Nome da Atividade
ESTUDOS SOCIAIS E ECONÔMICOS
CÓDIGO
0120147
Carga Horária
34 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

estudo analítico do processo de consolidação do sistema-mundo capitalista de poder econômico e político. Estuda dos fatores socioeconômicos derivados deste processo que contribui para a estruturação da sociedade brasileira, e permite o entendimento dos modos de ocupação e configuração do espaço urbano. Análise dos processos de urbanização a partir das categorias da sociologia política.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conteúdo Programático

UNIDADE 1 – Sistema-mundo capitalista ocidental.
1.1. Sistema-mundo como categoria para análise dos processos históricos globais.
1.2. A construção do sistema mundo capitalista ocidental.
1.3. Relações centro, periferia, semi-periferia.
1.4. Classes sociais nacionais e globais.
1.5. Contextualização e evolução do Brasil no sistema mundo capitalista ocidental.
UNIDADE 2 – A urbanização na semi-periferia.
2.1. Transição demográfica conservadora do campo para a cidade (1960 – 1990).
2.2. Produção da lógica da desordem – existe função social das cidades?
2.2.1. Espacialização social: segregação urbana e migrações internas.
2.2.2. Especulação urbana: renda da terra.
2.2.3. Subcidadania, ocupações irregulares e movimentos sociais urbanos pela regularização fundiária.
2.3. Projeto participativo em arquitetura e urbanismo e gestão democrática do território.
UNIDADE 3 – Exercício de análise sociológica urbana.
3.1. Caracterização da população, dos municípios e das regiões.
3.2. Interpretação e aplicação dos dados censitários e outras informações pertinentes ao planejamento urbano e regional.
3.3. Análise de indicadores demográficos para sustentar a construção democrática de propostas de intervenção no espaço.
3.4. Relação entre espaço urbano e população local.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • CARVALHO, José Murilo. Cidadania no Brasil. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 8ª Ed., 2006.
  • FERNANDES, Florestan (org.). Comunidade e sociedade no Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1972.
  • SANTOS KIELING, Francisco (et.alli). Ciências Sociais nas Organizações. Canoas: ULBRA, 2009.
  • SANTOS, Milton. Espaço e Método. São Paulo: Nobel, 1985.
  • WALLERSTEIN, Imanuel. Capitalismo histórico e civilização capitalista. Rio de Janeiro: Contraponto, 2001.

Bibliografia Complementar:

  • CAMARGO, Candido (et.alli). São Paulo, 1975, Crescimento e probreza. São Paulo: Loyola, 4ª Ed., 1976.
  • MARICATO, Ermínia (org.). A produção capitalista da casa (e da cidade) no Brasil industrial. São Paulo: Alfa-Omega; 1979.
  • MARICATO, Ermínia. Política habitacional no regime militar: do milagre brasileiro à crise econômica. Petrópolis: Vozes; 1987.
  • SINGER, Paul. Dominação e desigualdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.
  • SOUZA, Jessé. A Construção Social da Subcidadania. Belo Horizonte: EdUFMG, 2003.

Página gerada em 13/08/2022 06:20:27 (consulta levou 0.386864s)