Nome da Disciplina
PLANEJAMENTO URBANO
CÓDIGO
0120162
Carga Horária
136 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
8
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA PRÁTICA
6
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
8
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVACAO 6 / Sem
exame

Ementa

Projeto para espaço urbano em diferentes escalas. Proposição de alternativas espaciais e cenários de futuro, através de práticas de desenho e planejamento urbano. Elaboração de levantamento, diagnóstico e prognóstico; elaboração de alternativas espaciais para a estrutura intra-urbana e para o crescimento da área efetivamente urbanizada, observando a preservação ambiental, a estrutura do sistema viário e o uso e a ocupação do solo.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Planejamento urbano.
1.1. Levantamento, diagnóstico e prognóstico; CAD e SIG.
1.2. Levantamento e elaboração de propostas alternativas.
Unidade 2 – Estudos da estrutura intra-urbana.
2.1. Lançamento do projeto: idéias e materialidades; elaboração de desenhos e maquetes.
Unidade 3 – Elaboração de propostas para o crescimento urbano.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ACIOLY, Cláudio; DAVIDSON, Forbes (1998). Densidade urbana: um instrumento de planejamento e gestão urbana. São Paulo: Mauad. 104 p.
  • BRASIL (2000). Lei Federal 9.985, de 18 de julho de 2000. Regulamenta o art. 225, § 1o, incisos I, II, III e VII da Constituição Federal, institui o SNUC - Sistema Nacional de Unidades de Conservação da Natureza e dá outras providências. Brasília: Presidência da República. 60 artigos.
  • FERRARI, Célson (1986): Curso de planejamento municipal integrado. São Paulo: Pioneira.
  • FLORENZANO, Teresa Gallotti (2002). Imagens de satélite para estudos ambientais. São Paulo: Oficina de Textos. 97p.
  • GUIMARÃES, Pedro Paulino (2004). Configuração urbana: evolução, avaliação, planejamento e urbanização. São Paulo: Pro-Livros. 260 p.
  • LAMAS, José M. Ressano Garcia (1993). Morfologia urbana e desenho da cidade. Lisboa: Dinalivro. 563 p.
  • MASCARÓ, Juan Luis (1994). Manual de loteamentos e urbanizações. Porto Alegre: Sagra – D.C. Luzzatto. 235 p.
  • MASCARÓ, Juan Luis(1987). Desenho urbano e custos de urbanização. Brasília: MHU. 190 p.
  • MASCARÓ, Juan Luis; YOSHINAGA, Mário (2005). Infra-estrutura urbana. Porto Alegre: Masquatro Editora.
  • NBR 6505 (1980). Índices urbanísticos: terminologia. Rio de Janeiro: ABNT. 4p.

Bibliografia Complementar:

  • BINDER, Walter (1998). Rios e córregos: preservar, conservar, renaturalizar – A recuperação de rios e as possibilidades da engenharia ambiental. Projeto PLANAGUA SEMADS / GTZ. Rio de Janeiro: SEMADS. 39 p.
  • CAMINOS, Horacio e GOETHERT, Reinhard (1978). Elementos de Urbanizacion. Versão castelhana por Luiz Calvet. Barcelona: GG, 1984.
  • CULLEN, Gordon. (1988) Paisagem urbana. Lisboa: Livraria Martins Fontes.
  • DEL RIO, Vicente (1990). Introdução ao Desenho Urbano no Processo de Planejamento. São Paulo: Pini. 198 p.
  • GARAITAGOITA, Xabier Eizaguirre (2001). La construcion del territorio disperso – Talleres de reflexión sobre la forma difusa. Barcelona: Ediciones UPC. 227 p.
  • GOUVÊA, Luiz Alberto (2008). Cidadevida: curso de desenho ambiental urbano. São Paulo: Nobel. 235 p.
  • KRÄMING, Paul (1999). Obras de proteção contra enchente em torrente e rios. Tradução de Joachim Knie e outros. FATMA – Fundação do Meio Ambientede Santa Catarina. Projeto FATMA / GTZ – Gerenciamento de Recursos Hídricos em Santa Catarina. Florianópolis: FATMA / GTZ. 44 p.
  • LYNCH, Kevin (1981). La Buena Forma de La Ciudad. Versão castelhana por Eduard Mira. Barcelona: GG, 1985. 364 p.
  • MAGALHÃES, Sérgio (2007). A cidade na incerteza – Ruptura e contiguidade em urbanismo. ProUrb – Programa de Pós-Graduação em Urbanismo da FAU UFRJ. Rio de Janeiro: Viana e Mosley, Ed. PROURB. 280 p.
  • PESCI, Ruben (1985). La ciudad in-urbana. La Plata: Cepa.
  • PESCI, Ruben (1999). La ciudad de la urbanidad. La Plata: Cepa
  • PRINZ, Dieter (1980): Urbanismo I - Projeto urbano Tradução de Luis Leitão. Lisboa: Editorial Presença.
  • PRINZ, Dieter (1984). Urbanismo II – Configuração urbana. Lisboa: Editorial Presença Ltda. 149 p.
  • RIGOTTI, G. (1955). Urbanismo: la técnica. Versão castelhana de Francisco Folguera. Barcelona: Labor.
  • RUANO, Miguel (1999). Ecourbanismo: entornos urbanos sostenibles - 60 proyectos. Tradução de Carlos de Valicourt. Barcelona: GG. 213 p.
  • SANTOS, Rosely Ferreira (2004). Planejamento ambiental: teoria e prática. São Paulo: Oficina de Textos. 184 p.
  • SOLÁ-MORALES, Manuel (1997). Las formas de crescimiento urbano. Barcelona: Ediciones UPC. 196 p.
  • VASCONCELOS, Eduardo (2000). Transporte urbano nos países em desenvolvimento. São Paulo: Annablume. 284 p.
  • YUNES, Gilbertio Sarkis (1995). Cidades Reticuladas – A persistência do modelo na formação urbana do Rio Grande do Sul. Tese de Doutorado, apresentada na Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. São Paulo: USP. 158 p.

Página gerada em 06/08/2020 12:34:36 (consulta levou 0.202760s)