Nome da Disciplina
UNIDADE DO CUIDADO DE ENFERM. VI- GESTÃO ADULTO FAMÍLIA
CÓDIGO
18890003
Carga Horária
330 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
22
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
18
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
22
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
Avança, Retém,
Infrequente

Ementa

O estudo teórico-prático do conhecimento que possibilite assistir o indivíduo com afecções clínicas, cirúrgicas e situações emergenciais, e sua família, a partir de uma abordagem humanística, mantendo atitude crítica e reflexiva sobre o fazer da enfermagem, utilizando a sistematização da assistência e a gestão do cuidado como ferramenta na construção de metodologias científicas e assistenciais de enfermagem, bem como sua inter-relação com a equipe de saúde nos diversos níveis de atenção, conforme as políticas do Sistema Único de Saúde.

Objetivos

Objetivo Geral:

Gerais
Auxiliar os acadêmicos de enfermagem a:
Identificar necessidades de saúde individuais, elaborar e executar plano de cuidados;
Identificar necessidades de acompanhamento e orientações à familiares de pacientes internados;
Identificar, organizar planejar e avaliar o processo de trabalho em saúde junto com a equipe;
Buscar dados ou informações na observação, leitura, análise e síntese.

Específicos

Auxiliar os acadêmicos de enfermagem a:
Identificar e analisar a estrutura organizacional da instituição, bem como, a dinâmica de
funcionamento com os serviços externos a instituição (ESF, UBS, Vigilância Epidemiológica e Sanitária, entre outros);
Caracterizar o contexto e as condições de vida da pessoa e família, abordando as dimensões biopsicológicas e socioculturais, considerando as necessidades de saúde;
Realizar avaliação clínica sob a ótica das necessidades de saúde identificadas, agrupando dados comparando com os padrões de normalidades, relaciona as necessidades de saúde;
Aplicar medidas de biossegurança, como proteção física do profissional e paciente;
Prestar cuidado de enfermagem com diferentes graus de dependência;
Auxiliar /atuar em situações de urgência /emergência;
Propor e discutir plano de cuidados com a participação das pessoas envolvidas (indivíduo, família e equipe);
Reconhecer a dinâmica do trabalho observando a composição da equipe, as atribuições de cada membro, fluxo de atendimento, divisão do trabalho e as relações de poder e a estrutura organizacional;
Reconhecer as habilidades de gestão inerentes ao enfermeiro, tais como: liderança, comunicação, tomada de decisões, identifica conflitos, trabalho em equipe e relacionamento interpessoal.
Desenvolver educação em saúde para indivíduos e grupos;
Desenvolver ações de educação permanente de acordo com as necessidades do grupo;
Identificar e reconhece direito e deveres dos pacientes;
Reconhecer os aspectos éticos e de humanização no desenvolvimento do seu trabalho;
Relacionar a Lei do Exercício Profissional e o Código de Ética em Enfermagem em situações práticas vivenciadas na unidade;
Reconhecer e atua em situações de interdisciplinaridade;
Utilizar metodologia científica para a construção de portfólio, projetos, relatórios, entre outros.

Conteúdo Programático

1. Unidade educacional de Políticas Públicas de Saúde direcionadas ao cuidado do indivíduo em instituição hospitalar: estrutura administrativa dos hospitais com ênfase para hospitais escola e públicos; programas que regem os hospitais sob o ponto de vista do sistema único de saúde:
Política Nacional de Humanização, Hospitais Sentinela, Gerência de Risco e demais conforme orientações do Ministério da Saúde; Infecção Hospitalar (CCIH); Violências por causas externas;
Unidade PS – Micro. Controle, avaliação, auditoria e regulação.
2. Unidade educacional de assistência e supervisão de enfermagem a pessoa em situação de emergência: Política Nacional de Humanização/Acolhimento e classificação de risco; Políticas públicas de atendimento de urgência/ emergência; Sistematização da assistência de enfermagem nas urgências e emergências; Reanimação cardiopulmonar adulto e pediátrica; Insuficiência respiratória aguda e ventilação mecânica; Arritmias cardíacas; traumas e injúrias, politraumatismos (traumas de tórax, abdômen e de extremidades; fraturas-cirurgia/tração e fixação); Choques (hipovolêmico, séptico, cardiogênico, medular e psicogênico) hemorragias (internas e externas), Sistematização da assistência de enfermagem (SAE), sangue e derivados.
3. Unidade educacional do processo de trabalho do enfermeiro:
Cultura e poder nas organizações de saúde; Processo de comunicação (diálogo com equipe, pacientes e suas famílias); Atribuições legais do enfermeiro - lei do exercício profissional; Código de ética dos profissionais de enfermagem; Trabalho em equipe: motivação, mudança e resistência à mudança; Gerenciamento de conflitos e processo de negociação; Liderança em enfermagem;
Dimensionamento do pessoal de enfermagem; Escala do pessoal de enfermagem; Avaliação de desempenho do pessoal de enfermagem; Auditoria em enfermagem; Manuais de enfermagem;
Recursos materiais e a enfermagem; Educação permanente/continuada; Educação em saúde nos serviços; Questões éticas que permeiam os procedimentos de enfermagem e o serviço de saúde.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ALMEIDA, M.; LUCENA, F.; FRANZEN, E.; LAURENT, M.C. Processo de enfermagem na prática clínica: estudos realizados no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Porto Alegre: Artmed, 2011. 318p.
  • AMERICAN HEART ASSOCIATION. Diretrizes da American Heart Association2015 para RCP e ACE. New York: American Heart Association, 2015.
  • BARRETO, S.S.M.; VIEIRA, S.R.R.; PINHEIRO, C.T.S. & cols. Rotinas em terapia intensiva. 3.ed. Porto Alegre: Artmed, 2001. 696p.
  • BARROS, A.L.B. L. de. Anamnese e Exame Físico: Avaliação Diagnóstica de Enfermagem no Adulto. 3.ed. Porto Alegre: Artmed, 2016. 472p.
  • BRASIL. Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Resolução – RDC nº 50, de 21 de fevereiro de 2002. Brasília: ANVISA, 2002
  • BRASIL. Ministério da Saúde. Portaria nº 1.010, de 21 de maio de 2012. Brasília: Ministério da Saúde, 2012.
  • CHEEVER,K.H.; HINKLE,J. L. Brunner & Suddarth. Enfermagem médico-cirúrgica. 13.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2015.
  • CARMAGNANI, M.I.S.; FAKIH, F.T.; CANTERAS, L.M.S.; LABBADIA, L.L.; TANAKA, L.H. Procedimentos de enfermagem: guia prático. 2.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. 332p.
  • FALCÃO, L.F.R.; COSTA, L.H.D.; AMARAL, J.L.G. Emergências: fundamentos e práticas. São Paulo: Martinari, 2010. 1139p.
  • HAMPTON, J. R. Descomplicando o Eletrocardiograma: ECG Fácil. 4.ed. Porto Alegre: Artmed, 2002.
  • KURCGANT, P. Gerenciamento em enfermagem. 2.ed. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 2016. 212p.
  • LEÃO, E.R.; SILVA, C.P.; ALVARENGA, D.C.; MENDONÇA, S.H. Qualidade em saúde e indicadores como ferramenta de gestão. São Caetano do Sul, SP: Yendis Editora, 2008. 336p.
  • MARQUIS, B. L.; HUSTON, C. J. Administração e liderança em enfermagem: teoria e aplicação. 4.ed. Porto Alegre: Artes Médicas, 2005. 477p.
  • NANDA. Diagnósticos de enfermagem da NANDA: definições e classificação 2015-2017. HERDMAN, H.T.; KAMITSURU, S.H. (org.). Porto Alegre: Artmed, 2015. 488p.

Bibliografia Complementar:

  • AGUIAR, A.B.D.A.; COSTA, R.D.S.B.; WEIRICH, C.F.; BEZERRA, A.L.Q. Gerência dos Serviços de Enfermagem: um estudo bibliográfico. Revista Eletrônica de Enfermagem, v.7, n.3, p.319 – 327, 2005. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/fen/article/view/901/1095
  • AMESTOY, S.C. Liderança Dialógica: perspectivas na formação de enfermeiros-líderes. 2012. 238 f. Tese (Doutorado em Enfermagem) – Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2012.
  • BRASIL.Lei 7.498, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a Regulamentação do Exercício da Enfermagem e dá outras providências. Presidência da República. Casa Civil. Subchefia para Assuntos Jurídicos Brasília: 1986. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L7498.htm
  • BITTAR, O. J.N. Indicadores de qualidade e quantidade em saúde. Revista Administração em Saúde, v.3, n.12, 2001. Disponível em: http://sistema4.saude.sp.gov.br/sahe/documento/indicadorQualidadeI.pdf
  • CHIAVENATTO, I. Introdução à teoria geral da administração. 8.ed. São Paulo: Makron Books, 2011. 640p.
  • COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Lei nº 7.498/86, de 25 de junho de 1986. Dispõe sobre a regulamentação do exercício da Enfermagem e dá outras providências. Disponível em: http://www.cofen.gov.br/lei-n-749886-de-25-de-junho-de-1986_4161.html. Acesso em: 04 set 2017.
  • COFEN. Conselho Federal de Enfermagem. Código de Ética da Enfermagem. Resolução COFEN nº 311/2007. Aprova a Reformulação do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem. Disponível em: https://www.portalcoren-rs.gov.br/docs/livro-codigo-etica.pdf
  • COREN (RS). Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul. Decreto nº 94.406/87 – Dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências. Regulamenta a Lei nº 7.498, de 25 de junho de 1986, que dispõe sobre o exercício da Enfermagem, e dá outras providências. Disponível em: https://www.portalcoren-rs.gov.br/. Acesso em: 04 set 2017.
  • COREN (SP). Conselho Regional de Enfermagem de São Paulo. Parecer COREN/SP nº009/2010. Passagem de Plantão. Disponível em: http://portal.corensp.gov.br/sites/default/files/parecer_coren_sp_2010_9.pdf
  • GEROLIN, F.S.F; CUNHA, I.C.K.O. Modelos Assistenciais na Enfermagem: revisão de literatura. Enfermagem em Foco, v.1, n.4, p. 33-36, 2013. Disponível em: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/viewFile/500/190
  • KLETEMBERG, D.F.; SIQUEIRA, M.T.; MANTOVANI, M.D.; PADILHA, M.I.; AMANTE, L.N.; ANDERS, J.C. O processo de enfermagem e a lei do exercício profissional. Revista brasileira de enfermagem, v.63, n.1, 2010. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v63n1/v63n1a05.pdf
  • LUCENA, A.D.; GIRARDI PASKULIN, L.M.; FERNANDES DE SOUZA, M.; RIVERO DE GUTIÉRREZ, M.G. Construção do conhecimento e do fazer enfermagem e os modelos assistenciais. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v.40, n.2, 2006. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reeusp/v40n2/19.pdf
  • LUNARDI, V.L.; LUNARDI FILHO, W.D.; SCHWENGBER, A.I.; SILVA, C.R. Processo de trabalho em enfermagem/saúde no Sistema Único de Saúde. Enfermagem em Foco, v.1, n.2, p.73-76. 2011. Disponível em: http://revista.portalcofen.gov.br/index.php/enfermagem/article/view/20/21
  • MOTTA, K. A. M.B.; MUNARI, D. B.; COSTA da F.N. Os pontos críticos das atividades do enfermeiro-gestor no hospital público. Revista Eletrônica de Psicologia e Políticas Públicas, v.1, n.1. 2009. Disponível em: http://www.crp09.org.br/NetManager/documentos/v1n1a5.pdf
  • PEDRUZZI, M.; SCHRAIBER, L.B. Processo de trabalho em saúde. FIOCRUZ. Dicionário da Educação Profissional em Saúde. Verbetes. Disponível em: http://www.epsjv.fiocruz.br/dicionario/verbetes/protrasau.html
  • ROSSANEIS, M.A.; GABRIEL, C.S.; HADDAD, M.C.F.L.; MARCIA REGINA ANTONIETTO DA COSTA MELO, M.R.A.; BERNARDES, A. Indicadores de qualidade utilizados nos serviços de enfermagem de hospitais de ensino. Revista Eletrônica de Enfermagem, n.16, v.4, p.769-76, 2014. Disponível em: https://www.fen.ufg.br/fen_revista/v16/n4/pdf/v16n4a09.pdf
  • SANNA. M.C. Os processos de trabalho em Enfermagem. Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília, v.2, n.60, p.221-4, 2007. Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/reben/v60n2/a17v60n2.pdf
  • SANTOS, M.C.; BERNARDES, A. Comunicação da equipe de enfermagem e a relação com a gerência nas instituições de saúde. Revista Gaúcha de Enfermagem, Porto Alegre, v.2, n.31, p.359-66, 2010.
  • SMITH DA NÓBREGA MORAIS, G.; GERALDO DA COSTA, S.F.; DIAS FONTES, W.; DIONIZIO CARNEIRO, A. Comunicação como instrumento básico no cuidar humanizado em enfermagem ao paciente hospitalizado. Acta Paulista de Enfermagem, v.22, n.3. 2009. Disponível em: http://www2.unifesp.br/acta/pdf/v22/n3/v22n3a14.pdf
  • UFPEL. Universidade Federal de Pelotas. Manual para elaboração de Trabalhos Acadêmicos. Disponível em: http://sisbi.ufpel.edu.br/arquivos/PDF/Manual_Normas_UFPel_trabalhos_acad%C3%AAmicos.pdf

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2019 / 2 7 6 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
SEG13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
18:00 - 18:50
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
QUA13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
18:00 - 18:50
MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M2 2019 / 2 7 7 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
EDA SCHWARTZ
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M3 2019 / 2 6 0 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M4 2019 / 2 6 6 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
SEX13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
18:00 - 18:50
NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M5 2019 / 2 6 6 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
QUI13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
15:10 - 16:00
16:00 - 16:50
17:10 - 18:00
18:00 - 18:50
NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M6 2019 / 2 6 5 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M7 2019 / 2 6 6 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

M8 2019 / 2 6 5 Enfermagem (Bacharelado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEG08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
TER08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
QUA08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
11:40 - 12:30
12:30 - 13:20
QUI08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
TER13:30 - 14:20
14:20 - 15:10
MILENA HOHMANN ANTONACCI
Professor Regente

NORLAI ALVES AZEVEDO
Professor Regente

EDA SCHWARTZ
Professor Regente

JESSICA STRAGLIOTTO BAZZAN
Professor Regente

MARCOS AURELIO MATOS LEMOES
Professor Regente

MARIANGELA UHLMANN SOARES
Professor Regente

FERNANDA SANTANA TRISTAO
Professor responsável pela turma

ALITEIA SANTIAGO DILELIO
Professor Regente

MARINA SOARES MOTA
Professor Regente

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
UNID CUIDADO ENF VI- GESTÃO ADULTO FAMÍLIA Enfermagem (Bacharelado)

Página gerada em 08/12/2019 19:28:44 (consulta levou 0.219732s)