Nome da Atividade
QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTAL
CÓDIGO
15000401
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Amostragem e preparação da madeira para análises químicas. Determinação da umidade da madeira. Determinação de cinzas da madeira. Determinação de extrativos da madeira. Determinação da lignina da madeira. Determinação da celulose bruta e corrigida. Determinação de hexoses e de pentosanas.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo(s) geral(ais):
Proporcionar ao aluno condições de avaliação e entendimento das técnicas utilizadas para determinação de componentes
químicos da madeira, seus isolamentos e utilizações na indústria e na pesquisa das características químicas das espécies
florestais.
Objetivo(s) específico(s):
Capacitar o aluno a diferenciar os componentes químicos da madeira, seus isolamentos e utilizações;
Capacitar o aluno na execução de procedimentos normatizados de determinação dos componentes químicos da madeira.
.

Conteúdo Programático

1. Recomendações para a prevenção de acidentes no desenvolvimento das atividades no laboratório de química da madeira.
2. Amostragem e preparação da madeira para análises químicas.
2.1. Amostragem
2.1.1. Árvores
2.1.2. Toras
2.1.3. Cavacos e serragem
2.2. Redução da amostra a sub-amostras
2.2.1. Árvores
2.2.2. Toras
2.3. Obtenção da amostra final para análises
2.4. Classificação ou peneiragem da serragem
2.5. Secagem e armazenamento
3. Análises químicas da madeira
3.1. Determinação da umidade
3.2. Determinação de cinzas
3.3. Determinação de extrativos
3.4. Determinação de lignina
3.5. Determinação da celulose bruta
3.6. Determinação de celulose corrigida
3.7. Determinação de hexoses
3.8. Determinação de pentosanas
4. Análise total da madeira

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • KLOCK, U. & MUNIZ, G.I.B. Química da Madeira. Curitiba: Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná - Fupef , 1998. 96p. (Série didática nº 02/98). www.madeira.ufpr.br/disciplinasklock/quimicadamadeira/planoensinoAT...
  • GASCOIGNE, J. A. Biological degradation of cellulose. [ s.l. ]: [s.n.], 1960. 1v. Biblioteca de Ciências Agrárias »  Número de chamada:  574.192 G247
  • BOWYER, J.L. Forest products and Wood Science: an introduction. 5. ed. Iowa: Blackwell, 2007. 558 p. Biblioteca do Campus Porto »  Número de chamada:  634.927 B788f 5.ed.
  • PANSHIN, A.Y. Textbook of wood technology. London: Mc Graw - Hill, 1964. v.1 Biblioteca de Ciências Agrárias »  Número de chamada:  634.98 P196t 2.
  • TIEMANN, H.D. Wood technology: constitution, properties, and uses. 3rd. ed. New York: Pitman, 1951. xvii, 396 p. Biblioteca de Ciências Agrárias »  Número de chamada:  662.65 T562
  • Características da madeira de algumas espécies de eucalipto plantadas no Brasil. Colombo: Embrapa, 2000. 113 p. (Embrapa Florestas. Documentos, 38) Biblioteca de Ciências Agrárias »  Número de chamada:  674.8 C257
  • ROWELL, R.M. Wood chemistry and wood composites. CRC Press, 504p., ISBN-0-8493-1588-3. 2005. ps://angummortfin.files.wordpress.com/2015/03/handbook-of-wood- chemistry-and-wood-composites-second-edition.pdf
  • Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo. Celulose e Papel: Tecnologia de Fabricação de pasta celulósica. 2 ed. IPT/SENAI, São Paulo, 1988. v. 1. 559p. Biblioteca de Ciências Agrárias » Número de chamada: 676 C394 2.ed.

Bibliografia Complementar:

  • ASPINALL, G.O. Polysaccharideds. Pergamon Press, Oxford. 1970.
  • BOLKER, H.I. Natural and synthetic polymers. Marcel Dekker, New York. 1974.
  • BROWNING, B.L. The chemistry of wood. Interscience, New York. 3vols. Ed. 1963.
  • FENJEL, D. & WEGNER, G. Wood Chemistry, ultrastructure, Reactions. 1989. 613 p. Editiora Walter de Gesyter. Berlin.
  • GLASSER, W.G. & SARKANEN, S. Lignin: Properties and Materials. The American Chemical Society, Washington, 545 p., 1989.
  • GUTHRIE, R.D. Introduction to carbohydrate chemistry. Clarendon Press, Oxford. 1974.
  • LEWIN, M. & GOLDSTEIN, I.S. Wood Structure and Composition. 1991. 488p. Editora Marcel Dekke, Inc. New York.
  • LIN, S.Y. & DENCE, C.W. Metods in Wood Chemistry. SPringer Series in Wood Chemistry. 1992. 578p. Editora Springer Verlag. Berlin.
  • PEARL, I.A. The chemistry of lignin. Marcel Dekker, N.Y. 1967.
  • SARKANEN, K.V.& LUDWIG, E.C.H. Lignins. Wiley-Interscience, N.Y. 1971.
  • SJÖSTROM, E. Wood chemistry: Fundamentals and Applications. Academic Press, New York, 223p., 1981.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
QUÍMICA DA MADEIRA EXPERIMENTAL Engenharia Industrial Madeireira (Bacharelado)

Página gerada em 24/01/2021 09:18:34 (consulta levou 0.171851s)