Nome da Atividade
ECONOMIA CRIATIVA, DA EXPERIÊNCIA E TURISMO
CÓDIGO
23000229
Carga Horária
75 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
5
CRÉDITOS
5
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7
CARGA HORÁRIA TEÓRICA - EAD
1

Ementa

Economia criativa – conceito, ramificações, aspectos estruturais, potencialidades e desafios. Economia da experiência – contexto evolutivo, conceitual e tipologias Turismo de experiência e Turismo criativo.

Objetivos

Objetivo Geral:

Inserir o aluno no contexto teórico da economia criativa e da economia da experiência e suas múltiplas possibilidades no turismo

Conteúdo Programático

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ASHTON, Mary Sandra Guerra; VALDUGA, Vander; TOMAZZONI, Edegar Luis. Turismo creativo y desarrollo de la oferta turística del cluster del Valle de los Viñedos (RS, Brasil). In Investigaciones Turísticas . 2015; (10): 90-116; DOI 10.14198 / INTURI2015.10.05. ISSN: 2174-5609 (online). Instituto Universitario de Investigaciones Turísticas. Espanha: Universidad de Alicante, 2015.
  • Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada – IPEA. PANORAMA DA ECONOMIA CRIATIVA NO BRASIL – 1880 textos para discussão. - Brasília: Rio de Janeiro: Ipea, 1990- ISSN 1415-4765. Disponível em https://repositorio.ipea.gov.br/handle/11058/2026
  • PANOSSO NETTO, Alexandre; GAETA, Cecília (Org.). Turismo de experiência. São Paulo: SENAC, 2010. 355 p. ISBN 9788539600212. Classificação: 338.4791 T938

Bibliografia Complementar:

  • BENI, Mário C. Turismo: Da economia de serviços à economia da experiência. Revista Turismo – Visão e Ação, vol.6, n.3, p. 295-305 set./dez. 2014. Disponível em: https://periodicos.univali.br/index.php/rtva/article/view/1063/872
  • COSTA, Alice da Silva. Economia da experiência no turismo: Compreensão da atividade turística sob um novo olhar. In Revista Rosa dos Ventos, v. 3, n. 1 (2011). Caxias do Sul: UCS, 2011. Disponível em: http://www.ucs.br/etc/revistas/index.php/rosadosventos/article/view/1088
  • COSTA, Elson; SOUZA-SANTOS, Rodrigo. Economia criativa: novas oportunidades baseadas no capital intelectual. In Revista Economia & Tecnologia · May 2011. DOI: 10.5380/ret.v7i2.26832 Disponível em https://www.researchgate.net/publication/277211438_Economia_criativa_novas_opo rtunidades_baseadas_no_capital_intelectual
  • MAGNUS, Luiz Emmendoerfer; WERTER, Valentim de Moraes; BRENDOW,Oliveira Fraga. Turismo Criativo e Turismo de Base Comunitária: congruências e peculiaridades. El Periplo Sustentable, núm. 31, 2016. México: Universidad Autónoma del Estado de México. ISSN: 1870-9036. Disponível em: http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=193449985003
  • SANTOS, Joana Filipa Ferreira. As cidades criativas como modelo dinamizador do destino turístico. Instituto Politécnico de Tomar-IPT/Escola Superior de Gestão de Tomar- ESGT. Dissertações de Mestrado ou Doutorados Disponível em: http://hdl.handle.net/10400.26/5733
  • Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas – Sebrae. Guia do Empreendedor Criativo. Brasília: SEBRAE, 2015. Disponível em https://bibliotecas.sebrae.com.br/chronus/ARQUIVOS_CHRONUS/bds/bds.nsf/e1bb929711a641ae93eb6dbb5853db3d/$File/5442.pdf

Página gerada em 22/04/2024 09:55:28 (consulta levou 0.061504s)