Nome da Atividade
METODOLOGIA E PRÁTICA VII: RECURSOS DIDÁTICOS INCLUSIVOS
CÓDIGO
10060166
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Deficiência como diferença. Percepção e representação do espaço. Conceitos Geográficos e suas possibilidades de representação/adequação didática para recursos inclusivos. Tecnologias Assistivas como recursos de aprendizagens. Linguagem gráfica tátil. Linguagem Braille (Instrumental). Recursos pedagógicos e práticas de ensino para alunos deficientes visuais com baixa visão e cegos. Recursos pedagógicos e práticas de ensino para alunos surdos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Aprimorar processos de planejamento e produção de materiais didáticos destinados à diversidades de perfis de aprendizagem
Qualificar conhecimentos e habilidades no processo de planejamento inclusivo
Ampliar o conhecimento sobre as estruturas e procedimentos inclusivos escolares, tais como salas de integração e recursos, tecnologias assistivas, profissionais de apoio, dentre outras.

Conteúdo Programático

Deficiência como diferença: Estudos em Vigostski.
Percepção e representação de espaço para diferentes deficiências
Conceitos Geográficos e suas possibilidades de representação/adequação didática para recursos inclusivos
Tecnologias Assistivas como recursos de aprendizagens.
A Linguagem gráfica tátil
Introdução a Linguagem Braille Instrumental: Confecções de Legendas e Textos.
Recursos pedagógicos e práticas de ensino para alunos deficientes visuais com baixa visão e cegos
Recursos pedagógicos e práticas de ensino para alunos surdos

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALMEIDA, Rosângela Doin de e PASSINI, Elza E.O espaço geográfico. Ensino e representação. 7ª ed. São Paulo: Contexto, 2001. ESTADO DE SANTA CATARINA. Secretaria do Estado da Educação. Fundação Catarinense de Educação Especial. Guia prático para adaptação em relevo. São José: FECEE, 2011.
  • NOGUEIRA, Ruth Emília (org.) Geografia e Inclusão Escolar: Teoria e Prática. Florianópolis: Edições do Bosque/FCH/UFSC, 2016. 336p. (Série Diversidade).
  • PITANO, Sandro de Castro; NOAL, Rosa Elena. Cegueira e representação mental do conhecimento por conceitos: uma análise comparativa entre cegos congênitos e adquiridos. Revista de Educação da UNISINOS. 2018. (no prelo).
  • VYGOTSKI, L. S. Obras escogidas V Fundamentos de defectologia. Madri: Visor, 1997.

Bibliografia Complementar:

  • CARVALHO, Rosita Edler. Removendo barreiras para a aprendizagem: Educação Inclusiva. Porto Alegre: Mediação, 2007.
  • MIRANDA, Theresinha Guimarães; GALVÃO FILHO, Tófilo Alves (org). Professor e a formação inclusiva: formação, prática e lugares. Salvador: EDUFBA, 2012. 491p.
  • NOAL, Rosa Elena; PITANO, Sandro de Castro (org). Formação de professores e Cartografia Tátil: a Geografia Inclusiva. Pelotas: Ed. UFPEL, 2014.
  • NOGUEIRA, Ruth Emília (org.). Motivações Hodiernas para ensinar Geografia: Representações do espaço para visuais e invisuais. Florianópolis: Nova Letra, 2009.
  • SKLIAR, Carlos (org). Educação e Exclusão: Abordagens sócio-antropológicas em educação especial. Porto Alegre: Mediação, 1997. 112 p.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
P1 2024 / 1 30 24 Geografia (Licenciatura - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
TER19:00 - 19:50
19:50 - 20:40
20:40 - 21:30
21:30 - 22:20
SIMONE BARRETO ANADON
Professor responsável pela turma

Página gerada em 16/04/2024 14:20:44 (consulta levou 0.077705s)