Nome da Atividade
CONFORTO AMBIENTAL - SIST. DE CONDIC. TÉRM.
CÓDIGO
0620048
Carga Horária
34 horas
Tipo de Atividade
DISCIPLINA
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
1
CARGA HORÁRIA EXERCÍCIOS
1
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%
NOTA MÉDIA APROVAÇÃO
7

Ementa

Sistemas de condicionamento térmico natural e artificial. Atendimento às normas técnicas. Estudos dos impactos no projeto arquitetônico. Ventilação natural, princípios de funcionamento e dimensionamento. Ventilação artificial, pré-dimensionamento do sistema de ventilação. Sistemas de calefação, refrigeração e sistemas de ar condicionado, tipos, equipamentos e funcionamento. Dimensionamento da carga térmica. Influência das definições do projeto arquitetônico na economia de energia.

Objetivos

Objetivo Geral:

Conteúdo Programático

Unidade 1 – Ventilação natural.
1.1. Definição.
1.2. Princípios dinâmicos e térmicos da ventilação.
1.3. Dimensionamento de aberturas para atendimento às normas técnicas de higiene do ar e conforto térmico.
Unidade 2 – Ventilação artificial.
2.1. Definição.
2.2. Sistemas de ventilação artificial local exaustora e geral diluidora.
2.3. Componentes dos sistemas de ventilação: tipos e impactos no projeto arquitetônico.
2.4. Pré-dimensionamento do sistema de ventilação.
Unidade 3 – Refrigeração e ar condicionado.
3.1. Definições e grandezas. Condições de conforto higrotérmico.
3.2. Componentes do sistema de refrigeração e de ar condicionado.
3.3. Sistemas de condicionamento do ar: requisitos técnicos e arquitetônicos.
3.4. Estudo da NBR 16401 e apresentação das demais normas técnicas de ar condicionado para casos especiais.
3.5. Carga térmica: estimativas e cálculo.
3.6. Pré-dimensionamento do sistema de ar condicionado.
3.7. Eficiência energética: redução da carga térmica através do projeto arquitetônico.
Unidade 4 – Sistemas de calefação.
4.1. Definições e grandezas. Condições de conforto higrotérmico.
4.2. Tipos de sistemas de calefação: quanto à localização (local e central) e quanto ao princípio de distribuição de calor (direto e indireto).
4.3. Lareiras. Princípio de funcionamento, rendimento e otimização do funcionamento. Lareiras de alto rendimento. Lareiras como aquecedor central.
4.4. Sistemas de aquecimento central indiretos. Calefação por meio de água quente. Componentes e requisitos técnicos e arquitetônicos.
4.5. Carga térmica: estimativas e cálculo.
4.6. Pré-dimensionamento do sistema de ar condicionado.
4.7. Eficiência energética: redução da carga térmica através do projeto arquitetônico.
Unidade 5 – Projeto das instalações de aquecimento e de ar condicionado.
5.1. Exercício prático de desenho com apresentação das convenções etc.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 06675 - Instalação de Condicionadores de Ar de Uso Doméstico (tipo monobloco ou modular). Rio de Janeiro: ABNT; 1983.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 10080 - Instalações de ar condicionado para salas de computadores. Rio de Janeiro: ABNT; 1987.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 11215 - Equipamentos unitários de ar-condicionado e bomba de calor - Determinação da capacidade de resfriamento e aquecimento. Rio de Janeiro: ABNT; 1990.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 12179 - Tratamento Acústico em Recintos Fechados. Rio de Janeiro: ABNT; 1992.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 14679 - Sistemas de condicionamento de ar e ventilação - Execução de serviços de higienização. Rio de Janeiro: ABNT; 1987.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 16401 - Instalações de Centrais de Ar Condicionado. Rio de Janeiro: ABNT; 2009.
  • ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7256- Tratamento de ar em estabelecimentos assistenciais de saúde (EAS) - Requisitos para projeto e execução das instalações. Rio de Janeiro: ABNT; 2005.
  • BITENCOURT, L. (2005): Ventilação Natural. Edufal, 1 ed.
  • COSTA, Ennio Cruz da. Arquitetura ecológica: condicionamento térmico natural. São Paulo, Blucher, 1982.
  • COSTA, Ennio Cruz da. Física Aplicada à construção; Conforto térmico. São Paulo, Blucher, 1974.
  • CREDER, H. Instalações de ar condicionado. LTC Editora, 6 ed, 2004.
  • GRALA, E. C. Elementos de Arquitetura de Climatização Natural. UPF Editora, 2005.
  • LAMBERTS, R., PEREIRA, F. O. DUTRA, L. Eficiência Energética na Arquitetura. UFSC, Florianópolis, SC, 1997.
  • RIVERO, Roberto. Arquitetura e Clima. Porto Alegre, Luzzato, UFRGS, 1985.

Bibliografia Complementar:

  • LEVERMORE, G.J. Building Energy Management Systems: Application to Low-Energy Hvac and Natural Ventilation Control. Routledge mot E F & N Spon; 2nd edition, 2000.
  • SANTAMOURIS, M. Natural Ventilation in Buildings: a design handbook. Francis Allard, 1988.

Página gerada em 04/03/2021 19:48:07 (consulta levou 0.131833s)