Nome da Atividade
Gestão da Qualidade: uma visão para grãos e sementes
CÓDIGO
D001073
Carga Horária
2 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Modalidade
A DISTÂNCIA
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA EAD
0
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
0
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
1
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Sistema de gestão da qualidade. Agronegócio e a cadeia produtiva de sementes e grãos no Brasil. Qualidade de sementes e grãos. Controle de qualidade. Gestão da qualidade. Modelo de sistema integrado de gestão da qualidade.

Objetivos

Objetivo Geral:

Transmitir conhecimentos sobre a organização do agronegócio de grãos e sementes, considerando técnicas utilizadas no mundo todo para empresas do agronegócio, setor vital para a economia brasileira.
Apresentar técnicas de controle de qualidade, de gestão estratégica, de pessoas, de processos, de clientes, socioambientais, através de ferramentas e programas de qualidade, voltados principalmente para o setor produtivo de grãos e sementes.

Conteúdo Programático

Capítulo I - Sistema de gestão da qualidade
Capítulo II - O agronegócio no Brasil
Capítulo III - Qualidade de sementes e grãos
Capítulo IV - Cadeia produtiva do setor de sementes e grãos
Capítulo V - Beneficiamento de grãos e sementes
Capítulo VI - Controle de qualidade
Capítulo VII - Gestão da qualidade
Capítulo VIII - Modelo de sistema integrado de gestão da qualidade

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • MARCOS FILHO, J.; CICERO, S.M.; SILVA, W.R. Avaliação da qualidade das sementes. Piracicaba, FEALQ, 1987. 230p.
  • MARSHALL JR., I. Gestão da qualidade. Rio de Janeiro: FGV, 2004. 352p.
  • ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 9000 – Sistemas de gestão da qualidade: fundamentos e vocabulário. Rio de Janeiro, 2000.
  • CROSBY, P.B. Qualidade: falando sério. São Paulo: Makron Books, 1990. 200p.
  • VIEIRA FILHO, G. Gestão da qualidade total: uma abordagem prática. Campinas: Alínea, 2003.
  • TILLMANN, C.A.C.; GADOTTI, G.I. Gestão da qualidade: uma visão para grãos e sementes. Pelotas: Santa Cruz, 2015. 118p.

Bibliografia Complementar:

  • MEIRA, A.; CERON, G. Guia digital ISO 9000: abordagem completa, inovadora e didática. Curitiba: Domo, 2004. 168p.
  • PALADINI, E.P. Gestão da qualidade: teoria e prática. São Paulo: Artiliber, 2000. 330p.
  • PALADINI, E.P. Qualidade total na prática: implantação e validação de sistemas de qualidade total. 2.ed. São Paulo: Atlas, 1997. 214p.
  • SLACK, N. et al. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2002. 747p.
  • ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. Gestão da qualidade e garantia da qualidade: terminologia (NBR ISO 8402). Rio de Janeiro, 1994.
  • ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 9001 – Sistemas de gestão da qualidade: requisitos. Rio de Janeiro, 2000.
  • ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 9004 – Sistemas de gestão da qualidade: diretrizes para melhorias de desempenho. Rio de Janeiro, 2000.
  • ABNT. Associação Brasileira de Normas Técnicas. NBR ISO 19011:2002 – Diretrizes para auditorias de sistema de gestão da qualidade e/ou ambiental. Rio de Janeiro, 2002.
  • AMBROZEWICZ, P.H.L. Qualidade na prática, conceitos e ferramentas. Brasília: SENAI, 2003. 118p.
  • ANDREOLI, C. Controle de qualidade das sementes: conceito e estratégia. Informativo ABRATES, 1991, p. 54-56.
  • ANVISA. Legislação de Boas Práticas de Fabricação. Disponível em: . Acesso em: 31 jul. 2013
  • ARAÚJO, N.B.; WEDEKIN, I.; PINAZZA, L.A. Complexo agroindustrial, o agribusiness brasileiro. São Paulo, Agroceres, 1990. 238p.
  • ASQ. American Society of Quality: quality glossary. American Society of Quality. Disponível em: . Acesso em: 02 mar. 2003.
  • BACK, N.; FORCELLINI, F.A. Projeto de produtos. Florianópolis: PPGEM;UFSC, 1999, 97p.
  • BARBIERI, J.C. Gestão ambiental empresarial: conceitos, modelos e instrumentos. São Paulo: Saraiva, 2004. 328p.
  • BLAUTH, R. Seis sigma: uma estratégia para melhorar resultados. Revista Faebusiness, n.5, abril, 2003. p. 36-39.
  • BORTOLOZZO JÚNIOR, J.B. Contribuição para a gestão da qualidade em pequenas e médias empresas do setor químico. 133f. Dissertação (Mestrado). Faculdade de Engenharia Mecânica. Universidade Estadual de Campinas. 2003.
  • BRYMAN, A. Research methods and organization studies. London: Routledge, 1992 (Contemporary Social Research: 20).
  • CHAVES, J. B. P. Controle de qualidade na indústria de alimentos. Material Didático – Departamento de Tecnologia de Alimentos – Universidade Federal de Viçosa, 1998. 65p.
  • CHOWDHURY, S. Quem comeu o meu hamburger? -o poder do seis sigma. (Tradução Maria Clara de Biase W. Fernandes). 2.ed. Rio de Janeiro: Record, 2002. 112p.
  • CORONADO, R.B.; ANTONY, J. Critical success factors for the successful implementation of six sigma projects in organizations. The TQM Magazine, v.14, n.2, p.92- 99, 2002.
  • CONRADO DE LIMA, A. Qualidade na produção de sementes através do Sistema Integrado de Gestão. Matéria Técnica. Anuário ABRASEM, 2003. p.112-124.
  • CONRADO DE LIMA, A. Contribuição do sistema da qualidade para laboratórios de análise de sementes. SEED News, ano VIII, n.5, set./out., 2004. p. 10–11.
  • FIRJAN Empresarial. Qualidade & produtividade e sua relação com os sistemas de gestão, n.1/2002. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2004.
  • FIRJAN Empresarial. Gestão de pessoas: a maior vantagem competitiva, n.3/2002. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2004.
  • FIRJAN Empresarial. Gestão de processos: como reinventar os processos da sua empresa para criar valor para os clientes? n.4/2002. Disponível em: . Acesso em: 02 jun. 2004.
  • FMECA.COM. Fmea History. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2005
  • FRANÇA NETO, J. de B.; KRYZANOWSKI, F. C. O controle de qualidade inserido no sistema de produção de sementes. Matéria Técnica 2004. Disponível em: . Acesso em: 11 set. 2004.
  • GUAZZI, D. M. Utilização do QFD como uma ferramenta de melhoria contínua do grau de satisfação de clientes internos: uma aplicação em cooperativas agropecuárias. 209 f. Tese (Doutorado). Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 1999.
  • HILSDORF, W.C. A estratégia seis sigma para melhoria da qualidade: uma análise crítica das métricas utilizadas. Revista Pesquisa e Tecnologia. Faculdade de Engenharia Industrial. São Paulo, n.23, out. 2002, p.35-39.
  • KRUGER, A.R.; MARTINS, J.F.; MORO, G.; ROSINHA, R. Gestão: A logística da produção à distribuição de sementes. SEED News, ano IX, n.2, mar./abr. 2005.
  • MARANHÃO, M. ISO série 9000: manual de implementação: versão ISO 2000. Rio de Janeiro: Qualitymark, 2001, 204p.
  • MEIRA, A.; CERON, G. Guia digital ISO 9000: abordagem completa, inovadora e didática. Curitiba: Domo, 2004. 168p.
  • MIGUEL, P.A.C. Qualidade: enfoques e ferramentas. São Paulo: Artiliber, 2001. 263p.
  • PFEIFER, T. Qualitätsmangement strategien, methoden, techniken. Munchen: C. Hanser Verlag, 1994.
  • POLLONI, E.G.F. Administrando sistema de informações. São Paulo: Futura, 2000. 272p.
  • PONGELUPPE, P.C. Modelo de indicadores de desempenho para micro e pequenas agroindústrias: multi-caso de laticínios. 169 f. Dissertação (Mestrado). Universidade de São Carlos. São Carlos, 2002.
  • PREVIERO, C.A. Modelo de gestão da qualidade para usinas de beneficiamento de sementes de milho. 220 f. Tese (Doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Engenharia Agrícola. Campinas, SP, 2001.
  • PYZDEK, T. The six sigma revolution. Better Management.com. 2000. Disponível em: . Acesso em: 13 set. 2001.
  • QAI. Quality Associates International. Failure Model and Effect Analysis – FMEA. Disponível em: . Acesso em: 18 nov. 2004.
  • QUEIROZ, E.K.R. Qualidade segundo Garvin. São Paulo: Annablume, 1995. 116p.
  • ROSINHA, R.C. A gestão e a empresa de sementes. Informativo Fundação Pró-sementes. Apassul. Passo Fundo, ano 3, n.17, dez. 2005, 8p.
  • SILVA JR., A.G. Gestão ambiental e da qualidade no agronegócio. Material Didático. Departamento de Economia Rural. Universidade Federal de Viçosa. Viçosa. 2003. 51p.
  • TILLMANN, C.A.C. Modelo de sistema integrado de gestão da qualidade para implantação nas unidades de beneficiamento de sementes. 134 f. Tese (Doutorado). Programa de Pós-Graduação em Ciência e Tecnologia de Sementes. Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, 2006.
  • VALLE, C. E. Qualidade ambiental: ISO 14000. 5.ed. São Paulo, 2004. 195p.
  • WATSON, G.H.; ARCE, J.F. Seis sigma na gestão dos negócios. Revista Banas Qualidade. São Paulo, ago. 2000, p.82-88.

Página gerada em 27/10/2020 18:57:54 (consulta levou 0.095946s)