Nome da Atividade
HOSPITALIDADE E TURISMO
CÓDIGO
08980019
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

A ciência e as escolas de estudo. Tempos e espaços sociais da Hospitalidade. Sócio-antropologia da Hospitalidade. A questão da “Hospitabilidade”. Hospitalidade doméstica e a História da vida privada. Hospitalidade turística e fenômeno urbano. A história da Indústria da Hospitalidade. A Hospitalidade profissional (comercial) e as práticas culturais.

Objetivos

Objetivo Geral:

Propiciar aos alunos uma compreensão abrangente da Hospitalidade, em todos os seus tempos e espaços sociais. Analisar os diversos campos das pesquisas em hospitalidade, relacionando ao contexto turístico, tomando por base o processo de produção do conhecimento científico na área. Incitar o aluno a desenvolver uma visão reflexiva e consciência crítica da amplitude e importância dos estudos da Hospitalidade para o Turismo.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – Contexto, escolas, tempos e espaços sociais da Hospitalidade.
UNIDADE 2 – Socio-antropologia da Hospitalidade
UNIDADE 3 – Hospitalidade Doméstica (Privada)
UNIDADE 4 – Hospitalidade Social (Pública)
UNIDADE 5 – Hospitalidade Comercial (Profissional)
UNIDADE 6 – Hospitalidade no Brasil
UNIDADE 7 – Exemplos concretos da relação entre o Turismo e a Hospitalidade.
UNIDADE 8 – Prática

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • DIAS, Cecília Maria de Moraes. (org.). Hospitalidade, Reflexões e Perspectivas. Editora Manole Ltda. 2002. DENCKER, Ada de Freitas Maneti, BUENO, Marielys Siqueira. (orgs.). Hospitalidade: cenários e oportunidades.São Paulo: Thomson, 2003. LASHLEY, Conrad. & MORRISON, Alison. Em Busca da hospitalidade - Perspectivas para um mundo globalizado. São Paulo: Ed. Manole, 2004.

Bibliografia Complementar:

  • BASTOS, S.; BUENO, M.S.; SALLES, M.R.R. Cidade e hospitalidade: o Bairro de Santa Ifigênia em São Paulo. Os Urbanitas. São Paulo, v.05, p.00-00, 2008. BELFORT, C. Estudo da natureza do homem em Kant a partir do caso do estrangeiro e o conceito da hospitalidade. Kant e-prints. Campinas, série 2, v.2, n.2, p.127-142, jul-dez., 2007. BOFF, Leonardo. Virtudes para um outro mundo possível. vol. I: hospitalidade: direito e dever de todos. Petrópolis, RJ: Vozes, 2005. CAILLÉ, A. A antropologia do dom: o terceiro paradigma. Petrópolis: Vozes, 2002. CAMARGO, Luiz Octávio de Lima. Hospitalidade. São Paulo: Aleph, 2004. CAMPOS, José Ruy Veloso. Introdução ao Universo da Hospitalidade. Campinas, São Paulo: Papirus, 2005. CANTON, Antônia Marisa. Os Eventos no Contexto da Hospitalidade – Um Produto e Um Serviço Diferencial. SALVI, Rejani. Panorama Açoriano. Instituto Cultural de Ponta Delgada, Portugal. Tilgráfica – Livraria Editora Pax, Ltda. 1990. CASTELLI, G. Hospitalidade sob a perspectiva da gastronomia e da hotelaria. Caxias do Sul: EDUCS, 2005. CHON, Kye-Sung. Hospitalidade: conceitos e aplicações. São Paulo: Pioneira Tomson, 2003. CRUZ, Rita de Cássia Arizada. Hospitalidade turística e fenômeno urbano no Brasil: Considerações Gerais. In: DIAS, Cecília Maria de Moraes. (org.). Hospitalidade, Reflexões e Perspectivas. Editora Manole Ltda. 2002. DECCA, Edgar Salvadori de. Ensaios de Cordialidade em Sergio Buarque de Holanda. In:AXT, Gunter e SHULER Feranado Luís. Interpretes do Brasil. Rio de Janeiro: Artes e Ofícios, 2004. DENCKER, Ada (coord). Planejamento e Gestão em Turismo e Hospitalidade. São Paulo: Thomson, 2004. DIAS, Cecília Maria de Moraes. O Modelo de Hospitalidade do HoTel Paris Ritz: Um enfoque Especial Sobre a Qualidade. In: DIAS, Cecília Maria de Moraes. (org.). Hospitalidade, Reflexões e Perspectivas. Editora Manoele Ltda. 2002. DIAS, Célia (org.). Hospitalidade: reflexões e perspectivas. São Paulo: Manole, 2002.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HOSPITALIDADE Turismo (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 01/12/2021 15:23:19 (consulta levou 0.122291s)