Nome da Disciplina
TERAPIA OCUPACIONAL E ECONOMIA SOLIDÁRIA NOS DIFERENTES CONTEXTOS
CÓDIGO
07950107
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A presente disciplina será caracterizada por conceitos e teorias de economia solidária em consonância com as Políticas públicas vigentes. Desta forma deverá promover reflexão teórico/prática em relação ao papel da terapia ocupacional nas inciativas de economia solidária e geração de trabalho e renda nos campos sociais e da saúde.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais):
Compreender os desafios da contemporaneidade no desenvolvimento social e econômico mundial, através dos princípios básicos da economia solidária e geração de trabalho e renda, considerando como área de atuação da terapia ocupacional nos contextos sociais e da saúde.
Objetivo(s) específico(s):
O aluno irá compreender os principais aspectos teóricos e a história da economia solidária no brasil.
Conhecer iniciativas de trabalho e renda na perspectiva das ações desenvolvidas no município e na região
Proporcionar suporte teórico e prático nas experiências de economia solidária no município e na região
Promover discussão sobre as políticas públicas diante das iniciativas de economia solidária no brasil

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. II Conferência Nacional de Economia Solidária – CONAES. Relatório Final. Brasília, 2010b.
  • BARBOSA, C. Nair. A economia solidária como política pública: uma tendência de geração de renda e ressignificação do trabalho no Brasil. Ed. Cortez, São Paulo, 2007.
  • SILVA, Maria O. da Silva. Políticas públicas de trabalho e renda no Brasil contemporâneo. 3ª Ed. Cortez, São Paulo, 2012.
  • DESOURA. André, Ricardo. Outra Economia É Possível Uma Paul Singer e a Economia Solidária. Ed. Cortez, São Paulo, 2003.
  • NOGUEIRA, F. O direito ao trabalho: instrumento no processo de desconstrução do manicômio em Santos. São Paulo, Revista de Terapia Ocupacional da USP, 8. (1), 53-6, 1997.
  • OGAWA, R. Trabalho: Liberdade versus exclusão. Revista de Terapia Ocupacional da USP. 8.(1): 49-52, 1997.

Bibliografia Complementar:

  • SARACENO, B. Libertando identidades: Da reabilitação psicossocial à cidadania possível. Belo Horizonte: Te Corá – Instituto Franco Basaglia, 1999.
  • NASCIMENTO, C. Autogestão: Economia Solidária e Utopia. Revista eletrônica Outra Economia, 2008.
  • SINGER, Paul. A recente ressurreição da economia solidária no Brasil. In: Boaventura de Sousa Santos (org.) Produzir para viver: os caminhos da produção não capitalista. Rio de janeiro: Civilização Brasileira, 2002.
  • SINGER, Paul. Introdução à Economia Solidária. Fundação Perseu Abramo. São Paulo, 2002.
  • SINGER, Paul. O que é economia. Ed. Contexto, São Paulo, 2002.
  • SINGER, Paul. Aprender economia. Ed. Contexto, São Paulo, 2002.
  • AZAMBUJA, L. R. Os valores da economia solidária. Sociologias, Porto Alegre, n. 21, p. 282-317, 2009.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
TERAPIA OCUPACIONAL E ECONOMIA SOLIDÁRIA NOS DIFERENTES CONTEXTOS Terapia Ocupacional (Bacharelado)

Página gerada em 08/07/2020 11:37:45 (consulta levou 0.178837s)