Nome da Atividade
TEORIA DO CONTO: ABORDAGEM LATINO AMERICANA
CÓDIGO
20000538
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Características organizativas dos contos, sua estrutura, seus elementos e forma. O conto como gênero na América Latina. Leitura e análise de contos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Dar a conhecer os aspectos fundamentais da teoria do conto; Estabelecer análise comparativa entre a teoria crítica do conto latino-americano nos séculos XX e XXI, analisar e compreender a obra contística de escritores/as latino-americanos/as

Introdução ao gênero na América Latina. Principais autores e textos. O conto e sua teoria para os ficcionistas latino-americanos.

Conteúdo Programático

O conto como gênero
Análise da obra de arte literária
Escritores teóricos do conto
O conto latino-americano e suas influencias
O conto latino-americano no século XX
O conto latino-americano no século XXI
Observação:
As demais referências e conteúdos serão indicados a cada semestre e se adequarão ao
grupo e a seus interesses de leitura.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • FARACO, Sérgio. (org.). O decálogo do perfeito contista. Porto Alegre: L&PM, 2009. KIEFER, Charles. “A poética do conto”: de Poe a Borges – um passeio pelo gênero. São Paulo: Leya, 2011. PIGLIA. Ricardo. “Formas breves”. São Paulo: Formas Breves, 2004.

Bibliografia Complementar:

  • BORGES, Jorge Luis. Obras completas. Buenos Aires: Emece, sd. Vol. I-V. BOSI, Alfredo. O conto brasileiro contemporâneo. São Paulo: Editora Cultrix, 1975 (Especialmente a introdução: ‘Situação e formas do conto brasileiro contemporâneo’). CORTÁZAR, Julio. Obras completas. Buenos Aires: Punto de lectura, 2005. PROPP, V. Morfologia do conto maravilhoso. 2ed. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2010. TODOROV, T. As categorias da narrativa literária. In: ____. [et al.]. Análise estrutural da narrativa. 6.ed. Petrópolis: Vozes, 2009p. 218-264.

Página gerada em 04/12/2020 12:37:51 (consulta levou 0.094301s)