Nome da Disciplina
MÍDIA E RECEPÇÃO
CÓDIGO
D000394
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CRÉDITOS
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Reflexão em torno dos estudos culturais e sua contribuição para a abordagem da comunicação. Recuperação do conceito de cultura apontando-o como um dos deflagadores da configuração dessa área de estudos. Discussão de suas origens, centradas, em um primeiro momento, no Centre of Contemporary Cultural Studies (CCCS), na Inglaterra, e sua posterior internacionalização. Análise de alguns conceitos-chaves desse campo. Trato da questão dos estudos de recepção. Fornecer subsídios para compreender as apropriações dos produtos midiáticos negociadas pelos diferentes públicos. Análise dos contextos de recepção. Técnicas de abordagem no movimento de recepção. As mediações e suas implicações no processo receptivo. Os efeitos.

Objetivos

Objetivo Geral:

Introduzir no aluno o gosto pela área dos estudos culturais e de recepção

 

Objetivos Específicos:

Apresentar ao aluno a perspectiva da corrente dos estudos culturais, sua história, seus conceitos, seus objetos de estudo e métodos de pesquisa. Instruir e capacitar o aluno para a prática da pesquisa científica através da abordagem dos estudos culturais. Analisar e refletir sobre os estudos de recepção nas suas mais diversas formas de apropriação.

Conteúdo Programático

- Investigar o surgimento dos estudos culturais na Inglaterra.
- Estudar os princípios fundadores dessa perspectiva teórica.
- Compreender os diversos objetos de estudo dos estudos culturais e a sua possibilidade de aplicação na comunicação social.
- Investigar o processo de internacionalização dessa corrente de estudos britânica.
- Compreender as apropriações dos produtos midiáticos negociadas pelos diferentes públicos.
- Analisar os contextos de recepção.
- Estudar as técnicas de abordagem no movimento de recepção.
- Analisar as mediações e suas implicações no processo receptivo.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ESCOSTEGUY, Ana Carolina Damboriarena. Estudos Culturais: uma introdução. In SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). O que é, afinal, Estudos Culturais? Belo Horizonte: Autêntica, 1999. HALL, Stuart. Da Diáspora: identidades e mediações culturais. Belo Horizonte: UFMG, 2003. JOHNSON, Richard. O que é, afinal, estudos culturais? In SILVA, Tomaz Tadeu da (org.). O que é, afinal, Estudos Culturais? Belo Horizonte: Autêntica, 1999. KELLNER, Douglas. A Cultura da Mídia. São Paulo: EDUSC, 2001. MARTÍN-BARBERO, Jesús. Dos Meios às Mediações: Comunicação, cultura e hegemonia. Rio de Janeiro: UFRJ, 1997. OROZCO GÓMEZ, Guillermo. Televisión y Producción de Significados: tres ensayos. México: Guadalajara, 1990.

Bibliografia Complementar:

  • AGGER, Ben. Cultural Studies as Critical Theory. London: Washington DC: The Falmer Press, 1992. AGGER, Ben. Critical Social Theories: an introduction. Boulder, CO: Westview Press, 1998. CEVASCO, Maria Elisa. Dez Lições sobre Estudos Culturais. São Paulo: Boitempo, 2003. ESCOSTEGUY, Ana Carolina Damboriarena. Cartografias dos Estudos Culturais – Uma versão latino–americana. Belo Horizonte: Autêntica, 2001a. ESCOSTEGUY, Ana Carolina Damboriarena. Os Estudos Culturais. In HOHLFELDT, Antonio; MARTINO, Luiz C.; FRANÇA, Vera Veiga (orgs.). Teorias da Comunicação:conceitos, escolas e tendências. Petrópolis, Vozes, 2001b, p.151-170. ESCOSTEGUY, Ana Carolina Damboriarena. Os estudos culturais e a constituição de sua identidade. In GUARESCHI, Neusa Maria de Fátima; BRUSCHI, Michel Euclides (orgs.). Psicologia Social nos Estudos Culturais. Petrópolis, Vozes, 2003, p.51-74. GARCÍA CANCLINI, Néstor. Culturas Híbridas: Estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: EDUSP, 1989. GARCÍA CANCLINI, Néstor. Consumidores e Cidadãos. Conflitos multiculturais da globalização. Rio de Janeiro: UFRJ, 1995. HALL, Stuart. Identidade Cultural e Diáspora. In Revista do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, v.24, 1996, p.68-76. HALL, Stuart. A Centralidade da Cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. In Educação & Realidade. Porto Alegre: v.22, no 2, jul/dez 1997, p.15-46. HALL, Stuart. A Identidade Cultural na Pós-Modernidade. Rio de Janeiro: DP&A, 2000a. KELLNER, Douglas. Media Spectacle. London: Routledge, 2003. LOPES, Maria Immacolata Vassalo de; BORELLI, Silvia Helena Simões; RESENDE, Vera da Rocha. Vivendo com a Telenovela: mediações, recepção, teleficcionalidade. São Paulo: Summus, 2002. OROZCO GÓMEZ, Guillermo. La Investigación en Comunicación desde la Pespectiva Cualitativa. Buenos Aires: Universidad Nacional de La Plata, 2000.

Página gerada em 14/11/2019 04:25:46 (consulta levou 0.101506s)