Nome da Atividade
SISTEMATIZAÇÃO DA ASSISTÊNCIA DE ENFERMAGEM AO CLIENTE E FAMÍLIA EM SITUAÇÕES ONCOLÓGICAS CIRÚRGICAS E COMPLICAÇÕES
CÓDIGO
18890022
Carga Horária
51 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
51
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
51

Ementa

Estudo teórico-prático sobre a sistematização da assistência de enfermagem ao cliente oncológico e família em situações clínicas, cirúrgicas e complicações, instrumentalizando o residentes para o cuidado e sua implementação nas unidades de internação e ambulatório oncológicos, mantendo atitude crítica e reflexiva sobre o cuidado na atenção oncológica norteadas pelos princípios do SUS.

Objetivos

Objetivo Geral:

Estudo teórico-prático sobre a sistematização da assistência de enfermagem ao cliente oncológico e família em situações clínicas, cirúrgicas e complicações, instrumentalizando o residentes para o cuidado e sua implementação nas unidades de internação e ambulatório oncológicos, mantendo atitude crítica e reflexiva sobre o cuidado na atenção oncológica norteadas pelos princípios do SUS.

Conteúdo Programático

Sistematização de enfermagem ao cliente e família em situações oncologica cirúrgica de Mastectomia e complicações da mastectomia Linfedema de Membro superior, cuidados de enfermagem

Tipos de cirurgia Histerectomia, procedimento cirúrgico, complicações secundárias, cuidados de enfermagem



Sistematização de enfermagem ao cliente e família em situações oncologica cirúrgica Pneumectomia e Gastrectomia

Tipos de cirurgia complicações, cuidados de enfermagem

O cuidado ao idoso com câncer

- Estudos produzidos sobre o idoso com câncer: câncer mais comum em idoso

- A sistematização do cuidado ao idoso com câncer


A sistematização da enfermagem nas complicações clínicas da pessoa com câncer

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BRASIL, Ministério da Saúde.Instituto Nacional de Câncer (INCAl). Ações de enfermagem para o controle do câncer: uma proposta de integração ensino-serviço. / Instituto Nacional de Câncer. – 3. ed. rev. atual. ampl. – Rio de Janeiro: INCA, 2008 DINIZ,RW; GONÇALVES,MS; BENSI,CG; CAMPOS,AS; GIGLIO,A; GARCIA,JB ET AL O conhecimento do diagnóstico de câncer não leva a depressão em pacientes sob cuidados paliativos. .Rev Assoc Méd Brás 2006; 52(5): 298-303. GUIMARÃES, JLM ROSA, DD. Rotinas em oncologia. Porto Alegre: Artemed, 2008( p 534-568, 527-542) PERUSSI,MR; DENARDIN, OV; FAVA, AS; RAPORT,A.Carcinoma epidermóde da boca em idosos de são Paulo.Rev. assoc Méd Brás 2002;48(4): 341-4. PINA,FM, LUNET,N; DIAS,MM. Carcinoma da próstata e envelhecimento - aspectos preocupantes. Arquivos de Medicina, 20(5-6): 153-60. TIEZZI DG, ANDRADE JM, dos REIS FJC, MELGES AC, ZOLA FE, MARANA HRC. Breast Conserving. Surgery in early breast concer : impact of local recurrence paltern on patient survival. Breast j. In press 2007. TOLEDO,EHR; DIOGO,MEDÉ. Idosos com afecção onco-hematológica: ações e as dificuldades para o autocuidado no inicio da doença .Rev Latino-am Enfermagem 2003; 11(6): 707-12. VEIROS , I; NUNES, R; MARTINS, F; Complicações da Mastectomia. Acta Med Port .20: 335-340 2007. VIEIRA,C,V; I; SILVA, A, G; VALE, L, R, G; R.; Preservação dos ovários em cirurugia radical para câncer do colo uterino. Revista Brasileira de Ginecologia e Obstertrícia. V. 24 n.10 Rio de Janeiro nov. /dez.2002 VISENTIN,A; LABRONICI, L; LENARDT, MH. Autonomia do paciente idoso com câncer: o direito de saber o diagnóstico. Acta Paul Enfermagem2007;20(4): 509-13.

Página gerada em 19/05/2024 11:54:12 (consulta levou 0.057864s)