Nome da Atividade
SISTEMÁTICA MOLECULAR E EVOLUÇÃO EM PLANTAS
CÓDIGO
09010042
Carga Horária
30 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CRÉDITOS
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVACAO 7 / Sem
exame

Ementa

Princípios básicos de mecanismos evolutivos em plantas, técnicas de reconstrução filogenética e sistemática evolutiva, marcadores moleculares, análises filogenéticas e suas aplicações práticas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo geral: Capacitar biólogos para atuar na área de Sistemática Molecular e Evolução de Plantas.

Objetivos específicos:
Apresentar e discutir sobre as possibilidades de atuação do biólogo na área de Sistemática Molecular e
Evolução de Plantas.
Discutir os principais eventos evolutivos e processos de especiação observados em plantas.
Apresentar os métodos empregados em extração de DNA e amplificação de DNA ao longo do tempo.
Analisar aspectos históricos e as mudanças nos conceitos e métodos de análises de sequencias de DNA aplicadas à sistemática de plantas.
Praticar a reconstrução de hipóteses filogenéticas.
Capacitar o biólogo para atividades docentes relacionadas à Sistemática Molecular e Evolução de Plantas.

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • AMORIM, D.S. 2002. Fundamentos de Sistemática Filogenética. Ribeirão Preto, Holos. 154p.
  • JUDD, W.S., CAMPBELL, C.S., KELLOG, E.A., STEVENS, P.F. & DONOGUE, M.J. 2009. Sistemática vegetal. 3 ed. Porto Alegre, Artmed. 632p.

Bibliografia Complementar:

  • MATIOLI, S.R. 2001. Biologia molecular e evolução. Ribeirão Preto, Holos. 202p.
  • SALEMI, M. & VANDAMME, A.M. 2006. The phylogenetic handbook: a practical approach to DNA and protein phylogeny. Cambridge, Cambridge University Press. 406p.
  • CARVALHO, C.J.B., ALMEIDA, E.A.B. 2016. Biogeografia da América do Sul: análise de tempo, espaço e forma. São Paulo, Roca. 324 p.

Página gerada em 10/08/2022 03:11:41 (consulta levou 0.188604s)