Nome da Atividade
SOCIOLINGUÍSTICA EDUCACIONAL
CÓDIGO
20000536
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Análise das interações sociolinguísticas na escola.

Objetivos

Objetivo Geral:

- Compreender a importância da sociolinguística como elemento de valorização do aluno, de seu dialeto materno e de seu meio cultural;
- Compreender como a sociolinguística pode auxiliar no ensino de língua.

Conteúdo Programático

1. Estudo das relações entre língua e sociedade;
2. Revisão de conceitos sociolinguísticos aplicáveis à educação;
3. Análise dos conceitos e metodologias próprias aos estudos sociolinguísticos e suas relações com o ensino da língua portuguesa no Brasil.
4. Relação entre dialeto e comunidade e o papel internacional da linguagem em sala de aula;
5. Tratamento da variação linguística como eixo do ensino de gramática;
6. Compreensão das diferenças entre variedades, modalidades e registros linguísticos;
7. Analise das crenças e atitudes linguísticas em relação às variantes linguísticas e suas implicações no processo de ensino e aprendizagem;
8. Desenvolvimento de metodologias para o trabalho com normas e variação linguística em sala de aula;
9. Variação linguística como elemento reflexivo no ensino de gramática;
10. Análise de fenômenos gramaticais e suas relações com as noções de normas, variedades e contínuos de variações;
11. A pesquisa sociolinguística como suporte da integração entre o tratamento da variação em sala de aula e a abordagem reflexiva da gramática, das competências de leitura e produção textual;
12. O tratamento da variação linguística no livro didático, valorização das diferenças dialetais, culturais, étnico-raciais e de gênero e adequação às condições sociais da comunidade e suas múltiplas relações de diversidade.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • BAGNO, M. Sete erros aos quatro ventos: a variação linguística no ensino de português. São Paulo: Parábola, 2013. BORTONI-RICARDO, S. M. Nós cheguemu na escola, e agora? Sociolinguística e educação. São Paulo: Parábola, 2005. MARTINS, M. A.; VIEIRA, S. R; TAVARES, M. A. Ensino de português e sociolinguística. São Paulo: Contexto, 2014. ZILLES, A. M. S; FARACO, C. A. Pedagogia da variação linguística: língua, diversidade e ensino. São Paulo: Parábola, 2015.

Bibliografia Complementar:

  • AMARAL, L. I. C. do & BORGES, P. R. S. Sociolinguística educacional: confluência e defluência. Pelotas, Caderno de Letras, n. 12, 2006. BORTONI-RICARDO, S. M. Do campo para a cidade: estudo sociolinguístico de migração e redes sociais. São Paulo: Parábola, 2011. ______. Por que a escola não ensina gramática assim? São Paulo: Parábola, 2014. MATTOS e SILVA, R. V. O português são dois...: novas fronteiras, velhos problemas. São Paulo: Parábola, 2004, p. 79-92. MOLLICA, M. C; JÚNIOR, C. F. Sociolinguística, sociolinguísticas.: uma introdução. São Paulo: Contexto, 2016.

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
SOCIOLINGÜÍSTICA EDUCACIONAL Letras - Português (Licenciatura - Noturno)

Página gerada em 04/12/2020 12:26:08 (consulta levou 0.153900s)