Nome da Disciplina
CONFIABILIDADE
CÓDIGO
1640051
Carga Horária
34 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
2
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
2
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
2
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

Confiabilidade é definida como a probabilidade de um componente ou sistema desempenhar suas funções por um determinado período de tempo, sob determinadas condições.
A Engenharia da Confiabilidade estuda o tempo de vida de componentes ou sistemas através de modelagem e inferência estatística: conhecendo-se a distribuição probabilística de seu tempo de vida, pode-se calcular sua chance de sobrevivência em um tempo futuro.
A partir do conhecimento das características de cada componente, identifica-se a melhor maneira de agrupá-los num sistema, cujo desempenho deseja-se otimizar.
A confiabilidade é importante na determinação da competitividade de empresas, já que determina a qualidade de seus produtos em termos de sua durabilidade.
A confiabilidade de um item (equipamento ou dispositivo) compõe uma de suas principais medidas de desempenho. Trata-se de uma medida de qualidade inteiramente quantificável. Através da determinação da confiabilidade de um item, é possível estabelecer planos adequados para a sua manutenção.

Objetivos

Objetivo Geral:

A disciplina tem por objetivo introduzir conceitos básicos de Engenharia da Confiabilidade: de medidas de Confiabilidade e ferramentas usadas na Confiabilidade.

 

Objetivos Específicos:

Mais especificamente, ao final do curso os participantes devem estar aptos a:
1. Derivar e aplicar diferentes medidas de confiabilidade na análise de dados experimentais;
2. Elaborar e analisar arranjos estruturais de confiabilidade em sistemas complexos, além de identificar os arranjos mais adequados a cada tipo de sistema;
3. Analisar a confiabilidade de sistemas utilizando ferramentas qualitativas de confiabilidade;
4. Utilizar programas computacionais no cálculo de medidas de confiabilidade e na análise de dados experimentais.

Conteúdo Programático

1. Introdução à Confiabilidade: medidas de confiabilidade e definições básicas.
2. Distribuições de probabilidade: estimativas de parâmetros e tempos-até-falha.
3. Função de risco ou taxa de falha.
4. Análise de sistemas: série, paralelo, mixtos, complexos.
5. Modelos de Garantia para produtos não reparáveis e para produtos reparáveis.
6. Disponibilidade.
7. FMEA (Failure mode and effect analysis) e FTA (Fault tree analysis).
8. Falhas Funcionais, medidas de confiabilidade para a manutenção, e introdução à manutenção centrada em confiabilidade.

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • Lafraia,J.R.B., Manual de confiabilidade mantenabilidade e disponibilidade. Rio de Janeiro, Editora Qualitymark, 2001.
  • Ribeiro, J. D., Fogliato, F.S. Confiabilidade e Manutenção Industrial. Editora Campus Elsevier, 2009.
  • Valentino B.F. Confiabilidade - Básica e Prática. Editora Bluscher, 1997.

Bibliografia Complementar:

  • De Siqueira, I.P. Manutenção Centrada em Confiabilidade – Manual de implementação, Editora QualityMark, 2005.
  • Elsayed, A. E. Reliability Engineering. Editora John Wiley & Sons, 2 Edição, 2003.
  • Moubray, J. “Reliability-Centered Maintenance”. Industrial Press, 2 Edição, 2000.
  • Rausand, M. ; Hoyland, A. System Reliability Theory: Models, Statistical Methods, and Applications. Editora John Wiley & Sons, 2 Edição, 2003.
  • Wallace, R. B.; Prabhakar, M. D. N. Case Studies in Reliability and Maintenance. Editora John Wiley & Sons, 2003.

Turmas Ofertadas

Turma Período Vagas Matriculados Curso / Horários Professores
T1 2018 / 2 45 45 Engenharia de Produção (Bacharelado - Noturno)
Horários
ManhãTardeNoite
TER20:30 - 21:20
21:20 - 22:10
ARIANE FERREIRA PORTO ROSA
Professor responsável pela turma

Disciplinas Equivalentes

Disciplina Curso
ENGENHARIA DA QUALIDADE 2 Engenharia de Produção (Bacharelado - Noturno)

Página gerada em 16/12/2018 04:33:43 (consulta levou 0.099452s)