Nome da Atividade
Patologia da Madeira
CÓDIGO
1110167
Carga Horária
34 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CRÉDITOS
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Definir conceitos de agentes causadores de patologia na madeira, Principais agentes bióticos e abióticos de degradação da madeira, Influência da deterioração na qualidade da madeira para diversos fins, Preservação da madeira, Processos de tratamento da madeira, Tipos e principais produtos preservantes empregados.

Objetivos

Objetivo Geral:

Unidade 1 – Conceitos de Patologia da Madeira


1.1 Inerentes à madeira
1.1.1 Nós
1.1.2 Bolsas de resina
1.1.3 Fendas
1.1.4 Inclinação das fibras
1.2 Agentes abióticos
1.2.1 Intemperismo climático
1.2.2 Fogo
1.3 Agentes bióticos

Unidade 2 – Agentes Xilófagos
2.1 Insetos
2.1.1 Cupins
2.1.2 Brocas
2.2 Fungos
2.2.1 Apodrecedores
2.2.1.1 Podridão branca
2.2.1.2 Podridão parda
2.2.2 Manchadores
2.2.3 Emboloradores

Unidade 3 – Tipos de Tratamentos da Madeira
3.1 Métodos caseiros
3.1.1 Imersão
3.1.2 Pincelamento
3.1.3 Pulverização
3.1 Métodos industriais
3.2.1 Processos por vácuo-pressão

Unidade 4 – Principais Produtos Preservantes
4.1 Hidrossolúveis
4.1.1 Arseniato de Cobre Cromatado (CCA
4.1.2 Borato de Cobre Cromatado (CCB)
4.1.3 Cloreto de Zinco Cromatado (CZC)
4.1.4 Compostos a base de Boro
4.2 Oleosos
4.2.1 Creosoto
4.2.2 Alcatrão
4.3 Oleossolúveis
4.3.1Tribromofenol
4.3.2 Piretróides Sintéticos e Carbamatos
4.3.3 Pentaclorofenol
4.4 Novas perspectivas de mercado

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Conceitos de Patologia da Madeira
1.1 Inerentes à madeira
1.1.1 Nós
1.1.2 Bolsas de resina
1.1.3 Fendas
1.1.4 Inclinação das fibras
1.2 Agentes abióticos
1.2.1 Intemperismo climático
1.2.2 Fogo
1.3 Agentes bióticos

Unidade 2 – Agentes Xilófagos
2.1 Insetos
2.1.1 Cupins
2.1.2 Brocas
2.2 Fungos
2.2.1 Apodrecedores
2.2.1.1 Podridão branca
2.2.1.2 Podridão parda
2.2.2 Manchadores
2.2.3 Emboloradores

Unidade 3 – Tipos de Tratamentos da Madeira
3.1 Métodos caseiros
3.1.1 Imersão
3.1.2 Pincelamento
3.1.3 Pulverização
3.1 Métodos industriais
3.2.1 Processos por vácuo-pressão

Unidade 4 – Principais Produtos Preservantes
4.1 Hidrossolúveis
4.1.1 Arseniato de Cobre Cromatado (CCA)
4.1.2 Borato de Cobre Cromatado (CCB)
4.1.3 Cloreto de Zinco Cromatado (CZC)
4.1.4 Compostos a base de Boro
4.2 Oleosos
4.2.1 Creosoto
4.2.2 Alcatrão
4.3 Oleossolúveis
4.3.1Tribromofenol
4.3.2 Piretróides Sintéticos e Carbamatos
4.3.3 Pentaclorofenol
4.4 Novas perspectivas de mercado


Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Bibliografia recomendada • KRETSCHMANN, D. E. Mechanical properties of wood. In:____. Wood handbook: wood as an engineering material. Department of Agriculture, Forest Service, Forest Products Laboratory, Wisconsin: U.S., 2010. Cap. 5, p.1-44. • LEBOW, S. T. Mechanical properties of wood. In:____. Wood handbook: wood as an engineering material. Department of Agriculture, Forest Service, Forest Products Laboratory, Wisconsin: U.S., 2010. Cap. 15, p.1-27. • ROWELL, R. M.; PETTERSEN, R.; HAN, J. S.; ROWELL, J. S.; TSHABALALA, M. A. Cell wall chemistry. In:______. Handbook of Wood Chemistry and Wood Composites. Boca Raton, CRC Press LLC, 2005. p. 35-74. • ROWELL, R. M. Acetylation of wood – a review. International Journal of Lignocellulosic Products, v. 1, n. 1, p. 1-28, 2014. • SCHMIDT, O. Wood rot. In:______. Wood and tree fungi: biology, damage, protection, and use. Berlin, Heidelberg: Springer-Verlag, 2006. p. 135-160.

Bibliografia Complementar:

  • Bibliografia Complementar • BRITO, L. D. Patologias em estruturas de madeira: Metodologia de inspeção e técnicas de reabilitação. 2014. 502 f. Tese (Doutorado em Engenharia de Estruturas) – Universidade de São Paulo, São Carlos, 2014. • CRUZ, H. Patologia, avaliação e conservação de estruturas de madeira. Disponível em:. Acesso em: 24/03/2017. • GALVÃO, A. P. M.; MAGALHÃES, W. L. E.; MATTOS, P. P. Processos práticos para preservar a madeira. Documentos 96, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), Embrapa Florestas, 2004, 49 p. • IPT – Instituto de Pesquisa Tecnológica do Estado de São Paulo. Manual de Preservação da Madeira. Vol. I e II. 1986. • MORESCHI, J. C. Biodegradação e preservação da madeira. Universidade Federal do Paraná. 177 p, 2013. • MORESCHI, J. C. Manual Didático de Propriedades Tecnológicas da Madeira. Universidade federal do Paraná. 2007

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
51 2020 / 2 35 5 Ciência e Engenharia de Materiais (Mestrado acadêmico)
Ciência e Engenharia de Materiais (Doutorado)
Horários
ManhãTardeNoite
QUI10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
RAFAEL BELTRAME
Professor responsável pela turma

DARCI ALBERTO GATTO
Professor Regente

Página gerada em 25/10/2020 12:55:49 (consulta levou 0.088763s)