.10° Ed. Elsevier. Rio de Janeiro. 2- 45p; 550-564p. 2011. 11. LEONARDO M. R. Endodontia:Tratamento de Canais Radiculares: Princípios Técnicos e Biológicos. Artes Médicas. São Paulo. Vol. 2 . 1215-1239p. 2005. 12. SOUZA FILHO F. J.. Endodontia passo a passo: Evidências Clínicas. Artes Médicas. São Paulo. 141-148 e 166-174p. 2015. 13. LOPES H. P.; SIQUEIRA J. F.. Endodontia: Biologia e Técnica. 3ªed. Guanabara Koogan -GEN. Rio de Janeiro. 851-876p. 2010. 14. MELO L. L. Traumatismo Alvéolo-dentário: Etiologia, Diagnóstico e Tratamento 1ªed. Artes Médicas. São Paulo. Vol.9. 127-157p. 1998.

Bibliografia Complementar:

  • 1. BARATIERI, L.N., MONTEIRO JUNIOR, S., MELO, T.S. Odontologia Restauradora: fundamentos e técnicas. Volume 1 e Volume 2. São Paulo: Santos, 2010. 7. ABOPREVE. Promoção de saúde bucal. São Paulo: Editora Artes Médicas, 2000. 8. FEJERSKOV, O. KIDD, E. Cárie Dentária. A Doença e seu Tratamento Clínico. 1ª ed. São Paulo: Santos, 2005. Além dessas referências poderão ser utilizados artigos científicos disponíveis no Portal Periódicos CAPES, sobre os temas relacionados ao conteúdo programático da Unidade, para discussão em sala de aula

Página gerada em 18/08/2019 23:28:19 (consulta levou 0.094527s)