Nome da Disciplina
TOXICOLOGIA EXPERIMENTAL
CÓDIGO
D001087
Carga Horária
51 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Modalidade
PRESENCIAL
Unidade responsável
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
3
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
3
CRÉDITOS
3
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Visão geral sobre a toxicologia forense.
Determinação de medicamentos, praguicidas, metais, solventes, drogas de abuso e poluentes em amostras de origem biológica.

Objetivos

Objetivo Geral:

Visa oferecer ao corpo discente conhecimentos práticos nas diversas áreas da Toxicologia.

 

Objetivos Específicos:

Transmitir aos alunos conhecimentos relativos às análises forenses.

Conteúdo Programático

1. Metodologia analítica voltada à toxicologia
2. Coleta e conservação de amostras em toxicologia
3. Interpretação dos exames toxicológicos
4. Técnicas cromatográficas usadas em toxicologia forense
5. Validação de métodos químicos
6. Principais parâmetros toxicológicos envolvendo a biossíntese do heme: coproporfirina, protoporfirina, ácido δ-aminolevulínico, atividade da δ-ALA-D.
7. Determinação de medicamentos em amostras biológicas
8. Determinação de praguicidas, solventes e inalantes
9. Determinação de metemoglobina
10. Determinação de monóxido de carbono
11. Detecção de drogas de abuso
12. Análise química de esteroides

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Passagli, M. Toxicologia Forense: Teoria E Prática. São Paulo: Millennium, 2008.
  • Oga, S.; Camargo, M.; Batistuzzo, J. Fundamentos De Toxicologia. 3. Ed. São Paulo: Atheneu, 2008.
  • Moreau, R. Ciências Farmacêuticas: Toxicologia Analítica. Rio De Janeiro: Guanabara Koogan, 2008.

Bibliografia Complementar:

  • Alcantara, A. Toxicologia Clínica E Forense. São Paulo: Andrei, 1985.
  • Graeff, F. G. Drogas Psicotrópicas E Seu Modo De Ação. São Paulo: Epu Da Usp, 1984, 111p.
  • Spineli, E. Vigilância Toxicológica: Comprovação Do Uso De Álcool E Drogas Através De Testes Toxicológicos. Rio De Janeiro: Interciência, 2004.
  • Larini, L. Toxicologia Dos Praguicidas. São Paulo: Manole, 1999.

Página gerada em 19/07/2019 15:55:17 (consulta levou 0.064183s)