Nome da Atividade
LITERATURA E HISTÓRIA
CÓDIGO
20000659
Carga Horária
60 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CRÉDITOS
4
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Aproximações interdisciplinares entre História e Literatura. A escrita da História e a escrita da ficção. O Romance Histórico e a Metaficção Historiográfica.

Objetivos

Objetivo Geral:

Apresentar as principais questões teóricas a respeito da convergência entre os discursos histórico e literário.

Conteúdo Programático

Convergências e divergências entre o discurso histórico e o literário.
Panorama das relações entre a Literatura e a História: da concepção aristotélica às teorias pós-modernas
O Romance Histórico e a Metaficção Historiográfica
Análise de textos literários sob a perspectiva historicista.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • A poética clássica. Aristóteles, Horácio, Longino. Introdução de Roberto de Oliveira Brandão. Tradução de Jaime Bruna. 2ª ed. São Paulo: Cultrix, 1985. BASTOS, Alcmeno. Introdução ao romance histórico. Rio de Janeiro: EdUERJ, 2007. BURKE, Peter. A escrita da história. São Paulo: EDUSP, 1992. CERTEAU, Michel de. A escrita da história. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2007. HUTCHEON, Linda. Poética do pós-modernismo: história, teoria, ficção. Rio de Janeiro: Imago, 1991. JAMESON, Fredric. “O romance histórico ainda é possível”? Tradução do inglês: Hugo Mader. NOVOS ESTUDOS 77 ❙❙MARÇO, 2007. LIMA, Luiz Costa. História, ficção, literatura. São Paulo: Cia. das Letras, 2006. LUKÁCS, Gyorgy. O romance histórico. Tradução de Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2011. SANTOS, Pedro Brum. “Literatura e intervenção: romance histórico no Brasil”. Floema — Ano VII, n. 9, p. 283-303, jan./jun. 2011. WHITE, Hayden. Tópicos do discurso: ensaios sobre a crítica da cultura. São Paulo: EDUSP, 1994.

Bibliografia Complementar:

  • CHARTIER, Roger. Inscrever & apagar: cultura escrita e literatura. São Paulo: UNESP, 2007. ESTEVES, Antonio. O romance histórico brasileiro contemporâneo. São Paulo: UNESP, 2010. GINZBURG, Carlo. Olhos de madeira: nove reflexões sobre a distância. São Paulo: Companhia das Letras, 2001. PESAVENTO, Sandra (org.). Leituras cruzadas: diálogos da história com a literatura. Porto Alegre: UFRGS, 2000. RIBEIRO, José A. Pereira. O romance histórico na literatura brasileira. São Paulo: Secretaria da Cultura, Ciência e Tecnologia/Conselho Estadual de Cultura, 1976. SODRÉ, Nelson Werneck. Literatura e história no Brasil contemporâneo. Porto Alegre: Mercado Aberto, 1987. WEINHARDT, Marilene. “Considerações sobre o romance histórico”. Letras. Curitiba, UFPR, n. 43., 1994. WEINHARDT, Marilene. Romance histórico: das origens escocesas ao Brasil finissecular. In: Marilene Weinhardt. (Org.). Ficção histórica: teoria e crítica. 1ed. Ponta Grossa - PR: Editora UEPG, 2011, p. 13-55

Página gerada em 25/06/2024 14:37:44 (consulta levou 0.090173s)