Nome da Disciplina
GEOMORFOLOGIA
CÓDIGO
10060136
Carga Horária
60 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Os objetos de estudo e o desenvolvimento da ciência geomorfológica; A tectônica de placas e as formas de relevo; O Intemperismo, a formação dos solos e elúvios; Erosão continental e costeira; Geomorfologia fluvial; Geomorfologia de Pelotas, do Rio Grande do Sul e do Brasil; Contribuições geomorfológicas no planejamento ambiental.

Objetivos

Objetivo Geral:

Gerais
Ao término da disciplina se espera que o (a) aluno (a) seja capaz de reconhecer materiais, formas e processos geomorfológicos e suas relações com o planejamento ambiental. Específicos
Reconhecer os objetos de estudo e o desenvolvimento da ciência geomorfológica;
Relacionar tectônica global as formas de relevo;
Analisar os processos de formação e de erosão dos solos e coberturas superficiais do relevo;
Reconhecer processos erosivos continentais e costeiros;
Apreender noções de geomorfologia fluvial;
Reconhecer a geomorfologia de Pelotas, do Rio Grande do Sul e do Brasil;
Analisar impactos ambientais pelo viés geomorfológico, assim como, aplicações do conhecimento geomorfológico no planejamento ambiental.
Específicos
Reconhecer os objetos de estudo e o desenvolvimento da ciência geomorfológica;
Relacionar tectônica global as formas de relevo;
Analisar os processos de formação e de erosão dos solos e coberturas superficiais do relevo;
Reconhecer processos erosivos continentais e costeiros;
Apreender noções de geomorfologia fluvial;
Reconhecer a geomorfologia de Pelotas, do Rio Grande do Sul e do Brasil;
Analisar impactos ambientais pelo viés geomorfológico, assim como, aplicações do conhecimento geomorfológico no planejamento ambiental.

Conteúdo Programático

Objeto de estudo e o desenvolvimento da ciência geomorfológica;
A tectônica e as formas de relevo;
O Intemperismo, a formação dos solos e elúvios;
Processos erosivos continentais;
Processos erosivos costeiros;
Geomorfologia fluvial;
Geomorfologia urbana;
Geomorfologia de Pelotas, do Rio Grande do Sul e do Brasil;
Cartografia geomorfológica;
Geomorfologia e planejamento ambiental.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Básica CUNHA, S. B. Geomorfologia Fluvial In.: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (Orgs.). Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. 7° ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2007. P. 211-52. FLORENZANO, T. G.. Introdução à Geomorfologia. In.: FLORENZANO, T. G. (Org.). Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008. P. 12-34 SANTORO, J. Erosão Continental. In.: TOMINAGA, L. K.; SANTORO, J.; AMARAL, R. (Orgs.). Desastres Naturais: Conhecer para Prevenir. 1° ed. São Paulo: Instituto Geológico, 2009. P. 53-70. Disponível em: < http://www.igeologico.sp.gov.br/downloads/livros/DesastresNaturais.pdf > SANTOS, A. R.. A Tectônica e as formas de relevo. In.: FLORENZANO, T. G. (Org.). Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008. P. 129-59 AMARAL, R. & RIBEIRO, R. R. Inundação e enchentes. In.: TOMINAGA, L. K.; SANTORO, J.; AMARAL, R. (Orgs.). Desastres Naturais: Conhecer para Prevenir. 1° ed. São Paulo: Instituto Geológico, 2009. P. 39-52. Disponível em: < http://www.igeologico.sp.gov.br/downloads/livros/DesastresNaturais.pdf > LEPSCH, I. F. Formação dos solos. In.: LEPSCH, I. F. Formação e conservação dos solos. 2° ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2010. P. 29-45; 62-78 REHBEIN, M. O.; DUTRA, D. S.. Mapeamento geomorfológico da área de influência do Escudo Sul-Rio-Grandense no município de Pelotas/ RS. Estudos Geográficos: Revista Eletrônica de Geografia (2019, no prelo) SILVA, A. R. E.; REHBEIN, M. O.. Análise e mapeamento geomorfológico da área de influência da Planície Costeira de Pelotas (Rio Grande do Sul, Brasil). Revista Brasileira De Geomorfologia, v. 19, p. 567-585, 2018 < http://www.lsie.unb.br/rbg/index.php/rbg/article/view/1342 >. SOUZA, C. R. G. Erosão Costeira. In.: TOMINAGA, L. K.; SANTORO, J.; AMARAL, R. (Orgs.). Desastres Naturais: Conhecer para Prevenir. 1° ed. São Paulo: Instituto Geológico, 2009. P. 71-84. Disponível em: < http://www.igeologico.sp.gov.br/downloads/livros/Des

Bibliografia Complementar:

  • Complementar: CASSETI, V. Geomorfologia. [S.l.]: [2005]. Disponível em: < http://www.funape.org.br/geomorfologia/ > DANTAS, M. E.; VIEIRO, A. C.; Da SILVA, D. R. A.. Origem das paisagens. In.: VIEIRO, A. C.; Da SILVA, D. R. A. (Orgs.). Geodiversidade do Estado do Rio Grande do Sul. Porto Alegre: CPRM, 2010. P. 37 - 50 GOUDIE, A. S. (ed.). Encyclopedia of Geomorphology. 2 vols. Londres: Routledge, 2004, 1156 p. GUERRA, A. J. T. e CUNHA, S. B. da. (orgs.) Geomorfologia e Meio Ambiente. 3ª ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996, 372 p. GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S. B. (Orgs.). Impactos ambientais urbanos no Brasil. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2001. 416p. GUERRA, A.T. & GUERRA, A. J. T. Novo Dicionário Geológico-Geomorfológico. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1997, 652 p. GUERRA, A. J. T. e MARÇAL, M. dos S. Geomorfologia Ambiental. 2ª ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2006, 190 p. GUERRA, A. J. T.. Processos erosivos nas encostas. In.: GUERRA, A. J. T. e CUNHA, S.B. da. (orgs.) Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. 4ª ed., Rio de Janeiro: Bertrand Brasil. 2001, p. 149-210. IBGE, Manual Técnico de Geomorfologia. Série Manuais Técnicos em Geomorfologia, n° 5., 2ª ed., Rio de Janeiro: IBGE, 2009, 181 p. PRESS, F.; SIEVER, R.; GROTZINGER, J., JORDAN, T. H. Para Entender a Terra. 4a ed. Tradução: Rualdo Menegat et al., Nova Iorque: W.H. Bookman, 566 p. 2006. ROSS, J. L. S. Geomorfologia: ambiente e planejamento. 3ª ed., São Paulo: Contexto, 1996, 85 p. SIMON, A. L. H.; LUPINACCI, C. M. (Org.). A cartografia geomorfológica como instrumento para o planejamento. Pelotas, Ed. da UFPel, 2019. 127p. STRECK, E. V. et. al.. Geologia do Estado do Rio Grande do Sul. In.: STRECK, E. V. et. al. Solos do Rio Grande do Sul. 2° Ed.. Porto Alegre: EMATER/ RS, 2008. p. 126-136 TOLEDO, M. C. M. et al.. Intemperismo e formação do solo. In.: TEIXEIRA

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 50 27 Geografia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
TER19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
MOISES ORTEMAR REHBEIN
Professor responsável pela turma

M2 2019 / 2 50 18 Geografia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
MOISES ORTEMAR REHBEIN
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
GEOMORFOLOGIA Geografia (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 15/12/2019 03:53:13 (consulta levou 0.251421s)