Nome da Atividade
TECNOLOGIA BIOORGÂNICA
CÓDIGO
12000123
Carga Horária
45 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
3
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Introdução à tecnologia de Biopolímeros, polímeros biodegradáveis e polímeros verdes; Biopolímeros e sustentabilidade; Matérias-primas químicas alternativas à petroquímica; Biopolímeros mais promissores; Mercado dos Biopolímeros, Polímeros Biodegradáveis e Polímeros Verdes no Brasil; O Potencial das Inovações de Base Biotecnológica em Biopolímeros; Biodegradação, Compostagem e Oxo-Biodegradação; Exemplos de Biopolímeros biodegradáveis ( Bioplásticos).

Objetivos

Objetivo Geral:

Fornecer ao aluno uma visão geral das aplicações industriais e das tecnologias de transformação dos biopolímeros, polímeros biodegradáveis e polímeros verdes de origem agrícola, microbiana e biotecnológica, abordando temas como: o mercado destes polímeros no Brasil, sustentabilidade, biodegradação, compostagem e oxobiodegradação, além de exemplificar alguns polímeros pertencentes a estas classes.

Conteúdo Programático

TEÓRICO:
1- Biodiversidade e sustentabilidade
1.1. Biodiversidade,
1.2. Sustentabilidade e estratégia para a sua utilização.
1.3. Matérias-primas de origem biológica.
1.4. Bioeconomia e principais setores industriais.
2- Biopolímeros, polímeros biodegradáveis e polímeros verdes
2.1. Definição e constituição.
2.2. Biopolímeros e sustentabilidade.
2.3. Matérias-primas alternativas à petroquímica.
2.4. Biomassa Renovável de Carboidratos: Amido, celulose, quitina, lignina e hemicelulose.
2.5. Inovações Biotecnológicas em Biopolímeros.
3- Mercado dos Biopolímeros
3.1. No Brasil e no exterior.
3.2. Biopolímeros mais promissores.
3.3. Competitividade brasileira.
4- Biodegradação, Compostagem e Oxo-Biodegradação
4.1. Biodegradação.
4.2. Compostagem.
4.3. Oxo-biodegradação.
5- Biopolímeros biodegradáveis
5.1. Poli (Ácido Lático) – PLA.
5.2. Polihidroxialcanoatos – PHA.
5.3. Amido.
5.4. Poliésteres Alifáticos-Aromáticos.
5.5. Poliamidas.
5.6. Polissacarídeos microbianos.
EXPERIMENTAL:
1- Celulose e Derivados
1.1. Extração de celulose a partir de biomassa.
1.2. Modificação química da celulose: síntese e propriedades de nitrocelulose e acetato de celulose.
1.3. Caracterização por infravermelho.
2- Quitina e quitosana
2.1. Extração da quitina de cascas de camarão.
2.2. Obtenção da quitosana a partir da quitina.
2.3. Caracterização da Quitina e da quitosana por IV.
3- Amido e derivados
3.1. Extração de amidos de diferentes fontes.
3.2. Obtensão de material termoplástico derivado do amido.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • 1- Griffin, G.J.L. Chemistry and Technology of Biodegradable Polymers. Blackie Academis & Professional, 150 pp,1994.
  • 2- Pradella, J. G. C. Biopolímeros e Intermediários Químicos. Relatório técnico n. 84396-205. Centro de Tecnologia de Processos e Produtos. Laboratório de Biotecnologia Industrial – LBI/CTPP. São Paulo, 2006.
  • 3- Fechine, G. J. M. A Era dos Polímeros Biodegradáveis. Plástico Moderno. n. 423, 2010.

Bibliografia Complementar:

  • 1- Anderson, A.J., Dawes. E.A. Occurrence, metabolism, metabolic role, and industrial uses of bacterial polyhydroxyalkanoates, Microbiol. Rev., 54: 450-472, 1990.
  • 2- Bailey, J.E.; Ollis D.F. Biochemical Engineering Fundamentals, McGraw-Hill Book Co., 753 pp, 1977.
  • 3- Danner, H. Braunn, R. Biotechnology for the production of commodity chemica from biomass. Chemical Society Reviews, 28, 395-405, 1999.
  • 4- Norma ABNT NBR 15448-1. Embalagens plásticas degradáveis e/ou de fontes renováveis Parte 1: Terminologia.
  • 5- Afonso, Everton Dall’Agno. “Desenvolvimento de produtos de plásticos biodegradáveis”. Dossiê Técnico, Centro de Educação Profissional Senai Nilo Bettanin, Senai-RS, nov. 2006.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
TECNOLOGIA BIOORGÂNICA Química (Bacharelado)
TECNOLOGIA BIOORGÂNICA Química Industrial (Bacharelado)

Página gerada em 06/07/2022 18:58:15 (consulta levou 0.110816s)