Nome da Atividade
HISTÓRIA, MEMÓRIA E TURISMO
CÓDIGO
08980035
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Escolas históricas e conhecimento histórico. Memória e memória coletiva. Fontes e métodos de pesquisa em História. Produção de perspectivas históricas sobre o fenômeno turístico. História e memória do turismo, em particular no Brasil.

Objetivos

Objetivo Geral:

Compreender a importância da produção de perspectivas históricas sobre o fenômeno turístico, estimulando novas pesquisas.

 

Objetivos Específicos:

• Reconhecer o processo de desenvolvimento da história enquanto área do conhecimento, bem como as principais escolas históricas;
• Verificar a importância da memória coletiva para o desenvolvimento de pesquisas em turismo;
• Analisar criticamente estudos que tenham como foco a produção de perspectivas históricas sobre o fenômeno turístico, história e memória do turismo, em particular no Brasil;
• Identificar na pesquisa sobre a história do turismo sua natureza multidisciplinar, sendo desenvolvida em um terreno comum à História e às Ciências Sociais.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – A História como forma de conhecimento.
UNIDADE 2 – Memória coletiva.
UNIDADE 3 – Breves reflexões sobre fontes e métodos de pesquisa em História.
UNIDADE 4 – As relações entre História, Memória e Turismo.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CARDOSO, Ciro F. & VAINFAS, Ronaldo. Domínios da história: ensaios de teoria e metodologia. Campus: Rio de Janeiro, 1997.
  • ASSUNÇÃO, Paulo de. História do Turismo no Brasil entre os séculos XVI e XX: Viagens, espaço e cultura. Barueri, SP: Manole, 2012.
  • BOYER, Marc. História do turismo de massa.Bauru, SP: Edusc, 2003, p. 89 – 113.
  • BURKE, Peter (Org.) A escrita da história – novas perspectivas. São Paulo: Editora da Universidade Estadual Paulista, 1992.
  • CAMARGO, Haroldo Leitão. Uma Pré-História do Turismo no Brasil. Recreações aristocráticas e lazeres burgueses (1808-1850). São Paulo: Aleph, 2007. (Série Turismo)
  • CERTAU, Michel de. A escrita da história. Trad. Maria de Lourdes Menezes. Rio de Janeiro: Forense, 1982.
  • CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa, Rio de Janeiro: Difel, Bertrand Brasil, 1990.
  • LE GOFF, Jacques. História e memória. Campinas, São Paulo: UNICAMP, 1992.
  • NORA, Pierre. Entre Memória e História: a problemática dos lugares.Projeto História, Trad. Yara AunKhoury. São Paulo, n.10, p. 7-28, dez. 1993.
  • PIRES, Mario Jorge. Raízes do turismo no Brasil: hospedes,hospedeiros e viajantes no século XIX. São Paulo: Manole, 2001.
  • REJOWSKI, Mirian (org.) Turismo no Percurso do Tempo. São Paulo: Aleph, 2002. (Série Turismo).
  • CERTAU, Michel de. A invenção do cotidiano– 1: – artes de fazer. Trad. Ephraim Ferreira Alves. 9 ed. Petrópolis: Vozes, 2003.

Bibliografia Complementar:

  • BORGES, Vavy Pacheco. O que é a História. São Paulo: Brasiliense, 1981.
  • BUZELIN, José Emilio de Castro H. Carros Budd no Brasil – 1. Os trens que marcaram época.
  • DUARTE, Regina Horta. História & Natureza. Belo Horizonte: Autentica, 2005.
  • DIEGUES, Antonio Carlos. O mito moderno da natureza intocada. São Paulo: HUCITEC, 1998.
  • Revista de História – Biblioteca Nacional. Ediçaõ n. 53. Feve, 2001. Ferrovias.
  • SETTI, João Bosco. Ferrovias no Brasil: um século e meio de evolução. Sociedade de Pesquisa para Memória do Trem. (www.trem.org.br)
  • STIEL, Waldemar Correa. Historia do Transporte Urbano no Brasil: História dos bondes e trolebus e das cidades onde eles trafegaram: SummaTranviariae Brasiliensis. Brasília: Editora PiniLtda, 1984. p.142.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
HISTÓRIA, MEMÓRIA E TURISMO Turismo (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 03/07/2022 20:21:07 (consulta levou 0.115226s)