Nome da Atividade
LITERATURAS AFRICANAS DE LÍNGUA PORTUGUESA
CÓDIGO
20000506
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

A disciplina parte do princípio de que os Direitos Humanos e a construção da cidadania através do pensamento democrático e da liberdade de ideias são elementos fundamentais para o processo formativo. Dentro desse contexto é que se desenvolvem as relações entre literatura (com a sua diversidade conceitual) e as questões étnico-raciais, de gênero, sobre a sexualidade; tudo isso marcado pelo respeito às diferenças e aos recursos naturais que não são exclusividade de uma única geração. Nesse sentido, o componente curricular Literatura Africana de Língua Portuguesa prevê o estudo panorâmico da produção literária enquanto construto histórico, social, cultural e imaginário, relacionando teoria e prática.

Objetivos

Objetivo Geral:

Oportunizar ao aluno o conhecimento da produção literária dos países africanos de língua portuguesa.

Conteúdo Programático

1. A condição colonial: a presença portuguesa na África.
2. A formação das literaturas africanas de língua portuguesa.
3. A afirmação da nacionalidade: negritude e movimentos pela independência.
4. A autonomização das literaturas e a condição pós-colonial.
5. As literaturas africanas de língua portuguesa no quadro da lusofonia.
6. Leitura e estudo de textos.
7. Relação entre teoria e prática

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ABDALA JR., Benjamin. Literatura, história e política: literaturas de língua portuguesa no século XX. São Paulo: Ática, 1989. FERREIRA, Manuel. O discurso no percurso africano I. Lisboa: Plátano, s/d. LEITE, Ana Mafalda. Oralidades e escritas pós-coloniais. Estudos sobre literaturas africanas. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2012., BUENO, Edna; SOARES, Lucilia; PARREIRAS, Ninfa. Navegar pelas letras: as literaturas africanas de língua portuguesa. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012. SANTILLI, Maria Aparecida. Paralelas e tangentes entre literaturas de língua portuguesa. São Paulo: Arte e Ciência, 2003.

Bibliografia Complementar:

  • ERVEDOSA, Carlos. Roteiro da literatura angolana. Lisboa: Edições 70, 1979. CABRAL, Amílcar. Nacionalismo e cultura. Santiago de Compostela: Edicións Laiovento, 1999. LARANJEIRA, Pires. De letra em riste: identidade, autonomia e outras questões na literatura de Angola, Cabo Verde, Moçambique e S. Tomé e Príncipe. Porto: Afrontamento, 1992. FANON, Frantz. Os condenados da terra. Juiz de Fora: Ed. UFJF, 2005. MATA, Inocência. Diálogo com as ilhas: sobre cultura e literatura de São Tomé e Príncipe. Lisboa: Edições Colibri, 1998.

Página gerada em 04/12/2020 10:28:29 (consulta levou 0.085158s)