Nome da Atividade
HIDROMETRIA APLICADA
CÓDIGO
22000415
Carga Horária
68 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
01
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
01
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
04
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
02
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Princípios teóricos e práticos aplicados à realização de medições quali-quantitativas de variáveis hidráulicas e hidrológicas, tais como: medição e interpretações de dados fluviométricos (nível, velocidade e vazão), topobatimétricos (reservatório e cursos d’água), sedimentométricos (suspensão, arraste e leito), e de qualidade de água.

Objetivos

Objetivo Geral:

Objetivo geral
Conhecer e aplicar as técnicas acústicas de medições, bem como avaliar os dados obtidos com equipamentos acústicos.

Objetivos específicos
Ao concluir a disciplina, o aluno deverá ser capaz de:
Identificar e compreender os diferentes equipamentos acústicos utilizados em hidrometria;
Aplicar as técnicas de medições com equipamentos acústicos sob diferentes situações;
Analisar séries históricas de dados gerados com equipamentos acústicos estáticos;
Analisar séries de dados gerados com equipamentos acústicos dinâmicos;
Realizar o pós-processamento de dados adquiridos com medidores acústicos; e
Gerar e avaliar produtos obtidos com os dados processados de medidores acústicos.

Conteúdo Programático

1. Princípios básicos da hidrometria aplicada
Aspectos gerais;
Conceitos fundamentais e ciclo hidrológico;
Variáveis Hidrológicas e Hidráulicas aplicadas à hidrometria;
Redes de Monitoramento.

2. Medição de vazão líquida
Medição convencional com molinete hidrométrico;
Outros métodos de medição de vazão;
Curva-chave;
Método acústico;
Métodos estáticos;
Métodos dinâmicos;
Curva de velocidades indexadas;
Cuidados para análise laboratorial;
Consistência de medidas;
Instalação e operação de postos fluviométricos.

3. Medições e interpretações de dados sedimentométricos
Medição convencional (in situ);
Equipamentos e técnicas;
Coleta de amostras e armazenamento;
Cuidados para análise laboratorial.
Curva-chave de sedimentos; Estimativas através de métodos alternativos;
Instalação e operação de postos sedimentométricos.

4. Levantamentos topobatimétricos
Aspectos gerais;
Planejamento para execução de um projeto;
Amostragem de dados;
Estação total;
Monofeixe;
Multifeixe;
Sensoriamento remoto;
Cuidados durante análise laboratorial;
Produtos obtidos.
Cubagem de reservatórios;
Áreas de dragagem;
Estimativa de sedimentação de leito;
Estudos de casos.

5. Coleta e amostras para o monitoramento da qualidade da água
Aspectos gerais;
Planejamento;
Coleta de amostras e armazenamento;
Cuidados para análise laboratorial.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • GAMARO, P. E. Medidores acústicos Doppler de vazão. Itaipu Binacional. Foz do Iguaçu, 2012.
  • MUELLER, D.S.; WAGNER, C.R.; REHMEL, M.S.; OBERG, K.A.; RAINVILLE, F. Measuring discharge with acoustic Doppler current profilers from a moving boat (ver. 2.0, December 2013): U.S. Geological Survey Techniques and Methods, book 3, 2013. chap. http://dx.doi.org/10.3133/tm3A22.
  • ANA. Medição de descarga líquida em grandes rios: manual técnico. Agência Nacional de Águas. Ed.2.; p. 94. 2014.
  • TUCCI, C. E. M. (org.). Hidrologia: ciência e aplicação. 4. ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS/ABRH, 2009. 943pp

Bibliografia Complementar:

  • BOLDT, J. A.; “From mobile ADCP to high- resolution SSC: a cross section calibration tool,”. Proceedings of the 3rd Joint Federal Interagency Conference on Sedimentation and Hydrologic Modeling, Reno, Nevada, p.3.2015.
  • CARVALHO, N. O. Hidrossedimentologia prática. 2ª edição. Rio de Janeiro: Interciência, 2008. 599p.
  • CARVALHO, N. O.; JÚNIOR, N. P. F.; SANTOS, P. M. C.; LIMA, J. E. F. W.; GUIA DE PRÁTICAS SEDIMENTOMÉTRICAS. Agência Nacional de Energia Elétrica - Superintendência de Estudos e Informações Hidrológicas. Brasília, DF. p. 116. 2000.
  • DOMANSKI, M. M.; STARUB, T. D.; WOOD, M. S.; LANDERS, M. N.; WALL, G, R.; BRADY, S. J.; Surrogate analysis and index developer (SAID) tool and real-time data dissemination utilities.Conference Paper. Reno, Nevada – EUA, p. 12. 2015.
  • EDWARDS, T. K.; GLYSSON, G. D.; Field methods for measurement of fluvial sediment. Openfile report - USGS. Reston, Virginia. USA. p. 86-531 1988.
  • GARTNER, J. W.; Estimating suspended solids concentrations from backscatter intensity measured by acoustic Doppler current profiler in San Francisco Bay, California. Marine Geology, ELSEVIER, p. 169-187. 2004.
  • KLEIN, V.A. Física do solo. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo, 2008. 212p.
  • LANDERS, M. N.; STRAUB, T. D.; WOOD, M. S.; DOMANSKI, M. M.; Sediment acoustic index method for computing continuous suspended sediment concentration. U.S Geological Survey Techniques and Methods, book 3, chap. C5. p. 63. 2016.
  • MAIDMENT, D.R. Handbook of hydrology. New York: McGraw-Hill, 1993. 1400p.
  • NAGHETTINI, M., PINTO, E.J.A. Hidrologia Estatística. Belo Horizonte: CPRM, 2007. 561p.
  • PRUSKI, F.F., BRANDÃO, V.S., SILVA, D.D. Escoamento superficial. Viçosa: UFV, 2 ed., 2004. 87p.
  • RIGHETTO, A.M. Hidrologia e recursos hídricos. São Carlos: EESC-USP.
  • SANTOS, I, FILL, H.D, SUGAI, M.R.B, KISHI, R.T, MARONE, E., LAUTERT, L.F. Hodrometria Aplicada. Curitiba: ITD, 2001. 372p.
  • SHELTON, M.L. Hydroclimatology: perspectives and applications. New York: Cambridge Press, 2009. 426p.
  • SIMPSON, Michael R. Discharge Measurement Using a Broad-Band Acoustic Doppler Current Profiler. USGS Open File. Sacramento, EUA. Report 01-1. p. 134. 2001.
  • van LIER, Q.J. (Ed.). Física do solo. Viçosa: Sociedade Brasileira de Ciência do Solo, 2010. 298p.
  • WOOD, M. S.; TEASDALE, G. N.; use of Surrogate Technologies to Estimate Suspended Sediment in the Clearwater River, Idaho, and Snake River, Washington, 2008.
  • U.S Geological Survey Scientific Investigations Report 2013-5052. p. 30. 2013. WOOD, M. S.; SZUPIANY, R.; BOLDT, J.; STRAUB, T.; DOMANSKI, M.; Measuring Suspended Sediment in Sand-Bedded Rivers Using Down-looking Acoustic Doppler Current Profilers. 2018.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
M1 2022 / 1 20 1 Recursos Hídricos (Mestrado acadêmico)
Recursos Hídricos (Doutorado)
Horários
ManhãTardeNoite
SEX08:00 - 08:50
08:50 - 09:40
10:00 - 10:50
10:50 - 11:40
GILBERTO LOGUERCIO COLLARES
Professor responsável pela turma

Página gerada em 04/07/2022 02:59:09 (consulta levou 0.061593s)