Nome da Disciplina
FILOSOFIA DA COMUNICAÇÃO
CÓDIGO
1320088
Carga Horária
68 horas
Atividade Complementar
Não
Periodicidade
Semestral
Unidade responsável
CRÉDITOS
4
CARGA HORÁRIA TEÓRICA
4
CARGA HORÁRIA OBRIGATÓRIA
4
FREQUÊNCIA APROVAÇÃO
75%

Ementa

O quadro histórico das principais correntes do pensamento filosófico que influenciaram nossa contemporaneidade, com ênfase nas reflexões sobre o conhecimento e a percepção. Os pensadores e as teorias filosóficas. Elementos da filosofia.

Objetivos

Objetivo Geral:

Compreender as principais contribuições da Filosofia na sua relação com a comunicação social e a contemporaneidade.

 

Objetivos Específicos:

1- Apresentar a origem das principais correntes do pensamento filosófico que influenciaram nossa contemporaneidade;
2- Identificar os principais problemas levantados no Poema de Parmênides, na Apologia de Sócrates e na Metafísica de Aristóteles que dão ênfase nas reflexões sobre o conhecimento e a percepção;
3- Analisar os conceitos que fundamentam uma filosofia da comunicação presentes na obra de pensadores como Hannah Arendt e Habermas;

Conteúdo Programático

1- Origens da Filosofia
2- Racionalismo e empirismo
3- Verdade e Opinião
4- Filosofia da comunicação no espaço público
5- Totalitarismo, Democracia e comunicação social
6- Teoria da ação comunicativa

Bibliografia

Bibliografia Básica:

  • ADORNO, Theodor. A.; HORKEHEIMER, Max. A Indústria Cultural. O Iluminismo como Mistificação de Massa. In: LIMA, Luis Costa (Org.). Teoria da Cultura de Massa. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978, p. 159-204. AMARAL, Márcio Tavares d'. Filosofia da Comunicação e da linguagem. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1977. ARISTÓTELES. Metafísica. Porto Alegre: Globo, 1969. BELTRÃO, Luiz. Iniciação à Filosofia do Jornalismo. 2.ed. São Paulo: EDUSP, 1992.( Coleção Clássicos do Jornalismo, 5). BENJAMIN, Walter. A Obra de Arte na Época de sua Reprodutibilidade técnica. In: LIMA, Luis Costa (Org.). Teoria da Cultura de Massa. 2ª Ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1978, p. 209-240. COHN, GABRIEL (Org.) Comunicação e Indústria Cultural. São Paulo: Nacional, 1977. ECO, Umberto. Apocalípticos e integrados. 6.ed. São Paulo: Perspectiva, 2006. LIMA, Luís Costa. (org.). Teorias da Cultura de Massa. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1978 MARCONDES, Danilo. Filosofia, linguagem e Comunicação . 2 ed. Sao Paulo: Cortez, 1992 Oliveira, Armando Mora de et al. Primeira filosofia: tópicos de filosofia geral. 8 ed. São Paulo: Brasiliense, 1990. 166 p. PARMÊNIDES. O Poema. São Paulo: GRD, 1927. SEVERINO, Antonio Joaquim. Filosofia. São Paulo: Cortez, 1992. 211 p. (Coleção magistério - 2o. grau; Serie formação geral). RUDIGER, Francisco. Introdução às Teorias da Cibercultura - perspectivas do pensamento tecnológico contemporâneo. Rio Grande do Sul: Sulina, 2004.

Bibliografia Complementar:

  • HABERMAS, Jürgen. Racionalidade e Comunicação . Lisboa: 70, 2002. Harbermas, Jürgen. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989. PRADO NETO, Bento. O triângulo geral de Locke e a consideração parcial de Berkeley. Revista Dois Pontos: filosofia britânica nos séculos XVII e XVIII, Curitiba: s.n, v. 1, n. 2, p. 97-110, 2004. CDB. SUBIRATS, Eduardo. A Cultura como Espetáculo. São Paulo: Nobel, 1989.

Página gerada em 14/12/2018 01:16:15 (consulta levou 0.061902s)