Nome da Atividade
POÉTICAS CONTEMPORÂNEAS NO BRASIL:QUE LUGAR É ESSE?
CÓDIGO
1448069
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Disciplina visando à construção de repertório crítico.
Panorama cultural, artístico e literário da contemporaneidade brasileira. Panorama crítico da produção de sentidos em poéticas verbais e não-verbais no Brasil: intérpretes precursores e articulações possíveis. Reflexão sobre categorias explicativas úteis à produção de sentidos verbais. As funções do sujeito, do objeto e da memória nas produções de sentido. Poéticas com restos.

Objetivos

Objetivo Geral:

.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1.
-Panorama cultural da contemporaneidade: reflexões introdutórias.
-Qual o tempo da contemporaneidade. O que se narra. Como se narra.

UNIDADE 2.
-Panorama da literatura no Brasil contemporâneo. Narrativa, poesia, & outras artes.

UNIDADE 3.
-Algumas categorias explicativas auxiliares: temporalidade, espacialidade; topologia, topografia; produção de leitura, aquisição da linguagem, tradução; leitura, escritura; a cena e a narração; “intertextualidade” e “traço de significação”; expressão, biografia e corpografia; público, privado e intimidade; capitalismo e esquizofrenia; restos, sobras, memórias

UNIDADE 4.
-Panorama da arte contemporânea no Brasil: obras com sobras.

UNIDADE 5.
-Panorama crítico da produção de sentidos em poéticas verbais e não-verbais no Brasil: algumas leituras intersemióticas (poesia, narrativa, artes visuais, fotografia, cinema, teatro e dança, música e arquitetura urbana; “textos verbo-voco-visuais”).

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CHIARELLI, Tadeu. Arte internacional brasileira. São Paulo: Lemos Editorial, 1999, 311p.
  • DELEUZE, Gilles e GUATTARI, Felix. Mil platôs capitalismo e esquizofrenia. (5 volumes). Rio de Janeiro: Ed. 34, (1995-1997). 804p.
  • HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo: história, teoria, ficção. Rio de Janeiro: Imago, 1991. 331p.
  • LEITE, Sebastião Uchoa. Crítica de ouvido. São Paulo: Cosac e Naify. 2003. 189p.
  • MENEZES, Philadelpho. Poética e visualidade. Uma trajetória da poesia brasileira contemporânea. Campinas: Ed. Unicamp, 1991. 198p.
  • PEDROSA, Célia e ALVES, Ida (org.). Subjetividades em devir. Rio de Janeiro: 7letras, 2008. 336p.
  • PELLEGRINI, Tânia. A imagem e a letra: aspectos da ficção brasileira contemporânea. Campinas, São Paulo: Mercado de Letras; FAPESP, 1999. 240p.
  • SANTIAGO, Silviano (coord.). Intérpretes do Brasil. 3º vol. Rio de Janeiro: ed. Nova Aguilar, 2002. 1866p.
  • SCHOLLHAMMER, Karl Erik. Ficção brasileira contemporânea. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2009. 174p.
  • TERCEIRA MARGEM: revista do PPG em Ciência da Literatura UFRJ, Faculdade de Letras, PG, ano IX, nº 11. Poesia Brasileira e seus entornos interventivos. Rio de Janeiro: UFRJ; 7 Letras, 2004. 196 p.

Página gerada em 01/07/2022 20:11:25 (consulta levou 0.061260s)