Nome da Disciplina
TECENDO REDES BIOCÊNTRICAS DE SENSIBILIDADE CRIATIVA/AFETIVA
CÓDIGO
13380027
Carga Horária
45 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Desenvolver um processo educativo partindo do principio da criatividade e da afetividade para transformar a própria vida, na busca de uma percepção ampliada do universo. Desapegar-se dos velhos conhecimentos, desprendem-se do passado e recriar o presente.

Objetivos

Objetivo Geral:

a) Vivenciar uma educação, baseada no princípio biocêntrico, promovendo o aprofundamento vivencial-teórico dialogado, crítico, articulado ao desenvolvimento dos potenciais humanos de saúde numa ética de vida.
b) Desenvolver a integração através de um trabalho reflexivo e vivencial, priorizando a auto-regularão, a vitalidade, a afetividade redescobrindo o prazer de aprender.
c) Facilitar um processo de integração consigo, com outro e com o universo.
d) Proporcionar o fortalecimento da identidade facilitando, o crescimento a partir da linha de vivencias afetiva e criativa.
e) Refletir e vivenciar uma educação na perspectiva biocêntrica.
f) Resgatar a harmonia e o equilíbrio vital, reeducando as diversas formas de expressão e contato.
g) Vivenciar o prazer de viver em sua totalidade. Vivenciar processos educativos partindo do Princípio Biocêntrico.

Conteúdo Programático

- Educação Biocêntrica e sua relação com a biodanza; Conceito de vivência, linhas de vivências, perspectivas metodológicas, música, movimento e emoção;
- Concepções de vida, universo e educação biocêntrica;
- Cultura biocêntrica; fundamentos antropológicos, éticos e sociais da visão biocêntrica;
- Exigências, necessidades e limites;
- Princípio biocêntrico; educação biocêntrica, hiolística, dialógica e as diversas relações destes paradigmas;
- A constituição histórica da educação biocêntrica;
- As Vivências em educação biocêntrica e seus princípios;
- Fundamentos metodológicos da educação biocêntrica; vivências envolvendo caminhares, segmentares coordenação rítmica, rodas, danças individuais e coletivas, as posições geratrizes, etc..

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CAVALCANTE, R (Org.) et al. Educação Biocêntrica: um movimento de construção dialógica. Fortaleza, Banco do Nordeste. 1999.
  • FIGUEIREDO, M. X. B. et al. Tecendo redes de sensibilidade criativa: Biodanza. IN: NICOLAU, M. L. M. & DIAS, M. C. M. (Orgs.). Oficinas de sonho e realidade na formação do educador da infância. 2ª ed. Campinas: Papirus, 2003.
  • TORO, R. Biodanza. São Paulo: Olavobras/Escola Paulista de Biodanza, 2002.

Bibliografia Complementar:

  • ANDRADE, C. R. X. Educação Biocentrica: vivenciando o desenvolvimento organizacional. Fortaleza: Banco do Nordeste, 2003.
  • BOFF, L. Saber cuidar: ética do humano – compaixão da terra. Petrópolis: Vozes, 1999
  • FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1976.
  • VIOTTI, L. S. & CARVALHO, G. B. A empresa no tempo do amor: Biodanza nas organizações. Belo Horizonte: Fênix, 1997.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
TECENDO REDES BIOCÊNTRICAS DE SENSIBILIDADE CRIATIVA/AFETIVA Educação Física (Bacharelado)

Página gerada em 14/11/2019 19:51:35 (consulta levou 0.160241s)